Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

walimex vs bowens vs elinchrom


  • Por favor inicie sessão para responder
73 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #21 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8217
  • Idade: 36
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 14 Maio 2010 - 17:37

Sim, acaba por ser a questão de autonomia e facilidade. Luz modeladora ajuda a afinar mais rapidamente a foto. Ajustar a potência do flash é mais simples numa cabeça de estúdio.

Em certas fotos isso pode ajudar, noutras se calhar o tamanho da cabeça só vai prejudicar.. Vamos ver..


Anúncios

Partilhar Post #22 Nickilford

Nickilford

  • Membro
  • Registo: 16/09/2008
  • Posts: 653
  • Idade: 43
    • Local: Lisboa

Publicado 14 Maio 2010 - 17:44

Então é principalmente por uma questão de autonomia?


Genericamente falando, não é só uma questão de autonomia. É também uma questão de potencia e de modifiers disponiveis. Depois tambem entram em jogo tempos de reciclagem e tamanho da fonte de luz. Tentar encher uma softbox de 100x140 com um speedlight nao será muito eficaz; fazer disparar 20 ou 30 vezes seguidas (se calhar é preciso mais) um speedlight em full power não é muito saudável, pois não foi feito para tal. Os speedlights são optimos para muitas coisas, mas cada coisa no seu lugar. Eu tenho dois speedlights que uso com frequencia, mas que ultimamente têm funcionado apenas como rim lights.


Partilhar Post #23 joelmf

joelmf

  • Membro
  • Registo: 16/12/2009
  • Posts: 1476
  • Idade: 35
    • Local: Lisboa

Publicado 14 Maio 2010 - 17:49

Genericamente falando, não é só uma questão de autonomia. É também uma questão de potencia e de modifiers disponiveis. Depois tambem entram em jogo tempos de reciclagem e tamanho da fonte de luz. Tentar encher uma softbox de 100x140 com um speedlight nao será muito eficaz; fazer disparar 20 ou 30 vezes seguidas (se calhar é preciso mais) um speedlight em full power não é muito saudável, pois não foi feito para tal. Os speedlights são optimos para muitas coisas, mas cada coisa no seu lugar. Eu tenho dois speedlights que uso com frequencia, mas que ultimamente têm funcionado apenas como rim lights.


A potência e os modificadores disponiveis era um dos factores que conhecia, mas realmente disparar consecutivamente um flash compacto a 1/1 não lhe deve fazer muito bem.


Partilhar Post #24 joelmf

joelmf

  • Membro
  • Registo: 16/12/2009
  • Posts: 1476
  • Idade: 35
    • Local: Lisboa

Publicado 14 Maio 2010 - 21:09

Já agora deixo aqui um link do blog strobist não sei se viste:

Choosing Big Lights:
http://strobist.blog...big-lights.html


Partilhar Post #25 Nickilford

Nickilford

  • Membro
  • Registo: 16/09/2008
  • Posts: 653
  • Idade: 43
    • Local: Lisboa

Publicado 14 Maio 2010 - 21:57

Já agora deixo aqui um link do blog strobist não sei se viste:

Choosing Big Lights:
http://strobist.blog...big-lights.html


Eu tinha acabado de ler qd vi o teu post. Percebe-se, neste e nos posts antecedentes relacionados com "Big Lights" (do blog do Strobist) e que culminaram neste ultimo, que esta coisa do movimento "Strobist" não se prende apenas com speedlights. Vejo recorrentemente neste forum, membros a fazerem referencia a "material strobist", ou seja, speedlight, swivel e sombrinha etc. Então e um monolight? Não é um strobe?  ;)

Vejam este post (Março 2009) do blog do David Hobby, que já andava à procura faz 20 minutos.

Alguns excertos:
"First of all, any time I shoot something with a monobloc, someone comments about it "not being Strobist," as if we had some kind of kosher standard going on around here. For Pete's sake, Strobist is the name of a website. I know, because I made it up in 2006...."

"I used speedlights most of the time as a PJ, because they are the flashes I always had with me. And I created L101 and L102 around speedlights. But that is because speedlights are small, portable and the most accessible way for people to learn about lighting."

"IMO, to extend the speedlight ethic into a frame of mind where monoblocs (or pack and head systems) are somehow not to be considered is just silly. I am an available light photographer. Meaning, if a light is available I will consider using it."


Partilhar Post #26 joelmf

joelmf

  • Membro
  • Registo: 16/12/2009
  • Posts: 1476
  • Idade: 35
    • Local: Lisboa

Publicado 15 Maio 2010 - 02:21

Bom texto, obrigado por partilhares  :th_up:


Partilhar Post #27 NSF

NSF

  • Membro
  • Registo: 17/02/2006
  • Posts: 516
  • Idade: 43
    • Local: S. Maria da Feira/Arouca

Publicado 20 Maio 2010 - 16:03

Sim, acaba por ser a questão de autonomia e facilidade. Luz modeladora ajuda a afinar mais rapidamente a foto. Ajustar a potência do flash é mais simples numa cabeça de estúdio.

Em certas fotos isso pode ajudar, noutras se calhar o tamanho da cabeça só vai prejudicar.. Vamos ver..


Não sei como é nos outros sistemas/marcas, mas na Bowens, usando o Travelpack (isto para monolights) não tens luz de modelação disponível.


Partilhar Post #28 Nickilford

Nickilford

  • Membro
  • Registo: 16/09/2008
  • Posts: 653
  • Idade: 43
    • Local: Lisboa

Publicado 20 Maio 2010 - 18:08

Não sei como é nos outros sistemas/marcas, mas na Bowens, usando o Travelpack (isto para monolights) não tens luz de modelação disponível.


Verdade! Eles dizem que é para poupar bateria! Nos sistemas de power pack, isso já não acontece.

Outra coisa, para quem pensa em comprar material desta marca, não comprem os triggers da Bowens (Pulsar) pois não são muito fiáveis! Ja tive experiencia pessoal com eles num estudio onde fiz um workshop de moda e tiveram varias falhas. Para além disso, no forum da Bowens toda a gente fala mal dos Pulsar. Escusado será dizer que os PW são excelentes, e o Skyport da Elinchrom, segundo dizem são bastante bons também.
Para quem pensa em comprar um kit da Bowens, também ouvi um zum-zum noutro forum (ja nao me lembro qual) que os light stands que vêm no kit são fracos para as cabeças a suportar. Tambem ouvi (li) nesse forum que as softboxes dos kits também não são fantasticas (talvez quem ja tenha comprado kit possa pronunciar-se sobre eles, membro Horus??). Não sei se isto dos stands e das softboxes é verdade ou não, apenas li esta info noutro forum. Atenção que as outras softboxes da Bowens (Wafer, que não vêm com os kits) são na realidade da PLUME que são das melhores que há no mercado! No mercado europeu a Bowens é que as comercializa.


Partilhar Post #29 NSF

NSF

  • Membro
  • Registo: 17/02/2006
  • Posts: 516
  • Idade: 43
    • Local: S. Maria da Feira/Arouca

Publicado 21 Maio 2010 - 10:26

Verdade! Eles dizem que é para poupar bateria! Nos sistemas de power pack, isso já não acontece.

Outra coisa, para quem pensa em comprar material desta marca, não comprem os triggers da Bowens (Pulsar) pois não são muito fiáveis! Ja tive experiencia pessoal com eles num estudio onde fiz um workshop de moda e tiveram varias falhas. Para além disso, no forum da Bowens toda a gente fala mal dos Pulsar. Escusado será dizer que os PW são excelentes, e o Skyport da Elinchrom, segundo dizem são bastante bons também.
Para quem pensa em comprar um kit da Bowens, também ouvi um zum-zum noutro forum (ja nao me lembro qual) que os light stands que vêm no kit são fracos para as cabeças a suportar. Tambem ouvi (li) nesse forum que as softboxes dos kits também não são fantasticas (talvez quem ja tenha comprado kit possa pronunciar-se sobre eles, membro Horus??). Não sei se isto dos stands e das softboxes é verdade ou não, apenas li esta info noutro forum. Atenção que as outras softboxes da Bowens (Wafer, que não vêm com os kits) são na realidade da PLUME que são das melhores que há no mercado! No mercado europeu a Bowens é que as comercializa.


Também já ouvi dizer o mesmo dos Pulsar, para além de pessoal que se queixa que os mesmos não conseguem sincronizar à velocidade máxima que a máquina permite. Quanto aos Skyport, tenho uns e só posso dizer maravilhas. Desde que os comprei não falharam uma única vez. Têm um bom raio de acção e comparativamente com os PW são "muito baratos".

No que diz respeito aos light stands e softboxes que vêm com os kits da Bowens, também não tenho nada a apontar. Não sei se esses comentários que ouviu são referentes a todos os kits (já que a Bowens disponibiliza vários) e se diz respeito apenas aos equipamentos mais recentes. Pessoalmente tenho dois kits (4 cabeças de 500w), mas o modelo anterior dos que estão actualmente em comercialização, e não tenho nada a apontar aos suportes ou às softboxes. Tanto uma coisa como outra nunca me deixaram ficar mal, em estúdio ou exterior.
Mas esta é apenas a minha opinião.


Partilhar Post #30 Nickilford

Nickilford

  • Membro
  • Registo: 16/09/2008
  • Posts: 653
  • Idade: 43
    • Local: Lisboa

Publicado 21 Maio 2010 - 18:31

No que diz respeito aos light stands e softboxes que vêm com os kits da Bowens, também não tenho nada a apontar. Não sei se esses comentários que ouviu são referentes a todos os kits (já que a Bowens disponibiliza vários) e se diz respeito apenas aos equipamentos mais recentes. Pessoalmente tenho dois kits (4 cabeças de 500w), mas o modelo anterior dos que estão actualmente em comercialização, e não tenho nada a apontar aos suportes ou às softboxes. Tanto uma coisa como outra nunca me deixaram ficar mal, em estúdio ou exterior.
Mas esta é apenas a minha opinião.


Obrigado pelo teu input NSF! Estava numa de adquirir mais duas cabeças, desta vez em forma de kit, mas fiquei uma bocado de pé atrás quando li acerca dos stands e softboxes no tal forum, de modo que ja andava a pensar em comprar "à peça" outra vez. Vamos la ver...  :humm:


Partilhar Post #31 Ivo Lázaro

Ivo Lázaro

  • Membro
  • Registo: 02/02/2008
  • Posts: 2800
  • Idade: 33

Publicado 22 Maio 2010 - 14:05

Realmente os Bowens Pulsar são assim fraquinhos. O curioso é que a maioria das falhas foi com o meu antigo chefe (a quem eu emprestava os Pulsar) em que em 10 disparos acertavam 1...

Comigo não tenho assim grande razão de queixa. Fiz recentemente um trabalho de produto em que em 400 disparos (média) falharam 2...

De qualquer forma não me parecem os mais fiáveis mas como foram oferta não disse que não hehe.

Os tripés são robustos q.b. para o kit que tenho. Não sei como se comportarão com softboxs maiores. A softbox que veio do kit também me parece de boa qualidade. O material é bom, não está ainda toda amarelada e é resistente.

Esta semana que vem devo dar uso ao kit numa sessão e vamos ver se os Pulsar se portam bem...

O que me dava jeito era mesmo o Travel Pack...Vai entrar nas prioridades futuras...


Partilhar Post #32 fotomaterne

fotomaterne

  • Novo Membro
  • Registo: 03/09/2009
  • Posts: 16
  • Idade: 48
    • Local: Aveiro

Publicado 20 Agosto 2010 - 13:53

Eu uzo o kit da Elinchrom BX500i com o remote , e até hoje 100% satisfeito.

Kit compacto, e tem um bom arrefecimento,e o material é robusto.

Elinchrom para mim.


Partilhar Post #33 Sergio Azenha

Sergio Azenha

  • Novo Membro
  • Registo: 02/02/2008
  • Posts: 4
    • Local: Coimbra

Publicado 26 Agosto 2010 - 15:16

Entre esses três kits, eu escolheria sem dúvida o da Elinchrom. Os D-lite novos já têm ventoínha, por isso o handicap que tinha face aos Walimex nesse aspecto foi resolvido. Com os D-Lite tens maior coerência na cor de foto para foto e tens a mesma cor na gama de potência toda. Mas sobretudo, o mais importante, é que tens acesso aos acessórios da Elinchrom, nomeadamente as softboxes e octoboxes que são sem dúvida algum das melhores do mercado. Aliás, Elinchrom faz parte, a par da Profoto e da Broncolor, do Top 3 em termos de material de iluminação! Se no futuro vires que vale a pena expandir o teu equipamento de iluminação já ficas integrado num bom sistema, podendo optar por mil e um produtos excelentes dentro da Elinchrom (desde os packs com bateria Quadra ou Ranger RX, a cabeças muito mais potentes, ring flashs, etc).

Segundo percebi, já tens flashs para usar na rua, em estilo Strobist, pelo que queres as cabeças sobretudo para fotografar em estúdio indoors. Mas mesmo que queiras levar os D-Lite para a rua tens uma solução muito boa e que recomendo porque pode ser usada com qualquer flash de ligar à corrente... Falo das baterias da Innovatronix! Tenho uma bateria destas e funciona muito bem: http://www.innovatro...ts and Services

Pessoalmente, iniciei-me no mundo das cabeças de flash precisamente com um par de Walimex... era um kit que se podia ligar à corrente mas também tinha opção de usar bateria. A bateria era miserável (na verdade, nunca funcionou decentemente) por isso usava sempre ligado à corrente. A cor variava não só de disparo para disparo mas também quando mudava a potência. A velocidade de disparo do flash era lenta, por isso muitas vezes ficava com ghosting. A velocidade de reciclagem também não era grande espingarda. As softboxes eram chatas de montar. Enfim, não fiquei fã e vendi assim que pude.

Depois comprei um kit Elinchrom Ranger RX. Um pack com bateria e uma cabeça, por um preço ridiculamente alto. Valia bem o € porque a qualidade de luz era infinitamente melhor que a dos Walimex. Além de que tinha 1100 Ws sem ter de estar ligado à tomada. Além disso, a velocidade de reciclagem era avassaladoramente rápida! As softboxes (e octoboxes, tenho uma de 1,40m e outra deep octa de 1m) são mil vezes mais fáceis e rápidas de montar/desmontar que as dos Walimex. Infelizmente, o peso e tamanho faziam com que raramente o usasse (no total deviam ser uns 10 kg ou mais).

Resolvi então ir para o kit que tenho hoje em dia: Elinchrom Quadra. Tal como o Ranger, é um pack com bateria incorporada, mas tem a vantagem de, com menos € do que o Ranger + 1 cabeça custou, ter comprado um kit inteiro com 2 cabeças. Tem 400Ws e é menos rápido a reciclar, mas mesmo assim é mais rápido que os Walimex. A qualidade da luz é ao nível do Ranger (excelente, portanto) e permite usar a quase totalidade dos acessórios da gama Elinchrom. Para o meu trabalho de fotojornalismo em que, muitas vezes, tenho de fazer retratos de pessoas outdoors, é o kit perfeito.

Por acaso já várias vezes andei a namorar os Dlite, porque permitiriam usar as minhas octaboxes e ter as vantagens de um kit barato ligado à corrente. Pode ser que no futuro também invista num kit.

Quanto aos Bowens, são mais pesados e mais limitados a nível de acessórios e modeladores. Acho um sistema mais limitado se quiseres evolução futura. Não é mau, mas Elinchrom é simplesmente uma melhor escolha, a meu ver.

Resumindo: vai para o kit Elinchrom! :D

--
Sergio Azenha
http://www.sergioazenha.com


Partilhar Post #34 Sergio Azenha

Sergio Azenha

  • Novo Membro
  • Registo: 02/02/2008
  • Posts: 4
    • Local: Coimbra

Publicado 26 Agosto 2010 - 18:13

Já agora, queria só acrescentar que o facto de o kit D-Lite incluir o sistema Skyport da Elinchrom é uma importante mais-valia. O sistema funciona muitíssimo bem e é muito mais fiável que aqueles sistemas de linha branca chineses que se vendem na eBay. Usar fios é sempre um desastre à espera de acontecer... quanto menos fios houver onde tropeçar, melhor! Acho sempre aconselhável comprar um sistema de disparo das cabeças sem fios: seja PocketWizard (grande e caro) seja este Skyport da Elinchrom.


Partilhar Post #35 sofia.santos

sofia.santos

  • Membro
  • Registo: 30/01/2008
  • Posts: 224
  • Idade: 33
    • Local: Canelas - Vila Nova de Gaia

Publicado 06 Setembro 2010 - 12:41

http://www.studiolig.../elinchrom.html


Partilhar Post #36 Photographer

Photographer

  • Membro
  • Registo: 18/05/2010
  • Posts: 39

Publicado 13 Novembro 2010 - 17:04

Também ando inclinado para os Elinchorm, provavelmente por nunca ter usado outra coisa e pela fama da marca.
Neste momento não tenho nada, o que acham do Elinchrom - Kit Estúdio 400Ws - D-Lite-it 4 To Go para começar a fazer umas sessões de moda? Talvez seja pouco por só ter duas cabeças.

O Kit é composto por:
2 cabeças flash digitais ELINCHROM Dlite (400W)
2 Tripés de estudio 235cm
1 Caixa de Luz 65x65
1 Caixa de Luz 53x53
1 Transmissor radio skyport
1 Cabo sincronismo
1 Saco para transporte de cabeças + acessórios
1 Saco para transporte dos tripés

Este kit já tem arrefecimento?


Cumps.


Partilhar Post #37 scottx

scottx

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 40
  • Idade: 37
    • Local: Portimão

Publicado 22 Dezembro 2010 - 17:03

Boas, também ando a pensar adquirir um kit de flashes de estúdio e também eu ando inclinado para Elinchrom (descartei Wallimex por uma razão que já foi apontada algures, descartei Profoto por falta de t€mpo, descartei Multiblitz porque tive uns emprestados e não gostei muito.. eram de entrada de gama, pareciam frágeis, pareciam ser muito fraquitos e tinham dificuldades em sincronizar - no entanto até deve ser uma marca excelente, devia ser mais azelhice minha, e ainda tenho andado na dúvida entre Elinchrom e Bowens - ainda me faltam procurar outras marcas)

Gostava de encontrar um kit que disparasse a comando dum fotómetro (Sekonic L-358 por exemplo se esse modelo o permitir) para fazer as medições sem ter que colocá-lo junto ao motivo e pedir a alguém para pressionar o botão de teste duma cabeça.

No entanto ainda tenho algumas dúvidas básicas que talvez alguém me pudesse tirar.
Ainda não encontrei tópicos onde se discutissem as potências a escolher.
Será 400W suficiente?
Será antes aconselhável ir logo para cabeças de 600W?

Neste momento estou a pensar usar o kit num quarto que tenho livre com uma área de apenas 3 por 4 metros. Para esse espaço kits de 400W são mais do que suficientes não? Para retratos, sessões de grávidas, miúdos, etc serve?
Provavelmente vou ter que reservar um espaço na garagem se começar a achar muito apertado, mas para me iniciar o quarto podia servir :)

Se alguém me puder elucidar agradeço imenso.

PS: Ainda não li o tópico todo da sofia.santos

Obrigado!! :)


IT Partilhar Post #38 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8217
  • Idade: 36
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 22 Dezembro 2010 - 17:53

scottx se o fotómetro tiver saida pc-sync ou jack, podes fazer disparar o flash à distância sem problemas, desde que tenhas o cabo certo.

Quanto à potência, atenção.... Mais não significa melhor. Por exemplo, se quiseres usar f2.8 para um retrato, a potência mínima de uma cabeça de 600w pode ser potente de mais para usar uma softbox muito perto. eventualmente filtros nd podem ser uma opção....

Ajusta a compra às necessidades do teu espaço. Um flash normal externo (sb800) terá algo que andará perto dos 200w, se não estou em erro. luz a mais ou a menos significa que não vais ter o controlo que querias.


Partilhar Post #39 scottx

scottx

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 40
  • Idade: 37
    • Local: Portimão

Publicado 23 Dezembro 2010 - 12:08

Obrigado pela tua resposta Deim.

Quando falei na hipótese do fotómetro fazer as cabeças disparar referia-me a controlos wireless. Vou fazer uma pesquisa. Seria essa uma primeira funcionalidade 'extra' em relação às mais elementares.

Encontrei estes links com uma pesquisa no Google
http://photo.net/lea...tudio-lighting/
http://www.studiolig...-studio-strobe/
http://www.togblog.b...tudio-lighting/
Hoje ou amanhã vou ver se lhes dou uma lidinha e logo venho cá chatear-vos se as dúvidas ainda persistirem :)

Pelo pouco que li num daqueles sites fiquei com a ideia que para o quarto em questão até cabeças de 200W/s poderão ser suficientes. Não vou fotografar objectos grandes, não vou fotografar com médio/grande formato, e muito provavelmente também irei querer usar aberturas grandes. Não quero ficar limitado por ter luz a mais sentindo-me na obrigação de cortar luz com NDs.

Uma segunda coisa que gostava de ter disponível no kit a escolher é a possibilidade de ligá-lo a baterias e usá-lo no exterior para fazer mais sessões como esta que fiz com dois SB-800.

A terceira é poder controlar as cabeças como quem controla os SB-800 tudo a partir da máquina ou do trigger wireless que há de vir com o kit.
Ex:
Canal 1 Grupo A = 1/8
Canal 1 Grupo B = 1/4
Canal 1 Grupo C = 1/1
Se esse trigger conseguir controlar assim as cabeças e além delas, também os meus dois SB-800 então seria espectacular (não me estou a ver usar tantas fontes de luz, mas se for possível sem aumentar muito o orçamento tanto melhor).
Os multiblitz que tive emprestados, além de só se controlarem directamente na cabeça, só tinham como potência as opções 1/1 e 1/2. Parece-me que isso limita muito a nossa criatividade.

A minha ideia é mesmo escolher logo um sistema de flashes de estúdio que me vá dar muitas opções e poucas chatices. Tal como estou a investir no sistema Nikon, para iluminação queria focar-me ao máximo apenas num sistema.

Deim, que sistema escolheste para ti? Com que potências?
Vais dar-lhe o mesmo uso que eu ou será algo diferente?
Vais usar em espaços idênticos, quartos pequenos de 3 por 4m por exemplo e exterior ou algo diferente?

Obrigado mais uma vez! :)


Partilhar Post #40 Filipe Estrela

Filipe Estrela

  • Membro
  • Registo: 13/05/2008
  • Posts: 1679
  • Idade: 29
    • Local: Lisboa

Publicado 26 Dezembro 2010 - 11:29

Já me decidi que devo ficar pelos 400W... acho uma potência porreira para o que faço e a relação preço/qualidade é boa. O uso será para moda/retrato e algum produto. A minha dúvida é: Walimex ou Elinchrom! Já trabalhei 2 vezes com walimex e gostei bastante! Gosto do kit dos VC 400/400 com softbox octagonal de 90cm. Na Elinchrom os D-Lite-IT 4 parecem-me bem também, apesar de nunca ter usado... tem a vantagem de trazer os triggers incorporados (o emissor dá para usar com triggers de outras marcas noutros flashes de outras marcas??) e também de já trazer as malas para arrumação. Peca este kit pelas softboxes, acho-as um pouco pequenas!

Queria ainda apostar num beauty dish e num travel pack (posteriormente - talvez o Tronix Explorer 1200)

O que acham? O kit é para usar tanto em interior como em exterior :)