Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Full Frame VS Apsc 2018


  • Por favor inicie sessão para responder
98 respostas a este tópico

Partilhar Post #41 JoãoCRV

JoãoCRV

  • Membro
  • Registo: 14/02/2018
  • Posts: 51
    • Local: Lisboa e Montijo

Publicado 26 Fevereiro 2018 - 08:32

A minha questão não vai nesse sentido... 

Tu quando queres criar uma imagem precisas de ferramentas. Se tu imaginas uma imagem que exige uma determinada perspectiva e uma determinada profundidade de campo, a tua liberdade para criar está dependente do equipamento que tens. Se tentares fazer essa imagem sem o equipamento certo, não fazes essa imagem... Podes tirar essa fotografia, mas não vai ser a imagem que querias fazer. 

Se o teu interesse for só tirar a fotografia, perfeito. Mas se o teu interesse for criar uma determinada imagem, então o teu objectivo não vai ser concretizado. 

de acordo.




Anúncios

Partilhar Post #42 JoãoCRV

JoãoCRV

  • Membro
  • Registo: 14/02/2018
  • Posts: 51
    • Local: Lisboa e Montijo

Publicado 26 Fevereiro 2018 - 08:54

kiak, não conheço nenhum concurso de fotografia que diga que não se deve cumprir a regra dos terços (rule of thirds) ou que se deve cumprir, ou a regra dos ímpares (odd rule) eheheheh isso são questões básicas que qualquer fotógrafo domina, podem, de facto, entrar na avaliação de uma fotografia, o dinamismo da composição, etc etc...

Quando referi concursos de fotografia NÃO FOI por causa disso, é que os concursos de fotografia (com júris conceituados ou fotógrafos experientes convidados) são uma boa base de reflexão ou caso de estudo pois podemos discutir por aí que fotografia é admitida («sem qualquer edição», no limite, ou toda e qualquer transformação é admitida, noutro limite. Já coloquei uma questão a um júri que estipulava a entrega do ficheiro «cru», sem edição, e perguntei se queriam o ficheiro RAW, é claro que queriam o ficheiro JPEG, mas este já tem opções fixas escolhidas pelo fotógrafo enquanto que o ficheiro «cru» precisa de edição).

Os concursos de fotografia são ainda uma boa base de trabalho de tese, mesmo nas suas categorias temáticas, podemos ver por aí (ou a partir daí, para discussão) sobre o que se entende por «fotografia urbana», fotografia de «paisagem», etc e as definições podem ser mais ou menos híbridas.

bem... dizes...

«O equipamento correcto nao tem que ser caro ou barato eu posso estar com uma objectiva 17-40 numa FF para desfocar um fundo o que será dificil, mas com uma APSC-e uma 85 mm 1.8, já consigo o meu resultado».

 

A profundidade de campo não depende apenas disso...

A profundidade de campo é influenciada pela distância focal ou pela abertura do diafragma, mas também pela distância a que te colocas do motivo do foco, e até a profundidade de campo é influenciada pelo tamanho do sensor e (ainda) pelo tamanho da impressão que tu escolhes :)

respondendo à tua questão, se for difícil «desfocar» um fundo com a lente que tenho, posso conseguir um resultado mais próximo do que quero simplesmente aproximando-me do motivo.




IT Partilhar Post #43 kiak

kiak

  • Membro
  • Registo: 18/03/2006
  • Posts: 3518
  • Idade: 42
    • Local: centro-norte

Publicado 26 Fevereiro 2018 - 13:35

Pois pode aproximar do mesmo motivo com a mesma apsc mas se fizer isso com uma 17-40 f4 e eu com uma 50 mm f1.8 uma vez que a 50 mm é muito mais barata o meu resultado considerando que percebo de fotografia, será sem dúvida melhor. Estamos a falar de uma objectiva de 600-700 euros para uma de 150.

Eu tenho um 2 prémio em um jornal regional, de uma foto nocturna com uma queda de água com um tempo 30 seg. ..foto mais híbrida do que isso não pode haver e foi feita por uma apsc e a 10-18stm. .. se falarmos de valores máquina e objectiva não chegam para pagar uma 17-40...
Voltando ao tema o profissional fica insatisfeito por utilizar apsc?

O amador precisa mesmo de FF para ter bons resultados?

Para terminar a foto não estava grande coisa para mim era a pior das 3 que enviei. .. apenas estava visualmente bonita !!!


Partilhar Post #44 iMarco

iMarco

  • Membro
  • Vencedor do mês +
  • Registo: 12/09/2014
  • Posts: 4128
  • Idade: 40
    • Local: Viseu

Publicado 26 Fevereiro 2018 - 14:00

Pois pode aproximar do mesmo motivo com a mesma apsc mas se fizer isso com uma 17-40 f4 e eu com uma 50 mm f1.8 uma vez que a 50 mm é muito mais barata o meu resultado considerando que percebo de fotografia, será sem dúvida melhor. Estamos a falar de uma objectiva de 600-700 euros para uma de 150.

Eu tenho um 2 prémio em um jornal regional, de uma foto nocturna com uma queda de água com um tempo 30 seg. ..foto mais híbrida do que isso não pode haver e foi feita por uma apsc e a 10-18stm. .. se falarmos de valores máquina e objectiva não chegam para pagar uma 17-40...
Voltando ao tema o profissional fica insatisfeito por utilizar apsc?

O amador precisa mesmo de FF para ter bons resultados?

Para terminar a foto não estava grande coisa para mim era a pior das 3 que enviei. .. apenas estava visualmente bonita !!!

 

O amador, precisa no mínimo, médio formato. No mínimo! 

 

Sabes aquela, do "Ah e tal, tens aí umas boas fotos...deves ter uma máquina das caras..."

 

Já vi amadores a fazer com uma máquina de entrada (Canon 1000D) e uma lente de kit (18-55 ii) fotos que mereciam prémios...como também já vi amadores (e até profissionais) com maquinas supostamente superiores (por serem FF, mas não só) a apresentarem fotos que só apetece chorar...

 

Eu sou um desses, por exemplo :D ...




IT Partilhar Post #45 kiak

kiak

  • Membro
  • Registo: 18/03/2006
  • Posts: 3518
  • Idade: 42
    • Local: centro-norte

Publicado 26 Fevereiro 2018 - 14:38

O amador, precisa no mínimo, médio formato. No mínimo! 

 

Sabes aquela, do "Ah e tal, tens aí umas boas fotos...deves ter uma máquina das caras..."

 

Já vi amadores a fazer com uma máquina de entrada (Canon 1000D) e uma lente de kit (18-55 ii) fotos que mereciam prémios...como também já vi amadores (e até profissionais) com maquinas supostamente superiores (por serem FF, mas não só) a apresentarem fotos que só apetece chorar...

 

Eu sou um desses, por exemplo :D ...

 

 

   Uma yashica 50 mm F1.7 MF   e uma 350 d  pagaram-se a elas próprias umas 3 vezes  mesmo tendo FF na mala... é que um retrato com este conjunto é algo "retro  e incrível"  de colocar em papel!!! 

 

  Tá certo preferiria sem duvida fotografar com uma FF e uma 1.2, mas não era a mesma coisa!!!!  :D  :D  :D


Editado por kiak, 26 Fevereiro 2018 - 14:40 .



IT Partilhar Post #46 kiak

kiak

  • Membro
  • Registo: 18/03/2006
  • Posts: 3518
  • Idade: 42
    • Local: centro-norte

Publicado 28 Fevereiro 2018 - 12:45

  Tomei a liberdade de tirar a yashica da prateleira... já não tenho a 350D, mas...

 

 http://www.forumfoto...-yashica-17-ml/




Partilhar Post #47 jslobo

jslobo

  • Membro
  • Registo: 13/06/2010
  • Posts: 82

Publicado 06 Março 2018 - 14:40

Voltando ao tópico

 

Penso que o APS e o FF depende do que se espera e do fim a que se destina (o mesmo pode ser dito entre o FF e do medio formato)

O APS actualmente tem a mesma qualidade que o FF de hà 8 anos (mais ou menos). Mas o FF também evoluiu. Como a tecnologia usada em ambos é igual, quando um dá um salto o outro também dá.

 

Foi dito que muitos profissionais mudaram de FF para APS. Provavelemente a maioria destes fotografos não necessitavam de melhores ISO, nem de mais MPix. Para quê 50 MPix se só necessito de 24 nas impressões que faço. 50 MPix é para grandes posters e outdoors, ocupa muito espaço no disco e demora a processar. O material é mais caro e desvaloriza e pode não justificar o investimento.

 

Entendo que profissionais utilizem APS nos dias que correm. Se as vantagens superam as desvantagens, porque não?


Editado por jslobo, 06 Março 2018 - 14:48 .



IT Partilhar Post #48 kiak

kiak

  • Membro
  • Registo: 18/03/2006
  • Posts: 3518
  • Idade: 42
    • Local: centro-norte

Publicado 08 Março 2018 - 01:22

 

 

Entendo que profissionais utilizem APS nos dias que correm. Se as vantagens superam as desvantagens, porque não?

 

    Concordo, mas não posso deixar de dizer que quando se entra no FF é difícil sair de lá!!!! Pelo menos é o que eu acho, mesmo em utilização amadora e calma lá estão os isos a equilibrar sombras e os dofs em acção ...

   

   Nos movimentos onde há luz e nas aves , os focos são mais certos e chega-se mais longe no Apsc devido áo 1.6x tirando isso o FF é mais enriquecedor !!!

 

   Uso o apsc com uma yashica 1.7  que andam no "bolso"  dá-me mais certeza no foco manual e gosto dos retratos com aquilo mas é mais por nostalgia que uso.




Partilhar Post #49 kib1maf

kib1maf

  • Membro
  • Registo: 13/01/2014
  • Posts: 3576
  • Idade: 42
    • Local: Portimão
    • Amador curioso

Publicado 12 Março 2018 - 22:33

Existe uma grande diferença entre FF e APSC, e ainda existe mais de APSC para MFT, chama-se tamanho do sensor. 

O resto são peaners, como diz o JJ. 

Isso do amador e do profissional, para quem está confuso, amador não factura com a fotografia, profissional, factura! pode até ser a única fonte de rendimento. 

Falo por mim, amador, aquele que ama o seu hobbie, eu divirto-me muito com a minha FF, já tive APSC e MFT e o descobrir o FF foi muito giro para mim, as teorias de cada um blá blá, sim ok distancia ao sujeito, abertura e distancia focal, si carinõ, aqui não há maçaricos e esse parlapié já todos conhecemos. O que sei é que gosto muito do que obtenho do meu FF de 42mpix, ponho a 35 1.4 e um cortinado fosco na janela e faço retratos que adoro, enquadro a minha filha a brincar e consigo isola-la, não estou preocupado se tenho isso 100 ou iso 1600 ou 3200, ou sei lá, apenas me preocupo com o que quero em foco, o tempo de exposição e acima de tudo o momento. Quero lá saber do resto, agora estou mais à vontade para me preocupar exclusivamente com a fotografia, deixando os aspectos que antes tinha de me preocupar para não ter tanto ruído, ou não poder fazer um crop em condições, etc. Estou no céu e não vejo porque passar de cavalo para burro. 




Partilhar Post #50 PedroPereira

PedroPereira

  • Novo Membro
  • Registo: 24/09/2010
  • Posts: 16
  • Idade: 45
    • Local: Silves

Publicado 05 Abril 2018 - 10:07

Acho que cada um dos formatos tem a sua vantagem, e se para uns o FF faz mais sentido, para outros o APSC ou MFT faz também sentido :)
Eu sou profissional, porque faço da fotografia o meu ganha pão, e uso os dois formatos opostos, FF e MFT, e tenho pena de não ter uma de médio formato, e porquê?

Cada caso é um caso...

Tenho uma Nikon Full-Frame, e uma Olympus MFT:

A Olympus é a minha do dia-a-dia pessoal, simplesmente adoro-a, e sou Nikonista há mais de 25 anos!

Mas para um caso prático, um casamento:

A Nikon, para além de ser o canhão (com grip, uma 24-70 f:2.8 e flash) e os clientes gostarem de ver um fotografo carregado como um burro ;)

Para retrato a curta distância e pouco DOF é maravilhosa, e não venham falar na distância do sujeito, num evento além de não poder dar ao luxo de andar a correr para mais perto, um retrato a 24mm (para estar mais perto) não é a mesma coisas que um a 85mm (mais longe), nem por sombras!

Experimentem com uma FF a +- 85mm e uma APS-C a +- 50mm (com o mesmo enquadramento, logo distâncias diferentes) e vão ver a grande diferença!

Alem de que a gama dinâmica da FF é muito superior à da minha MFT.

Mas a Olympus, é óptima para quando estamos na igreja e o senhor padre não gosta do barulho e flashes do senhor fotografo, e pimba, modo silencioso e é só disparar, ninguém repara e faz-se umas fotos muito boas à paparazzi :)

Uso para retrato, mais longe, a Olympus com a 75mm f:1.8 (150mm equiv FF) e é para mim, das melhores lentes para retrato que existe no mercado!

Mas também uso na Olympus a 7-14mm f:2.8 para fazer imobiliário, etc...

 

Mas como disse, cada uma é para cada situação!

Mas a minha Nikon FF por ser mais pesada, normalmente fica em casa :)

Acho que para cada fotografo e para cada situação, existe uma opção... Se existisse uma camara perfeita era uma chatice, andava-mos todos com a mesma!

 

É o minha opinião, e vale o que vale :)

Abraço a todos




Partilhar Post #51 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 539
  • Idade: 46
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 05 Abril 2018 - 10:40

Excelente testemunho Pedro. 

 

Eu que não sou profissional, antes de trocar para MFT já quase não usava a máquina. Com a 50mm/1.4 ainda fotografava bastante, mas raramente levava o "trambolho" para a rua (leia-se a D7000 + 70-200/2.8 de que tanto gostava)

 

Agora, o conjunto G80+35-100/2.8 não chega às 900grs e anda comigo com grande frequência. Quando quero levar o material todo, o meu saco pesa menos de 3kg, versus os quase 6kg que tinha antes, e agora com mais opções.

 

Por exemplo, nunca considerei ter uma lente tipo Sigma 120-400 para fotografia de aves, porque para trambolho já me bastava a 70-200/2.8. Agora com apenas "mais 500gr" tenho a 100-300 (II) da Panasonic que não incomoda nada. 

 

O tamanho do sistema faz muita diferença. E ergonomia está cá na mesma (a G80 é bem porreira neste aspeto. E quando quero que fique ainda melhor, tenho o grip para isso!). Uma G80 + 42.5/1.7 não é muito mais pequena do que uma D7000 + 50/1.8 - mas quando começamos a juntar outras lentes, a coisa muda de figura. A vantagem do MFT para mim não é tanto as máquinas compactas, mas sim as lentes pequenas e o peso geral do sistema. Quando quero algo mesmo pequeno e discreto... uso a RX100  B)

 

Acho que este comparativo explica bem a coisa (deixem o cursor parado em cima das lentes, para verem o peso):

http://camerasize.co....659,7.708,ha,t


Editado por miguelbarroso, 05 Abril 2018 - 10:44 .



Partilhar Post #52 kib1maf

kib1maf

  • Membro
  • Registo: 13/01/2014
  • Posts: 3576
  • Idade: 42
    • Local: Portimão
    • Amador curioso

Publicado 05 Abril 2018 - 10:47

Pois eu fiz essa analise no fim de 2014, apaixonei-me pela Olympus e pelo MFT em termos de performance e versatilidade, era um sistema pequeno e leve e tal. Tinha a Canon 600D e muitas vezes ficava em casa enquanto a em10 vinha no bolso e olha, mudei, vendi tudo e comprei Oly. 

Tive durante quase 3 anos até que a curiosidade de saber o que era o FF tornou-se mais forte, não queria voltar a DSLR e optei por por as fichas todas na Sony com menos objectivas. O céu, o melhor de dois mundos.

Preocupei-me com as costas e a velhice cedo demais, ainda quero aproveitar o que é fotografar e obter ficheiros com garantias de futuro, em termos de edição, entenda-se. 

Ou seja, entendo quem fez o percurso inverso porque também já tinha feito e verdade seja dita, da 600D para a em10 pouca diferença senti em performance, alguma a nivel de DOF mas muito pouca. 

Agora sim, tudo muito diferente.


Editado por kib1maf, 05 Abril 2018 - 10:48 .



Partilhar Post #53 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 539
  • Idade: 46
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 05 Abril 2018 - 10:52

Sim, também olhei para a Sony FF... mas eu gosto de fotografar com teleobjectivas mais longas. E não tinha orçamento para gastar... posso dizer que esta mudança foi feita praticamente a custo zero (fiz bons negócios, diga-se). O caminho da Sony, mesmo com menos lentes, ficava bem mais caro...




Partilhar Post #54 kib1maf

kib1maf

  • Membro
  • Registo: 13/01/2014
  • Posts: 3576
  • Idade: 42
    • Local: Portimão
    • Amador curioso

Publicado 05 Abril 2018 - 11:11

Sim, também olhei para a Sony FF... mas eu gosto de fotografar com teleobjectivas mais longas. E não tinha orçamento para gastar... posso dizer que esta mudança foi feita praticamente a custo zero (fiz bons negócios, diga-se). O caminho da Sony, mesmo com menos lentes, ficava bem mais caro...

Sem duvida Miguel e eu entendo o que dizes, eu já tive praticamente todo o teu kit de objectivas mais a magica 75 1.8. Por isso entendo bem que as grandes distancias focais e a facilidade de as obter em pequenas dimensões e preço é interessante mas sabes o que também entendi com a pratica, que não as uso assim tantas vezes, que ando mais entre os 20mm e os 85mm(FF). Quando comprei a 35-100 2.8 e a 75-300, entendi que era interessante ter estas alternativas mas que nenhuma mordia os calcanhares da 75 1.8, por isso vendi as duas passados uns meses. Mais tarde entendi que se quisesse realmente obter qualidade das imagens e o toque magico de um bom DOF, teria de optar pelas 1.2, e Miguel, são baratas? são pequenas? repara, a 12-100 F4, por exemplo, custa 1.200€, é o que me custou a minha 24-104 F4, não há comparação possível entre o que significam esses f4 no meu sensor e num MFT, e dizes tu, mas esta tem 100mm que equivale a 200mm, treta, equivale a 200mm num sensor MFT, e com os meus 105 e um crop ainda vou buscar uma imagem melhor que a 200mm no MFT. Só ponho a hipóteses de não ser totalmente assim no novo sensor da EM1II, qualquer um dos outros e já tive vários e ...nem em sonhos molhados. 

Por isso que digo, desde que nos convençamos que temos o sistema certo para nós e obtenhamos prazer com a nossa fotografia tudo está certo mas que o sistema MFT tem sido muito bem vendido lá isso tem. A questão do IBIS então... isso para fotografar alguém em pouca luz é tão útil como um flash para iluminar a lua e no entanto não falam de mais nada, o IBIS e combinado com a objectiva e não sei quê... e 2s e não sei quê... e se alguém se mexe? Arte? muitos diriam que sim e que foi intencional...

Ou seja, são opções e necessidades e claramente o MFT limita essas opções. 


Editado por kib1maf, 05 Abril 2018 - 11:16 .



Partilhar Post #55 Cosmic

Cosmic

  • Membro
  • Registo: 13/09/2016
  • Posts: 1251
    • Local: Nassau

Publicado 05 Abril 2018 - 11:19

Sim, também olhei para a Sony FF... mas eu gosto de fotografar com teleobjectivas mais longas. E não tinha orçamento para gastar... posso dizer que esta mudança foi feita praticamente a custo zero (fiz bons negócios, diga-se). O caminho da Sony, mesmo com menos lentes, ficava bem mais caro...

 

Pois eu andava a ver a6300 mas a lente 16-50mm kit é pouco pratica.

 

As lentes da Sony mesmo para APS-C são de um preço absurdo.

 

Queria uma mirrorless e era a Sony,  já quando saiu a a6000 achei bem fixe mas continuei com a 550D, agora queria uma máquina com mais MP, mais rápida, e com face detection, a Sony a6300 era bem fixe mas com estes preços nas lentes não sei.

 

Ou seja, são opções e necessidades

 

Hugo dá aqui uma ajuda.

 

Lente para a a6300 barata :) 




Partilhar Post #56 Fatalit1-4

Fatalit1-4

  • Membro
  • Registo: 14/04/2008
  • Posts: 2408
    • Local: Porto

Publicado 05 Abril 2018 - 11:23

Se os actuais sensores M43 não são competentes, então que dizer dos APS-C da Canon?

 

Questões de DOF à parte, o meu sensor MFT pouco perde para o meu sensor FF Sony.




Partilhar Post #57 miguelbarroso

miguelbarroso

  • Membro
  • Registo: 02/09/2008
  • Posts: 539
  • Idade: 46
    • Local: Lx
    • A pedalar se vai ao longe

Publicado 05 Abril 2018 - 11:29

Pois, mas eu com o ExposurePlot percebi que uso distâncias focais bem diferentes. Muito em ultra-wide, muito na tele curta para retrato, e muito mesmo em tele longa.




Partilhar Post #58 kib1maf

kib1maf

  • Membro
  • Registo: 13/01/2014
  • Posts: 3576
  • Idade: 42
    • Local: Portimão
    • Amador curioso

Publicado 05 Abril 2018 - 11:30

Pois eu andava a ver a6300 mas a lente 16-50mm kit é pouco pratica.

 

As lentes da Sony mesmo para APS-C são de um preço absurdo.

 

Queria uma mirrorless e era a Sony,  já quando saiu a a6000 achei bem fixe mas continuei com a 550D, agora queria uma máquina com mais MP, mais rápida, e com face detection, a Sony a6300 era bem fixe mas com estes preços nas lentes não sei.

 

 

Hugo dá aqui uma ajuda.

 

Lente para a a6300 barata :)

 

Compras a a6300? Eu gosto muito da linha a6000, principalmente da a6000 e da a6500.

Essa veio ali no meio e tem uma falha grande, não tem estabilização. Ou seja, quando optares por objectivas que não tem OSS podes ter dificuldade em estabiliza-la em grandes distancias focais. Mas nada de grave, acho é a a6000 melhor compra porque também não tendo, é bem mais barata. a a6500 sim é uma bela opção e equilibrada, o unico senão é o LCD com sol custa a ver alguma coisa, lol. 

 

Objectivas. Bem sai um nova há 1 mês, muito interessante para substituíres a tua de kit, a 18-135. 

Dá uma vista de olhos neste youtuber, ele tem acompanhado muito a serie a6000. 

 

A Sigma 16mm 1.4 é unânime que é muito boa.

 

https://www.youtube....ogyMafia/videos




Partilhar Post #59 Fatalit1-4

Fatalit1-4

  • Membro
  • Registo: 14/04/2008
  • Posts: 2408
    • Local: Porto

Publicado 05 Abril 2018 - 11:30

Pois eu andava a ver a6300 mas a lente 16-50mm kit é pouco pratica.

 

As lentes da Sony mesmo para APS-C são de um preço absurdo.

 

Queria uma mirrorless e era a Sony,  já quando saiu a a6000 achei bem fixe mas continuei com a 550D, agora queria uma máquina com mais MP, mais rápida, e com face detection, a Sony a6300 era bem fixe mas com estes preços nas lentes não sei.

 

 

Hugo dá aqui uma ajuda.

 

Lente para a a6300 barata :)

 

Se o objectivo é um APS-C. Porque não uma Fuji?

 

Mais e melhores lentes. Melhores corpos. Mais resistentes e mais completos. Melhor qualidade de construção. 




Partilhar Post #60 Cosmic

Cosmic

  • Membro
  • Registo: 13/09/2016
  • Posts: 1251
    • Local: Nassau

Publicado 05 Abril 2018 - 11:31

Se os actuais sensores M43 não são competentes, então que dizer dos APS-C da Canon?

 

A 80D ou a 800D não é competente?