Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

fujifilm xpro3


  • Por favor inicie sessão para responder
51 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 Pentaxian

Pentaxian

  • Membro
  • Registo: 15/06/2018
  • Posts: 386
    • Local: Dubrovnik

Publicado 30 Setembro 2019 - 12:03

Depois deste elucidativo debate sobre as vantagens e desvantagens dos visores híbridos como o da X-Pro (e como o que apareceu na X-100 há já quase 10 anos) a minha modesta experiência de fotógrafo amador com mais de 50 anos a fazer fotos é a seguinte: Os visores ópticos têm a vantagem desde logo de não consumirem energia á bateria. Depois são mais naturais, não cansam tanto a vista. Contudo raramente são tão precisos como os sensores electrónicos e em situações de pouca luz são bastante inferiores. Finalmente não aceitam grandes diferenças de distância focal das objectivas que se monta. Tendo em conta os avanços da tenologia mais depressa compraria uma X-T3 do que uma X-Pro3 ainda que custassem o mesmo. E eu uso uma modestíssima X-T100 para além da velha X-100 1ª versão.




Anúncios

Partilhar Post #22 jssaraiva

jssaraiva

  • Membro
  • Registo: 30/04/2008
  • Posts: 934
  • Idade: 43
    • Local: Porto

Publicado 30 Setembro 2019 - 12:56

Em relação ao fotografar com os dois olhos abertos: nenhuma das máquinas mencionadas ou ilustradas acima é para mim muito boa para isso. Eu só uso os dois olhos abertos com a Nikon S2 (edit: falando em 35mm), pois tem magnificação a 100%, ou 1 para 1 (o mesmo com SP, S3). 

 

O standard da Leica é 0,72 e aí vemos uma realidade mais pequena no visor do que com o olho que vê "o mundo exterior". Com as 0,85 já é bem melhor e com o 0,92 da M3 (estou a escrever algo de cor) aí sim já se faz isso com conforto. A MX também, creio que é 0,95, mas sendo uma reflex a posição da face já fica de lado para a cena ou sujeito e acaba por mais uma vez ser pouco natural. 


Editado por jssaraiva, 30 Setembro 2019 - 12:57 .



Partilhar Post #23 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6236

Publicado 30 Setembro 2019 - 14:53

Em relação ao fotografar com os dois olhos abertos: nenhuma das máquinas mencionadas ou ilustradas acima é para mim muito boa para isso. Eu só uso os dois olhos abertos com a Nikon S2 (edit: falando em 35mm), pois tem magnificação a 100%, ou 1 para 1 (o mesmo com SP, S3).

O standard da Leica é 0,72 e aí vemos uma realidade mais pequena no visor do que com o olho que vê "o mundo exterior". Com as 0,85 já é bem melhor e com o 0,92 da M3 (estou a escrever algo de cor) aí sim já se faz isso com conforto. A MX também, creio que é 0,95, mas sendo uma reflex a posição da face já fica de lado para a cena ou sujeito e acaba por mais uma vez ser pouco natural.

Bom ponto jssaraiva. Não me recordei deste aspecto ergonomicamente muito importante para o efeito pretendido. A X Pro com .6 para uma lente 35mm equivalente sempre me deu um efeito parallax desconfortável para não dizer impreciso com os dois olhos abertos. A M3 é de facto notável nesse aspecto. Nunca estive com a Nikon.

Talvez a Xp3 tenha melhorado bastante este aspecto uma vez que aparentemente o visor vai ser maior dando um angulo de visão maior.

Um artigo interessante ... aquele detalhe de mostrar no visor uma imagem do "filme"/filtro seleccionado vai dar a volta à cabeça de algumas pessoas :)

https://petapixel.co...ilm-simulation/

Screen-Shot-2019-09-20-at-8.47.53-AM.png

Editado por nbplopes, 30 Setembro 2019 - 19:12 .



Partilhar Post #24 Pentaxian

Pentaxian

  • Membro
  • Registo: 15/06/2018
  • Posts: 386
    • Local: Dubrovnik

Publicado 01 Outubro 2019 - 19:24

A Leica M3 tinha um visor adaptado às lentes de 35, 50 e 75 mm e por isso é que se aproximava do que víamos no outro olho. Mas eu nunca tive uma objectiva verdadeiramente grande angular da Leica para ver o que aconteceria se a montasse nessa M3. Seja como for não se p+ode comparar um visor de uma Leica dos anos 50 com um visor híbrido de uma mirrorless deste século.




IT Partilhar Post #25 MarcomPereira

MarcomPereira

  • Membro
  • Registo: 03/10/2016
  • Posts: 472
    • Local: porto

Publicado 23 Outubro 2019 - 10:40

https://jonasraskpho...zrzWPCZvj7kGams

 

 




Partilhar Post #26 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8023
  • Idade: 35
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 23 Outubro 2019 - 18:34

Gostava de gostar... É muito bonita, mas o preço e as características não me parecem na mesma linha.




Partilhar Post #27 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4638
    • Local: Porto

Publicado 24 Outubro 2019 - 09:00

É uma câmara para quem não quer ser muito racional, mas sim extremamente sentimental (especialmente no que concerne à fotografia).  ;)  É para um nicho sim. 

Quiçá daqui a uns anitos quando o preço baixar.  ^_^




Partilhar Post #28 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 24 Outubro 2019 - 09:16

É uma câmara para quem não quer ser muito racional, mas sim extremamente sentimental (especialmente no que concerne à fotografia).  ;)  É para um nicho sim. 

Quiçá daqui a uns anitos quando o preço baixar.  ^_^

 

Concordo, é focada para um nicho de pessoas que pensam a fotografia de maneira diferente, tipo o Mário Cruz ou o Daniel Rodrigues. Levam a fotografia a um patamar mais filosofico e introspectivo.




IT Partilhar Post #29 MarcomPereira

MarcomPereira

  • Membro
  • Registo: 03/10/2016
  • Posts: 472
    • Local: porto

Publicado 24 Outubro 2019 - 10:44

Concordo, é focada para um nicho de pessoas que pensam a fotografia de maneira diferente, tipo o Mário Cruz ou o Daniel Rodrigues. Levam a fotografia a um patamar mais filosofico e introspectivo.

 

no fundo a utilização do monitor nesta configuração ou como era na xpro 2 é quase a mesma coisa.. este até é mais usável nas fotos junto ao chão, visto que nas fotos com a camera acima da cabeça as máquinas com monitor fixo tambem não dá para usar.. a série xpro sempre teve uma construção mais premium dai o seu preço mais elevado, outra coisa que eu sempre notei, apesar de haver malta que acha que não é que o render das fotos na série xpro não é igual ao das outras séries na fuji..  finalmente resolveram algo que eu sempre me queixava que era o não poder colocar o iso num dos selectores como nas outras gamas da fuji!! aleluia!!!:)))




Partilhar Post #30 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 24 Outubro 2019 - 11:00

no fundo a utilização do monitor nesta configuração ou como era na xpro 2 é quase a mesma coisa.. este até é mais usável nas fotos junto ao chão, visto que nas fotos com a camera acima da cabeça as máquinas com monitor fixo tambem não dá para usar.. a série xpro sempre teve uma construção mais premium dai o seu preço mais elevado, outra coisa que eu sempre notei, apesar de haver malta que acha que não é que o render das fotos na série xpro não é igual ao das outras séries na fuji..  finalmente resolveram algo que eu sempre me queixava que era o não poder colocar o iso num dos selectores como nas outras gamas da fuji!! aleluia!!! :)))

 

Engraçado falares nisso. Este ano estive num passeio de barco no Porto promovido pela Fuji, e tive com uma X-T30  e uma X-Pro2 nas mãos, notei isso mas não comentei com ninguém até agora. Fiquei com essa sensação de render diferente (para melhor), há de facto ali qualquer coisa, mesmo se compararmos com o sensor mais recente. É dificil explicar. Isso pode explicar o preço superior, além de outras razões. A nível de hardware os sensores podem ser iguais, mas a nível de software e algoritmos a Fuji (isto é válido para outras marcas) pode dar aqueles "toques" a mais, em certos modelos (linha x-PRO). A comparação pode ser estupida, mas é como acontece na gasolina simples e gasolina TOP, a base é a mesma, mas depois no rendimento....




Partilhar Post #31 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 24 Outubro 2019 - 11:11

Já agora, também há pessoal que afirma que a Fuji x-H1 tem um render um pouco diferente. Salvo erro, foi o ultimo modelo a levar com o sensor 24 mb, já tinha outra maturidade e não podemos esqueçer que foram construidos à posteriori com outro know-how.




Partilhar Post #32 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4638
    • Local: Porto

Publicado 24 Outubro 2019 - 13:36

Não sei se há algum "tweak" nos JPG das X-Pro vs X-T. Acho estranho isso acontecer. O algoritmo de conversão RAW->JPG, considerando tudo o resto constante (lente, processador, sensor), chama-se "film simulation" e esse corre tanto num corpo como noutro. Poderá haver outras variáveis na equação? Não estou a ver quais...

 

EDIT: falava-se muito da diferença de "look" entre os X-Trans 1 e X-Trans 2. Eu cheguei a ter, durante uns meses, a X-pro1 e aí sim notei alguma diferença quando passei para a X-Pro2.


Editado por ruicarv79, 24 Outubro 2019 - 13:38 .



Partilhar Post #33 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 24 Outubro 2019 - 15:03

Não sei se há algum "tweak" nos JPG das X-Pro vs X-T. Acho estranho isso acontecer. O algoritmo de conversão RAW->JPG, considerando tudo o resto constante (lente, processador, sensor), chama-se "film simulation" e esse corre tanto num corpo como noutro. Poderá haver outras variáveis na equação? Não estou a ver quais...

 

EDIT: falava-se muito da diferença de "look" entre os X-Trans 1 e X-Trans 2. Eu cheguei a ter, durante uns meses, a X-pro1 e aí sim notei alguma diferença quando passei para a X-Pro2.

 

Eu não sou expert e nem tudo o que se lê na net é verdade, mas há um tempo atrás, li um artigo técnico a dizer que nas máquinas de hoje em dia, os RAW destas não são completamente "nativos" e directos do sensor, pode haver algum processamento interno via software/algoritmos. Os tweaks podem estar neste processamento interno ou na informação que é guardada no RAW, ou as cores/tonalidades são tratadas de maneira ligeiramente diferente entre máquinas com o mesmo sensor. Por exemplo, quando a x-H1 saiu, havia algumas reviews que diziam que esta tinha um pouco menos de contraste nos vermelhos que a x-T2. São coisas subtis que nem todos veêm à primeira ou que interessam no resultado final, pois com a edição podes gerar fotografias iguais com máquinas diferentes.


Editado por PedroA, 24 Outubro 2019 - 15:05 .



IT Partilhar Post #34 MarcomPereira

MarcomPereira

  • Membro
  • Registo: 03/10/2016
  • Posts: 472
    • Local: porto

Publicado 24 Outubro 2019 - 16:15

Eu não sou expert e nem tudo o que se lê na net é verdade, mas há um tempo atrás, li um artigo técnico a dizer que nas máquinas de hoje em dia, os RAW destas não são completamente "nativos" e directos do sensor, pode haver algum processamento interno via software/algoritmos. Os tweaks podem estar neste processamento interno ou na informação que é guardada no RAW, ou as cores/tonalidades são tratadas de maneira ligeiramente diferente entre máquinas com o mesmo sensor. Por exemplo, quando a x-H1 saiu, havia algumas reviews que diziam que esta tinha um pouco menos de contraste nos vermelhos que a x-T2. São coisas subtis que nem todos veêm à primeira ou que interessam no resultado final, pois com a edição podes gerar fotografias iguais com máquinas diferentes.

 algo de diferente tem, em conversa com outra malta que também usa o sistema em modo profissional também já comentaram o mesmo comigo, incluindo alguém que trabalha na fujifilm que o render da xpro era diferente.. agora o porque não sei.. eu andei algum tempo a usar a xpro2 e a xt2 e lembro que quando entregava os ficheiros cheguei a ter malta a dizer que gostava mais do look da pro2, na altura até pensava que era da lente, mas cheguei a mudar as lentes e as diferenças continuavam, por isso acho que não é apenas da minha cabeça -_-  :lol: . " talvez seja isso "pode haver algum processamento interno via software/algoritmos"




Partilhar Post #35 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 24 Outubro 2019 - 16:46

Por falar na x-H1, está a um preço irresistível.....

https://www.e-infin....era_(body_only)

 

Queria ver se comprava até ao inicio do ano que vem, juntamente com uma 35mm 1.4 ou a 56mm 1.2 (neste campo estou indeciso). A minha ideia é começar a ir para os trabalhos pagos com aqueles straps de cabedal/pele com as duas máquinas penduradas (x-H1 + 16mm 1.4 e x-E3 + 35mm ou 56mm).

Eu consigo fazer todo um evento só com a 16mm, mas no ultimo batizado que fiz, senti que ter um segundo corpo/segunda objectiva tinha dado um jeitão!

Só quando passas por certos momentos é que sentes falta das coisas, geralmente é sempre assim.

 

Porquê a x-H1? A razão principal é o estabilizador, não para as cenas documentais e com pessoas em movimento, mas para as fotografias de produto/arquitectura/pormenores que se faz num evento, em que não há movimento e queres tirar com o menor ISO possivel com velocidades muito baixas, devido as condições de luz que nem sempre são as ideiais. Esse tipo de fotografia representa 5% a 10% das fotografias tiradas num evento, e já é representativo. Os fotógrafos de casamento aqui no fórum que não me deixei mentir....


Editado por PedroA, 24 Outubro 2019 - 16:52 .



Partilhar Post #36 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 25 Outubro 2019 - 08:32

 

Minuto 4:40

 

Não sabia que a x-PRO3 vinha com esta funcionalidade. Só por isto, já me chamou mais à atenção. :D




Partilhar Post #37 Azathoth

Azathoth

  • Membro
  • Registo: 02/09/2012
  • Posts: 3685
  • Idade: 40
    • Local: Funchal

Publicado 25 Outubro 2019 - 09:02

Monta-se a câmara num tripé e é um fail autêntico....




Partilhar Post #38 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4638
    • Local: Porto

Publicado 25 Outubro 2019 - 09:31

 

Minuto 4:40

 

Não sabia que a x-PRO3 vinha com esta funcionalidade. Só por isto, já me chamou mais à atenção. :D

Isto será uma "trend" certamente. É algo que os telemóveis já fazem há alguns anos (2/3 anos) por isso faz todo o sentido que as câmaras dedicadas façam o mesmo. Quem sabe se não vem também numa das próximas versões de FW da X-T3....

 

Monta-se a câmara num tripé e é um fail autêntico....

Quando se diz que é uma câmara de nicho é por coisas como essa também (embora haja sempre volta a dar). Que típico utilizador da X-Pro irá usar tripé? O mais certo é nem ter um.  ;)




Partilhar Post #39 PedroA

PedroA

  • Membro
  • Registo: 09/01/2018
  • Posts: 337

Publicado 25 Outubro 2019 - 09:49

Monta-se a câmara num tripé e é um fail autêntico....

 

Se o meu inglês não me engana, ele disse que as fotografias são alinhadas na máquina (resultado final em JPEG ?) e não há necessidade de tripé, mas também podemos guardar em RAW, salvo erro.

 

A ultima vez que usei tripé, foi com uma Canon. As pessoas não percebem o conceito de nicho das Fuji. Quem vai comprar uma máquina para fazer fotografias com céus arrastados ou mar flat, não vai comprar a Fuji x-PRO3, compra Canon,Nikon ou outra máquina mais bulky.

 

Deparo-me com uma coisa interessante hoje em dia nas mentes da web (peço desculpa Azathoth se te vais sentir ofendido), quando sai qualquer máquina de qualquer marca, se a pessoa vê que não tem algo que ela quer, é logo automaticamente um fail. Pessoal, há centenas de máquinas hoje em dia, há 6,7,8...marcas, há máquinas para todos os gostos e feitios. Um máquina não tem de ter 321425423 de features.

Eu estava com esperança que x-PRO 3 tivesse estabilizador, não tem, temos pena mas não é um fail, vou seguir a minha ideia inicial, comprar a x-H1, o futuro? Depois logo vejo.

 

Tenham calma, a vida é bela. :th_up:


Editado por PedroA, 25 Outubro 2019 - 09:50 .



Partilhar Post #40 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4638
    • Local: Porto

Publicado 25 Outubro 2019 - 09:59

Se o meu inglês não me engana, ele disse que as fotografias são alinhadas na máquina (resultado final em JPEG ?) e não há necessidade de tripé, mas também podemos guardar em RAW, salvo erro.

 

A ultima vez que usei tripé, foi com uma Canon. As pessoas não percebem o conceito de nicho das Fuji. Quem vai comprar uma máquina para fazer fotografias com céus arrastados ou mar flat, não vai comprar a Fuji x-PRO3, compra Canon,Nikon ou outra máquina mais bulky.

 

Deparo-me com uma coisa interessante hoje em dia nas mentes da web (peço desculpa Azathoth se te vais sentir ofendido), quando sai qualquer máquina de qualquer marca, se a pessoa vê que não tem algo que ela quer, é logo automaticamente um fail. Pessoal, há centenas de máquinas hoje em dia, há 6,7,8...marcas, há máquinas para todos os gostos e feitios. Um máquina não tem de ter 321425423 de features.

Eu estava com esperança que x-PRO 3 tivesse estabilizador, não tem, temos pena mas não é um fail, vou seguir a minha ideia inicial, comprar a x-H1, o futuro? Depois logo vejo.

 

Tenham calma, a vida é bela. :th_up:

Achavas mesmo que a X-Pro3 ia ter estabilizador?! Mas porquê? Lá está, quem está interessado numa X-Pro3 não quer saber do estabilizador...