Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

MFT - should I stay or should I go?


  • Por favor inicie sessão para responder
185 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 24 Janeiro 2020 - 21:21

Estava eu tão sossegadinho, contente com o meu sistema quando... Bem, a verdade é que andava a pensar em fazer umas trocas e uns upgrades e quando dei por mim, acabava por gastar algum dinheiro. 

 

Vamos começar pelo que tenho e o que faço com isto:

 

Panasonic G80 & GX80 + 20/1.7 + 35-100/2.8 + 100-300/3.5-5.6 II + Olympus 45/1.8

 

Muita fotografia de família (principalmente retratos), gente a andar de bicicleta na rua no dia-a-dia, viagens, espetáculos de música e dança, jogos de rugby e ginástica. Ultimamente comecei a fazer também um pouco de video com a G80 e GoPro 7. Muitas vezes tenho as câmeras a filmar paradas, e vou fotografando com a GX80 (e fazendo uns clips para depois fazer a montagem). No rugby as duas máquinas dão muito jeito para evitar trocar de lentes. A máquina mais pequena dá jeito para viagens e saídas descontraidas sem levar grande peso/equipamento.

 

O AF destas duas câmeras, sendo razoável (melhorzito o da G80), fica muito aquém do que hoje se consegue com outras câmeras. O mesmo com a qualidade de imagem dos sensores. Dai que andava a pensar em trocar a G80 pela G9... um investimento razoável. Ou trocar primeiro a GX80 pela GX9. Como referi noutro tópico, vendi a Leica 8-18 que tinha, por falta de uso, e estava a pensar em comprar a 12-60/2.8-4.0 também da Leica... troca puxa troca, e já estava também a pensar em simplificar o sistema, vendendo a 35-100/2.8 e a 100-300 e ir buscar a Leica 50-200/2.8-4.0 - perdia numas coisas, ganhava noutras, mas ficava com um conjunto mais compacto, simples e consistente.

 

Mas assim que me pus a fazer contas, vi que isto não ficava barato, mesmo vendendo o material a ser substituído. Mesmo que não avance para a 50-200, era um investimento significativo. Ao que se colocou logo a questão: e se trocar tudo e partir para outro sistema? Cheguei à conclusão em vários cenários que os gastos não eram muito maiores (em alguns casos até menores).

 

Nunca esquecer uma premissa que tenho: não quero passar dos 2,5Kg de peso total e tem que caber tudo dentro do saco PeakDesign Everyday Sling 10L (e não quero lentes que montadas na câmera não caibam no saco).

 

Cenário 0 - manter-me em MFT... ponderar que upgrades fazer, ou nem sequer fazer.

 

Cenário 1 - mudar para Fuji

 

X-T3 & X-E3 + 16-80/4.0 + 55-200/3.5-4.8 + 50/2.0 + 27/2.8 - neste cenário até gastava menos

 

Cenário 2A - mudar para Sony

 

a6400 + E 16-50 + FE 24-105/4.0 G OSS + FE 70-300/4.0-5.6 G OSS + FE 50/1.8 numa fase inicial - a escolha de lentes é para deixar a porta aberta para mais tarde dar o salto para FF. Ou seja, um investimento menor de início, mas maior mais tarde.

 

Cenário 2B - mudar para Sony mas excluir o FF por completo e ficar apenas com APS-C... mas com que lentes?

 

Cenário 3 - ...estou aberto a sugestões.

 

hj4hDAj.png

PS. a lente da direita não é a 16-80/4.0 pois ainda não a tem no camerasize - é a 18-135 que é só ligeiramente maior, mas dá para ter a ideia.


Editado por miguelbarroso, 24 Janeiro 2020 - 21:23 .



Anúncios

Partilhar Post #2 Pentaxian

Pentaxian

  • Em Validação
  • Registo: 15/06/2018
  • Posts: 971
    • Local: Dubrovnik

Publicado 25 Janeiro 2020 - 21:17

A minha primeira sugestão vai no sentido de mudar o título desta publicação e escrever assim: MFT - devo continuar neste formato ou partir para outro? 

 

Como vês é fácil; basta pensares em Português que é a nossa língua, que é a nossa cultura e que devemos sempre usar e respeitar.

 

A minha segunda sugestão é tentares experimentar ao vivo o outro material de que falas, as Fujifilm e as Sony, para veres se gostas da ergonomia e, particularmente, dos resultados (qualidade dos ficheiros). Todos nós ligamos demasiado aos testes que lemos e que vemos no you-tube e sítios quejandos e raramente tentamos experimentar o material ao vivo. Bem sei que não é fácil mas consegue-se, recorrendo a amigos e conhecidos que no-lo facultem.

 

A minha última sugestão é que ponderes muito bem que parque de objectivas pretendes e o seu custo.

 

Dito isto, diverte-te.




IT Partilhar Post #3 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 26 Janeiro 2020 - 02:02

O título foi apenas a fazer a piadola com a música dos Clash  B)  ;)

 

Quanto a experimentar, irei em breve voltar a experimentar estas coisas. É importante referir que há pouco mais de 2 anos, troquei da Nikon para MFT - isto ao fim de mais de 25 anos como cliente da marca. Mas estava farto de ter equipamento pesado, e na altura, depois de muito experimentar e face ao orçamento que tinha e as premissas que tinha, e o que o mercado me oferecia, acabei por optar pela Panasonic G80.

 

Na altura tive a oportunidade de ter uma Fuji X-T20 mais de uma semana em casa para experimentar e gostei bastante da mesma. Mas a ergonomia da máquina (ou a falta dela) simplesmente não me convenceu... Experimentei também a X-T2 e gostei muito, mas na altura o preço já fazia disparar o investimento para valores que não conseguia suportar. Falando de preços, full frame na altura era ainda pior.

 

Estive muito indeciso entre a G80 e as Sony a6500/6300, mas no final o sistema MFT e as suas pequenas lentes, associado a uma boa promoção na G80, os seus menus e ergonomia, acabaram por me seduzir. 

 

O que me desagrada hoje em dia? O AF da G80 fica aquém do desejado em situações mais dinâmicas e exigentes e a qualidade de imagem serve para a maior parte das situações, mas o sensor começa a mostrar a sua idade e limitações - gostava de ter mais flexibilidade para puxar pelas imagens. A maior parte dos sensores atuais (mesmo os MFT) têm um comportamento francamente superior (e não é só por terem mais mpx, é mesmo a qualidade no geral que está muito melhor, assim como o processamento - eu fotografo apenas em JPEG, e ainda maior a diferença nas máquinas mais recentes).

 

Quanto ao parque de lentes... nunca andará muito longe disto que aqui falo. Já tive inúmeras outras lentes tanto na Nikon como recentemente em MFT. Os usos que faço das mesmas acho que estão bem explícitos, com alguma margem como é óbvio. Confesso que o conjunto de lentes que mais me agrade continua a ser a oferta MFT: ou mantendo a 35-100/2.8 e a 100-300 e juntar-lhes a 12-35 (e ficando também com as duas primes que tenho), ou manter só as primes e comprar a 12-60/2.8-40 e a 50-200/2.8-4.0 - a relação peso / performance é imbatível! Mas continuaria com as máquinas como elo mais fraco - daí pensar no upgrade da G80 para a G9 ou da GX80 para a GX9.

 

Na Fuji gosto bastante da 16-80/4, mas gostava que a 55/200 fosse um pouco mais luminosa... tipo 2.8-4.0 ou mesmo 4.0 constante. a 50-140/2.8 já está no patamar que eu quero evitar: cerca de 1Kg de lente, com quase 20cm! A falta de IBIS na X-T3 não sendo algo fundamental, deixa-me um pouco apreensivo, e compromete um pouco a utilização com lentes não estabilizadas.

 

Na Sony fico num dilema... gastar mais dinheiro e ir já para a A7 III parece-me estar fora de questão pois são valores que não me parece que vá gastar (ou então avançava apenas com a 24-105 e mais nada... ia penar durante muito tempo sem as outras opções). Se me  ficar pela a6400 (a 6600 está estupidamente cara, mas perco o IBIS) provavelmente avanço para a 16-70/4.0 ZA já que a hipótese de FF sai de cena. Mas não sei se vou para a 70-200/4.0 (é tão comprida como a Fuji 50-140/2.8, embora mais leve) ou para a 70-300, não é tão comprida, mas pesa o mesmo. Em vez de terem lançado a 70-350/3.5-6.3 E, deviam ter lançado uma com um pouco menos distância focal, mas mais luminosa.

 

Gosto destas dissertações, pois ajudam-me a racionalizar um pouco mais as coisas.  ;)


Editado por miguelbarroso, 26 Janeiro 2020 - 02:07 .



Partilhar Post #4 Kehr

Kehr

  • Membro
  • Registo: 04/08/2015
  • Posts: 125

Publicado 26 Janeiro 2020 - 16:57

Trocar de sistema dificilmente ficará mais barato. A Olympus E-M5 III já se encontra a cerca de 1.000 € e tem o melhor sensor de MFT e tem sistema de focagem por phase detection (não precisas de DFD para nada).




Partilhar Post #5 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8282
  • Idade: 36
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 27 Janeiro 2020 - 00:25

Para Sony, a tamron vai lançar uma 70-180 f2.8 FF penso que la para março


IT Partilhar Post #6 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 27 Janeiro 2020 - 01:48

Trocar de sistema dificilmente ficará mais barato. A Olympus E-M5 III já se encontra a cerca de 1.000 € e tem o melhor sensor de MFT e tem sistema de focagem por phase detection (não precisas de DFD para nada).

Já fiz as contas e fica... Quem diria?... Pois. Só a opção de ir para FF é que fica realmente mais cara. Daí esta confusão toda. É que os upgrades que tinha pensado envolviam trocar lentes e corpos atuais.

 

Quanto às Olympus, para mim um turn-off são os piores menus do mundo (já tive uma... Conseguem ser piores que os da Sony). Mas realmente a E-M1 II estava fora do meu radar (a E-M5 III não me tenta e custa quase o mesmo). O que abre a possibilidade de poder trocar a 35-100/2.8 pela 40-150/2.8 que se arranja por um preço muito mais interessante do que a 50-200/2.8-4.0 - fica no limiar de tamanho/peso que considero aceitável (16cm e 760gr), mas é uma lente fantástica. Face à G9 perde no EVF fantástico que esta tem, e na qualidade de video em 1080p (recuso-me a filmar em 4K, é um "pesadelo logístico", mas o 1080p da E-M1 II é mesmo muito soft... nisto a minha atual G80 é muito melhor!)

 

Algo que já decidi... a 100-300 vai à vida, troque ou não de sistema. Falta saber se os 200mm equiv. da 35-100 me vão chegar.

 

Também estou pouco virado para a ideia de ir para Sony APS-C... a falta de lentes compactas, leves e luminosas é talvez o maior entrave, a par com outros pequenos desencantos. 

 

Para Sony, a tamron vai lançar uma 70-180 f2.8 FF penso que la para março

 

A opção de FF essa sim, sai muito mais cara. Essa 70-180/2.8 será certamente uma lente com uma dimensao fora do baralho - provavelmente algo na casa dos 20cm e com mais de 1Kg de peso. O caminho para Full Frame seria provavelmente muito castrado em termos de distâncias focais acima dos 105mm - talvez combinar uma FF com um corpo APS-C...?

 

O que me deixa neste momento muito tentado com a X-T3 - há dois anos a X-T2 ficou-me um pouco atravessada... E fica-me mais barato (X-T3 + 16-80/4 & 55-200/3.5-4.8) que o upgrade da G9 + Leicas 12-60 & 50-200 (e fica a par da E-M1 II + 12-40 & 40-150 Pro).

 

Amanhã vou andar a experimentar máquinas...


Editado por miguelbarroso, 27 Janeiro 2020 - 03:00 .



Partilhar Post #7 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8282
  • Idade: 36
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 27 Janeiro 2020 - 02:03

A tamron acho que estão a apontar para 800g


IT Partilhar Post #8 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 27 Janeiro 2020 - 02:34

Ui... isso é tentador! estive a ver, e não chega aos 15cm. Muito interessante mesmo




Partilhar Post #9 Kehr

Kehr

  • Membro
  • Registo: 04/08/2015
  • Posts: 125

Publicado 27 Janeiro 2020 - 08:35

Sim, os menus da Olympus são muito confusos de facto e se video ocupa um lugar de destaque, não é a melhor marca nesse campo, no entanto, não é o mesmo preço da EM1 II. Se fosse o mesmo preço que a EM1 II não iria vender, porque eles cortaram algumas features na EM5 III precisamente para deixar a EM1 II como topo de gama na mesma.




IT Partilhar Post #10 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 27 Janeiro 2020 - 10:45

Em gray market compra-se a E-M1 II por 919€...  A E-M5 III mesmo em grey market fica mais cara.




Partilhar Post #11 Kehr

Kehr

  • Membro
  • Registo: 04/08/2015
  • Posts: 125

Publicado 27 Janeiro 2020 - 12:34

A E-M5 III "ainda não está" em grey market. Tens de esperar mais um tempo até ter os preços "normais". A E-M5 III está mais cara em grey market que na Amazon entre outras. É um mercado que por vezes estabiliza após o mercado legal.




Partilhar Post #12 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8282
  • Idade: 36
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 28 Janeiro 2020 - 07:12

Eu acho que ganhas alguma flexibilidade com o kit sony. Investes num kit que faz o que precisas hoje, e que se quiseres passar para full frame, podes manter as lentes. 
Evitas ter o mesmo problema que tens hoje daqui a um par de anos. 




IT Partilhar Post #13 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 28 Janeiro 2020 - 17:38

Bem, hoje andei a fazer a ronda as capelinhas a sentir as máquinas na mão.

 

A7 III - gostei da ergonomia, não é top... mas é muito boa! 

RP - Gostei bastante, mesmo com o feeling de plástico, gostei. Não tem o premium feel que todas as outras têm.

A6x000 - são para esquecer... já não me lembrava que tinha sido um dos motivos pelos quais foram preteridas para a G80. É impressionante como as GX9/GX80 ou as E-M10 / E-M5 com grips mais pequenos, conseguem ser mais ergonómicas!

X-T3 - Gostei do feeling mas a ergonomia... mehh... nada de especial.

X-H1 - Bastante melhor que a X-T3 em termos de ergonomia - mas é mais feiosa e abrutalhada.

G9 - No geral é um pouco grandota, mas tudo bate certo no lugar. Se fosse ligeiramente mais compacta, seria perfeita!

 

Só me resta experimentar a E-M1 II. Talvez seja o corpo com o tamanho e ergonomia ideal, ligeiramente maior que a G80, mas não tão grande como a G9. Mas queria experimentar novamente...

 

Em termos de construção, tirando a RP, todas elas têm um elevado nível de acabamento, estamos a falar de câmaras todas de gama elevada!

 

Isto em termos de ergonomia / feeling estamos falados!... Só me falta encontrar uma E-M1 para comparar com as restantes.




IT Partilhar Post #14 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 30 Janeiro 2020 - 04:33

Está complicado conseguir ver uma E-M1 II... Não encontro em lado nenhum!

 

Neste momento estou muito dividido entre ir para a G9 ou dar o salto para a Sony A7 III...

 

Decidi esquecer a Fuji essêncialmente por dois motivos: 1 - faço muita fotografia de dança, música e ginástica indoor, com pouca luz. A performance do sensor da X-T3 nestas condições face ao sensor da G9 tem uma vantagem apenas de um stop, ou pouco mais. E infelizmente a única lente que a Fuji tem que poderia substituir a 35-100/2.8 seria a 50-140/2.8, que já fica fora do tamanho que considero aceitável. Com a Fuji 55-200/3.5-4.8 perco essa vantagem. Na Sony em breve estará aí a 70-180/2.8 que é mais compacta e mais leve que a lente da Fuji. 2 - ergonomia... não desgosto por completo, mas acho que a X-T3 perde para as outras duas neste campo (na minha mão, claro está)

 

Bem sei que para este tipo de uso, a Sony será uma muito melhor escolha que a G9... mas a ergonomia e funcionalidades da G9, aliadas às lentes minúsculas MFT, deixam-me aqui a vacilar. Ficava com a 20/1.7 + 35-100/2.8 + 45/1.8 e comprava a 12-60/2.8-4.0 e ainda consigo trocar a GX80 pela GX9 (ou mais tarde pela GX10 que está aí à porta).

 

Na Sony iria começar com a 24-105/4 que consegue ser uma lente relativamente compacta e super versátil, combinada com uma 50/1.8, e ficava aviado para já... enquanto a Tamron 70-180/2.8 não chegar, terei de me safar com o modo APS-C que já me dá quase 160mm (equiv.) embora em 10Mpx. Gasto quase o mesmo e fico "apenas" com isto. Quando sair a Tamron terei de desembolsar mais uma pipa de massa!  :pout:


Editado por miguelbarroso, 30 Janeiro 2020 - 10:30 .



Partilhar Post #15 Kehr

Kehr

  • Membro
  • Registo: 04/08/2015
  • Posts: 125

Publicado 30 Janeiro 2020 - 10:43

Se uma Sony A7 III com as lentes que mais precisas encaixa no orçamento e o tamanho não te incomoda, acho que não há muito mais a analisar. Se o tamanho e o preço incomodam, isso é algo muitíssimo pessoal, já que em desempenho, qualidade, longevidade, etc, não deixa dúvidas quanto à sua superioridade.

 

MFT é e será sempre um sistema sob ameaça. Acho difícil que desapareça dada o extenso lineup de lentes a preços acessíveis que existem, associado à vantagem do tamanho e os designs bem conseguidos que têm sido referência nesta gama. Parece-me que as marcas não vão desperdiçar todo o trabalho já conseguido. Mas a A7 III é uma senhora máquina. Ter um sensor FF é apenas uma desvantagem se precisares de zoom grandes, dada a ausência de crop factor.




IT Partilhar Post #16 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 30 Janeiro 2020 - 13:14

O problema é que sinto-me ali no limbo... o custo com a 70-180 já é esticado; o peso do conjunto, não sendo um exagero, já é um pouco mais do que o atual. E se quiser ter um segundo corpo (uma a6x00 qualquer), pimba!... arrefinfa com mais uns cobres (E mais peso). Para ajudar à festa, acabei de descobrir que há uma lente Samyang AF 35/2.8 minúscula capaz de substituir a 20/1.7 que eu tanto gosto no sistema MFT.

 

E depois eu prezo muito a ergonomia, e quando deixei a Nikon para a Panasonic, foi uma transição pacífica... já para a Sony tenho algum receio que não seja, pois a ergonomia das Panasonic para mim é top.

 

Desculpem os meus longos "rants"... como é óbvio não espero que alguém decida por mim, a decisão será sempre minha. Mas gosto de partilhar estes percursos de procura e escolha, e gosto de ler o vosso feedback aos mesmos. Ajudam-me no processo!

 

Obrigado desde já a todos os que têm contribuído. Mas a decisão AINDA NÃO está tomada  :lol:

 




Partilhar Post #17 Kehr

Kehr

  • Membro
  • Registo: 04/08/2015
  • Posts: 125

Publicado 30 Janeiro 2020 - 18:41

É inevitável que cada um puxe a brasa à sua sardinha, ou seja, às suas escolhas, sempre que se está feliz com elas, independentemente de terem sido as melhores ou não... A minha opinião é que estás a voltar para a Nikon (falando de tamanho), obviamente com um incremento de qualidade que em alguns casos é considerável e que pelo que dizes, não sentes falta. Com isto quer dizer que não te vejo com reais motivos para mudar de sistema, parecendo-me apenas que queres experimentar coisas novas, o que também é um motivo válido....




IT Partilhar Post #18 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 30 Janeiro 2020 - 21:27

(...)A minha opinião é que estás a voltar para a Nikon (falando de tamanho), (...)


Sabes que isso também já me ocorreu... mas uma vez mais estou no limbo. A A7 III pesa o mesmo que a G9, e tem o mesmo volume que a G80, ou seja, mais leve e bem mais compacta que a D7000. Mas as lentes são mais pesadas que as MFT, mas ainda assim a 70-180/2.8 é mais compacta e pesa metade da Sigma 70-200/2.8 que tinha na D7000. É até mais compacta que a 40-150/2.8 da Olympus que já considerei ter, e pouco maior do que a PL 50-200 que também anda aqui na baila.

Se fosse algo mesmo muito mais caro, não pensava mais. Se fosse muito mais pesado, também não... mas como fica ali a "roçar"... irrita!


Partilhar Post #19 Kehr

Kehr

  • Membro
  • Registo: 04/08/2015
  • Posts: 125

Publicado 31 Janeiro 2020 - 07:43

Atenção que a 40-150 é uma 80-300, não uma 70-180. Em termos de range é uma diferença bastante significativa, pelo que não me parece uma comparação razoável.

 

Sabes que vender o teu material todo também pode sair 10 a 20% (ou mais) menos rentável do que tu estimaste. Se avançares para a troca de sistema, tens mais riscos pelo caminho e mais trabalho. 

 

Volto a dizer que, se o tamanho não te incomoda, já que dizes que o custo é idêntico (tenho as minhas dúvidas), a A7 III é uma grande máquina e é sempre uma escolha acertada em termos de desempenho, melhor do que qualquer outra que tenhas citado.




IT Partilhar Post #20 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 764
  • Idade: 47
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 31 Janeiro 2020 - 08:53

Eu sei que não é uma comparação justa, apenas estava a falar dos tamanhos que considero razoáveis e que cabem no meu saco (e que não quero trocar).

 

Quanto a vender, seja qual for a opção, acabo por vender quase tudo - só a 20/1.7 e a 45/1.8 é que ficam garantidamente se me mantiver em MFT... a 35-100/2.8 poderá ficar ou não (trocada ou pela 40-150 ou pela 50-200). E as contas que tenho feito são bastante conservadoras em relação ao preço que estabeleci (se vender acima desse valor, melhor).

 

O custo não é idêntico... mudar para a A7 III fica mais caro. Mas não tão caro como isso! 

 

Por ordem de valores, do mais barato para o mais caro seria:

  1. trocar apenas a G80 pela G9, a GX80 pela GX9 (ou mais tarde pela GX10), e comprar a 12-60/2.8-4.0
  2. trocar por Sony exclusivamente APS-C (embora ficasse com lentes piores),
  3. Trocar a G80 & 35-100/2.8 pela E-M1 II & 40-150/2.8, manter a G80 por agora para video e 2ª câmara (e quando sair a GX10 trocar por esta), e comprar a 12-60/2.8-4.0
  4. Ir para a Fuji X-T3 & Ca.
  5. troca nº1 + troca da 35-100/2.8 pela 50-200/2.8-4.0
  6. Troca pela Sony A7 III e Ca.

Cenários 2 e 4 já foram excluídos. Cenário 3 está sujeito a experimentar a E-M1 II que ainda não consegui!