Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Para quem não acredita em 3D.


  • Por favor inicie sessão para responder
39 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 Azathoth

Azathoth

  • Membro
  • Registo: 02/09/2012
  • Posts: 3814
  • Idade: 41
    • Local: Funchal

Publicado 18 Agosto 2019 - 13:58




Anúncios

IT Partilhar Post #22 FotoKhan

FotoKhan

  • Membro
  • Registo: 30/01/2013
  • Posts: 1678

Publicado 18 Agosto 2019 - 16:11

 

Lá está, pois...há quem não acredite. :rolleyes:

 

Esta acabadinha de processar...

 

169646913.QRYr839E.9N8A9190.jpg




Partilhar Post #23 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 18 Agosto 2019 - 21:30

Parece-me um bocado rasa essa imagem. Não é uma questão de acreditar ou não muito menos de fé.

Já agora, parece-me que no vídeo estamos com duas perspectivas diferentes.

Editado por nbplopes, 18 Agosto 2019 - 21:35 .



Partilhar Post #24 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 18 Agosto 2019 - 22:31

Parece-me um bocado rasa essa imagem. Não é uma questão de acreditar ou não muito menos de fé.

Já agora, parece-me que no vídeo estamos com duas perspectivas diferentes.


EDIT: Qualquer que seja a lente está não coloca aquilo que a composição não tem. Creio que toda a gente sabe ver a diferença entre uma boa lente e uma menos boa.


Partilhar Post #25 JMeireles

JMeireles

  • Membro
  • Registo: 24/04/2018
  • Posts: 267

Publicado 19 Agosto 2019 - 09:23

Ainda não entendi o ponto do FotoKhan, tem uma objectiva que consegue renderizar o contraste de um modo mais tridimensional?


Editado por JMeireles, 19 Agosto 2019 - 09:24 .



Partilhar Post #26 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 19 Agosto 2019 - 12:38

Uma imagem 3D feita com uma lente que comparada com as lentes da Canon EOS R do Fotokhan seria para esquecer. Até parece que foi feita com um telemóvel. 

 

PAR79415.jpg


Editado por nbplopes, 19 Agosto 2019 - 12:38 .



Partilhar Post #27 JMeireles

JMeireles

  • Membro
  • Registo: 24/04/2018
  • Posts: 267

Publicado 19 Agosto 2019 - 13:34

Pois, já vi que há aqui uma discussão que, mais uma vez, tem o material na sua base.

Evidente que as objectivas são importantes no modo como transmitem a luz. No entanto, o entender da luz no momento, o modo como pinta a cena que queremos compor e o tratamento que lhe damos, quer em químico quer no digital, tem o papel principal.

O vídeo é algo que eu não tenho conhecimentos técnicos de edição para poder opinar, por isso fico calado.

Tive varias situações em que as visitei os mesmos locais em diferentes horas do dia de modo a ter a luz que me permitisse recriar essa noção de tridimencionalidade, ou profundidade.

Essa imagem em cima transmite muito bem essa profundidade, se foi algo que só a objectiva conseguir traduzir ou se o autor manipulou a luz em edição, eu  não sei mas defendo as duas como ferramentas validas para se criar fotografia.

Analisando a imagem, notamos claramente que as zonas mais próximas são mais escuras e contrastadas e o distante mais claro e menos contrastado, uma "regras" essencial para criar profundidade e forma.


Editado por JMeireles, 19 Agosto 2019 - 16:32 .



Partilhar Post #28 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 20 Agosto 2019 - 11:55

O equipamento é importante na fotografia como é em qualquer disciplina. Sendo que em fotografia há ramificações mais técnicas que outras. E quando se chega a produções mais complexas até pode involver especialistas múltiplos.

É uma forma de expressão que pode ser tecnicamente tão simples ou tão complexa quanto se queira. De uma lente, uma câmera, um fotógrafo, a equipas com uma ou mais dezenas de pessoal. Há artistas que nem na câmera tocam ... apenas coordenam a criação visando o conceito que têm em mente.

Eu por diversas razões sou dos que ficou por uma camera uma lente. Sei pouco de técnica para lá da acumulação natural de alguns anos de prática. E estou sempre a aprender.

Fui contagiado pelo poder de criar algo emotivo retratando o quotidiano corriqueiro, de uma forma simples e clara ... apenas observando o que se passa há minha volta.

O meu objectivo é conseguir colocar na câmera aquilo que sinto de uma forma simples e directa ao constatar algo. Para mim um objectivo nada simples. Mais ou menos 3D é coisa que não me passa pela cabeça, mas sim a luz. Apenas porque sem isso não se via nada.

Tenho este luxo por ser amador e não depender da fotografia financeiramente.

Um fotógrafo cuja forma de pensar sobre a criação da fotografia aprecio bastante é o David Alan Harvey.

Editado por nbplopes, 20 Agosto 2019 - 11:58 .



Partilhar Post #29 Flipclick

Flipclick

  • Membro
  • Registo: 19/07/2013
  • Posts: 135
    • Local: Alhos Vedros

Publicado 20 Agosto 2019 - 13:18

Boas,

 

ah já percebi, é mesmo ilusão óptica ou até mesmo... diria psicológica! eheheh

 

É chamar 3D a uma imagem que como tal, será sempre qualquer coisa 2D mas com excelente contraste, definição e iluminação nos sítios certos que até parece uma coisa a 3D. aaaahhh

 

Acho que afinal também tenho tirado umas fotografias 3D.

 

Cool

 

Cumps




IT Partilhar Post #30 FotoKhan

FotoKhan

  • Membro
  • Registo: 30/01/2013
  • Posts: 1678

Publicado 22 Agosto 2019 - 15:10

169666603.q7IJgyqF.9N8A9652.jpg




Partilhar Post #31 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 23 Agosto 2019 - 10:37

68695600_2419736278269887_70180393927405




Partilhar Post #32 JMeireles

JMeireles

  • Membro
  • Registo: 24/04/2018
  • Posts: 267

Publicado 27 Agosto 2019 - 11:16

Esta ultima imagem do FotoKhan, já nos dá maior profundidade e não é em exclusivo pelo desfoque entre planos mas sim pela tonalidade e ajustes de cor/temperatura.

Se repararmos a gama de pretos no fundo é mais clara que no 1º plano e os brancos são mais altos no 1º plano em relação ao segundo. Isso implica maior contraste no 1º plano e menos no 2ºplano. O que não ajuda nada é só haver dois planos e os meios tons serem muito próximos.

 

A do nbplopes, tem 3 excelentes exemplos de profundidade na imagens que tem na parede por trás, quem as fez sabia bem o que estava a fazer. A imagem num todo só denota alguma profundidade por esse factor já que a luz no 1 plano é muito "flat"( sobressaindo as mão do fumador) e não teve ali nenhum tratamento a ajudar.

Atenção, estou a falar enquanto profundidade ou tridimensionalidade e não num todo, o destaque das mãos e gesto do fumador é interessante e destaca-se.

 

Este tema é muito interessante.


Editado por JMeireles, 27 Agosto 2019 - 11:20 .



Partilhar Post #33 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 27 Agosto 2019 - 21:49

Coloquei esta segunda exactamente por aquilo que apontaste. Acaba de ser uma brincadeira entre o 3D e o 2D.

EDIT: Para mim a imagem to FK está com o enquadramento totalmente flat, mesmo a luz, coisa evidenciada se cerrares os olhos. O que ele fez foi destacar o primeiro plano com o desfoque apenas isso. O mesmo não acontece com a minha. Como quem coloca o circulo branco num quadrado que contraste (por exemplo branco) em 2D, é flat, mas o circulo ganha destaque por isso, dando a ideia que o quadrado está roto. São fenómenos destintos. A foto do FK tem a haver com espaço negativo vs positivo via a técnica do desfoque.

Editado por nbplopes, 28 Agosto 2019 - 09:32 .



Partilhar Post #34 JMeireles

JMeireles

  • Membro
  • Registo: 24/04/2018
  • Posts: 267

Publicado 28 Agosto 2019 - 09:52

Coloquei esta segunda exactamente por aquilo que apontaste. Acaba de ser uma brincadeira entre o 3D e o 2D.

EDIT: Para mim a imagem to FK está com o enquadramento totalmente flat, mesmo a luz, coisa evidenciada se cerrares os olhos. O que ele fez foi destacar o primeiro plano com o desfoque apenas isso. O mesmo não acontece com a minha. Como quem coloca o circulo branco num quadrado que contraste (por exemplo branco) em 2D, é flat, mas o circulo ganha destaque por isso, dando a ideia que o quadrado está roto. São fenómenos destintos. A foto do FK tem a haver com espaço negativo vs positivo via a técnica do desfoque.

Tenho de discordar de ti, cerra lá os olhos novamente e repara na luminância da imagem, o 1º plano é claramente mais contrastado e com um nível de luz acima do fundo. Em termos de composição é que peca por só se basear nesse factor.

Podes comprovar abrindo a imagem no Photoshop e analisares as luminosidades dos diferentes planos, a este nivel, até podes dizer que há 3 planos.




Partilhar Post #35 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 28 Agosto 2019 - 11:01

Podes discordar. Quando cerro os olhos vejo algo semelhante a isto:

69049790_2423307694579412_56992210268192

2D.

Em contra partida sem luz cerra aqui:

Necker-Cube-CSPE-colours-with-square-joi

Ou aqui

Stainless+Steel+Cube+End+Table.jpg

Repara. Não há necessariamente algo de mal em a imagem ser fundamentalmente 2D. O HCB por exemplo tem imagens que fez compondo propositadamente nesse sentido.

Como dizes, isto está mais que estudado.

Outra coisa é o figure-to-ground, que é aquilo que dizes ao afirmar que o "primeiro" plano está mais contrastado que os restantes. A sua forma ganha mais evidência por isso. Mas tal não confere á imagem maior “tridimensionalidade”.

Como te disse. o micro contraste serve para melhorar e muito as texturas. Emparelhado com a definição a imagem fica mais "deliciosa visualmente". O desfoque serve para destacar/isolar objectos dos restantes. A geometria e a volumétrica serve para dar profundidade o tal 3D á imagem bem como guiar o olhar.. A luz serve para criar forma e cor. A cor serve para guiar o olhar bem como induzir outros estados emocionais ao paladar. Obviamente pode haver alguma sobreposição nas margens de cada uma destas coisas, no entanto é na prática irrelevante. As distancias focais neste contexto, servem para "adicionar" ou "retirar" planos" por "esmagamento" ou "extensão" numa mesma perspectiva.

Bom. Mas isto é uma questão técnica que pode ajudar ou não as pessoas a compor. Pessoalmente não penso nisto, é creio que quase todos os fotógrafos disparam quando algo lhes deixa curioso na mente. Mesmo quando estão a fazer coisas que já fizeram. É preciso alimentar esta curiosidade, pois também se gasta. Alimentar não só a criar fotografia mas com outras coisas.

EDIT: Uma imagem deliciosa do Alex Web, estruturada horizontalmente como a do FK, que seria 2D se não fosse um elemento que corta esta força totalmente. A "elipse" ao centro. Ele brinca muito com isto, imagem uma força 2D que "subitamente" é cortado por elementos em 2D (Um WTF).

Obviamente depois tem uma série de coisas que atrai o olhar, como a volumétrica dos elementos. Master Shot.

PAR112648.jpg

Editado por nbplopes, 28 Agosto 2019 - 14:21 .



IT Partilhar Post #36 FotoKhan

FotoKhan

  • Membro
  • Registo: 30/01/2013
  • Posts: 1678

Publicado 28 Agosto 2019 - 22:47

Em termos de composição é que peca por só se basear nesse factor.

 

Só para esclarecer que a imagem foi "postada" como exemplo de "tridimensionalidade" criada por combinação do micro contraste fornecido pela objectiva, sensor que não a destrói, tipo de luz e tratamento de côr e não como exemplo fotográfico, no que à composição diz respeito.

 

Na realidade, se não viesse para aqui como exemplo do acima referido, teria ido para o lixo.

 

A explicação de que a "tridimensionalidade" neste último exemplo seria fruto de simples jogo de profundidade de campo não colhe porque, na essência, trata-se do mesmo efeito percebido nos outros exemplos que já fui dando, a maioria dos quais têm grandes profundidades de campo.

 

Está a haver alguma confusão entre o que pretendo demonstrar e efeitos tridimensionais por manipulação de linhas gráficas e/ou de sombras.

 

Estas últimas podem ser criadas, por exemplo, em BD porque são função de desenho e mera arte gráfica.

 

Aquilo que tenho vindo a mostrar, não, porque são função da Óptica, da Física e da Electrónica.

 

(...Claro está, numa foto podem-se combinar estas duas vertentes e, até, uma terceira, o tal jogo de profundidade de campo para intensificar efeitos...a foto dos baloiços, acima, é um excelente exemplo dessa possível tripla combinação...)

 

FK

 

(PS: isto: https://yannickkhong...y-of-the-world)


Editado por FotoKhan, 28 Agosto 2019 - 23:11 .



Partilhar Post #37 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 29 Agosto 2019 - 15:39

Olá,

Está a haver alguma confusão entre o que pretendo demonstrar e efeitos tridimensionais por manipulação de linhas gráficas e/ou de sombras.

É didicil perceber o que quiseste mostrar. Pese e embora face áquilo que tens escrito em outras threads sobre o equipamentos. Especulando quiseste mostrar as capacidades de resolução da tua EOS R e da lente que compraste. Em particular o micro contraste.

Acontece porém que colocas-te um título "Para quem não acredita em 3D".

E quem aprendeu um pouco de teoria imediatamente te diz que essa tridemensionaeidde deriva da perspectiva adoptada para fotografar a traineira modernaça nesse rio. E não das capacidades da lente em matéria de micro constraste.

Prosseguindo, mostras outras em que a perspectiva adoptada anula ainda mais o efeito 3D. Havendo apenas um ou dois edifícios onde esse efeito existe. Tudo o resto está numa perpectiva onde esse efeito não existe, ou é apenas "tapeçaria". A da vila.

Foste buscar outra onde anulas totalmente a perspectiva que dá o tal 3D e usas o desfoque, e mostras ainda a capacidade de lente de captura pequenos desvios de tonalidades em "espaços curtos" coisa importante para zonas cheios de objectos sobrepostos que no conjunto criam uma tapeçaria independentemente qualquer outro qualificador como o belo ou feio.

Eu entendo que se se pretende perceber o que usar para obter o quê convêm dominar pelo menos o que cada uma das ferramentas à disposição efectivamente faz e para o que serve.

Se o micro constraste, ou o desfoque resolve-se tipicamente a questão da profundidade ou 3D então também resolveria neste caso.

Imagine-se um amigo que coloca-se um cubo sobre uma superfície e homogênea e que coloca-se o tripé e a camera com uma lente zoom numa perspectiva que apanha-se apenas uma face. Depois pedia aos seus amigos para fazerem uma fotografia que passe-se ao observador a ilusão de "tridimensionalidade" no máximo com 3 operações.

69390552_2423966931180155_42704862916504

f/16
55mm
ISO 10.000

Seria um farto-te testemunhar 5 fotógrafos (amadores ou profissionais) em busca do 3D nesta condições. Um se calhar fazia zoom in, outro zoom out (altera a distância focal). Outro se calhar iria alterar a abertura, sei lá, 1.2? Outro iria mudar o ISO para obter mais micro contraste. Outro se calhar iria pedir para mudar de câmera para ter uma tech mais pujante, com maior gama dinâmica e capacidade de micro contraste. No fim disto tudo talvez houve-se uma "alminha" que simplesmente muda-se a perspectiva.

Exemplo do tipo que iria obter por reduzir o ISO e mudar a abertura para obter desfoque.

69428000_2423966787846836_84628985475351

f4
55mm
ISO 800

Este faz apenas duas operações. Reduz ISO abre mais a lente para f4 face á imagem inicial.

Repare-se como o melhor micro-contraste e redução do ruído devido á redução do ISO, não resolve o problema da "tridimensionalidade". E o desfoque pouco ou nada faz. Alguns poderia dizer que até retira alguma coisa neste caso até retira alguma coisa neste contexto, mas não é o caso.

Vem outro e faz isto:

69479471_2423967064513475_22327808910447

f4
55mm
ISO800

Este faz 3 operações. Altera para uma perspectiva, abre tanto como acima e reduz o ISO. Com a imagem seguinte o que disse do exemplo anterior iram ver que tudo se aplica também nesta. Mas esta já é muito mais tridimensional pois mudou de perspectiva. Pode-se pensar que o desfoque ajuda mas o que fez foi evidenciar a esquina do objecto face ao resto.

Depois vem um amigo que apenas altera a perspectiva ... Uma operação.

69394165_2423967207846794_84471661038047

f16
55mm
ISO 10.000

Esta imagem face ás outras tentativas é que tem menos micro constraste, mais ruído, e menos desfoque. Creio que é indiscutível que é a abordagem entre estas que passa melhor a ideia de tridimensionalidade e profundidade., Claramente o cubo parece sair da superfície.

Podem experimentar se quiserem o que fizeram os outros amigos, alterando a distância focal se ainda tiverem dúvidas.

Em suma. Fotógrafo que ache que as suas composições carecem da tal profundidade, não vá buscar mais micro-constraste (3d pop, como fizeste na última), ou desfoque (bokeh) ou outra coisa do género. Mude a perspectiva e/ou a luz. Esta segunda por forma a ir buscar outras formas que tragam mais profundidade que não são visíveis com a luz que tem. Pode "trabalhar" melhor os volumes e a relação entre os objectos na composição.

Se quiser ir buscar mais "tapeçaria", mais "rendilhado", algo que esteticamente também é importante. que vá á procura de tecnologia e ou luz que lhe dê mais disso, melhor resolução do micro-constraste.

Se quiser isolar objectos, pode usar um perspectiva que lhe que deixe o sujeito ou sujeitos mais "soltos" face ao espaço negativo, ou usar o desfoque do espaço negativo.

Se quiser ir buscar tonalidades mais agradáveis para o mesmo tipo de luz , que goste mais, pode ir buscar até uma lente diferente. Também são importantes para isso. O PP só até determinado ponto, pelo menos sem muito trabalho nesse contexto.

Coisa que testemunhei quando á 3 dias me ofereceram uma XF 18mm de 7 elementos.

É isto.

EDIT: Pelo artigo deste como referência talvez fosse melhor alterares o título: "Para quem não acredita no 3d-pop" e não apenas "3D". O "ºpop" serve como qualificador. O que em nas fotos da árvore, da pedra, é a representação do "rendilhado", da "textura" muito mais agradável. De resto, parece-me óbvio que os fabricantes nos seus processos favorecem um "look"/"estética" mais "gloss", mais "brilhante" nos algoritmos, quer na componente digital quer na física", usados para o efeito.

Editado por nbplopes, 29 Agosto 2019 - 18:27 .



IT Partilhar Post #38 FotoKhan

FotoKhan

  • Membro
  • Registo: 30/01/2013
  • Posts: 1678

Publicado 29 Agosto 2019 - 19:18

Nuno,

Eu falo em alhos e o Nuno insiste em falar em bugalhos.

Peço desculpa em não ter usado a partícula "pop" no "post" original. Parti do princípio que, face ao que postei, seria óbvio do que estava a falar, o efeito cujas causas e origens já repeti e "tripeti".

Isto ou se vê, ou não se vê. O Nuno não vê, como o prova as sucessivas e repetidas confusões que está a fazer. Só falta falar em "chiaroscuro" renascentista, enquanto técnica fotográfica...;)

...e não, não se trata de propaganda à R...A primeira vez que "tropecei" no efeito foi com a minha antiga 1DMKIII. Já postei aqui um exemplo que nem vem de uma objectiva RF e, no artigo que referenciei, há um excelente exemplo feito com material Nikon.

As únicas coisas que são necessárias, do lado do equipamento são, como já mencionei, (1) objectivas com elevada capacidade de resolução de micro-contraste e (2) sensores que não o destruam.

Abraço.

FK

Editado por FotoKhan, 29 Agosto 2019 - 19:48 .



Partilhar Post #39 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6669

Publicado 29 Agosto 2019 - 20:04

Peço desculpa em não ter usado a partícula "pop" no "post" original. Parti do princípio que, face ao que postei, seria óbvio do que estava a falar, o efeito cujas causas e origens já repeti e "tripeti".

 

Olhas para o título. Olhas para imagem, e vês as respostas Se fosse óbvio ...

 

Mais aqui repetes:


Tridimensionais, sem dúvida.

 

Mas ao jogar com a profundidade de campo, torna-se mais fácil.

 

Eu destrinçaria entre um efeito 3D, em que o "trompe-l'oeil" é apenas função das características da luz e da qualidade do equipamento e estes efeitos de "cut-out" que, tornando também "tridimensional" a imagem, recorrem à desfocagem dos planos posteriores como "pista" para o cérebro os destacar dos elementos em foco.

 

Quando a maior parte da cena está em foco ou com partes apenas minimamente desfocadas, o efeito 3D é função de:

 

1. Qualidade da luz (lateral, relativamente ao plano fotografado).

2. Objectiva com muito boas características de micro-contraste.

3. Sensor que não destrua esse micro-contraste. Neste sentido os sensores mais pequenos resultam piores, não porque sejam pequenos - o que até ajuda na profundidade de campo - mas porque, por imposição da Física, têm normalmente piores relações sinal/ruído.

4. Processamento de cores dirigido para efeito.

 

 

Fica bem.

 

EDIT: Em relações á tua lista, acrescentaria, o enquadramento. É a única coisa que lhe falta. Deveria ser logo a primeira a par da luz. Eu percebo porque ficou de fora, não tem nada a haver com o fotógrafo, só com a máquina e a lente ... equipamento.


Editado por nbplopes, 30 Agosto 2019 - 21:56 .



Partilhar Post #40 Pentaxian

Pentaxian

  • Em Validação
  • Registo: 15/06/2018
  • Posts: 971
    • Local: Dubrovnik

Publicado 31 Agosto 2019 - 19:28

Boa tarde,

 

pergunto humildemente...

Podem explicar-me o que tem esta foto de especial?  3d???!!!

 

 

Cumps

Eu também. Não vejo o que é que esta imagem tenha a ver com 3D.