Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Quais são os teus livros?


  • Por favor inicie sessão para responder
46 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 pdro

pdro

  • Membro
  • Registo: 23/08/2012
  • Posts: 2243

Publicado 02 Abril 2018 - 12:08

https://i.imgur.com/CjdcEJB.jpg...

 

3,50€ e ainda temos de tratar de embalar.

 

Não sei se alguém conhece alguma alternativa a este tipo de envio.

 

tranquilo, muito obrigado pela disponibilidade e confiança. Mas o problema em emprestar-mo não são os 7€ dos transportes, é que depois não o vias de volta :D




Anúncios

Partilhar Post #22 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4623
    • Local: Porto

Publicado 02 Abril 2018 - 13:21

tranquilo, muito obrigado pela disponibilidade e confiança. Mas o problema em emprestar-mo não são os 7€ dos transportes, é que depois não o vias de volta :D

Não me acredito.  :)

Mas seja como for, acho que seria interessante para todos se encontrassemos uma forma de partilha fácil/barata. Se alguém tiver mais alguma sugestão, será muito bem-vinda.  :th_up:




Partilhar Post #23 p_guerreiro

p_guerreiro

  • Membro
  • Registo: 29/04/2015
  • Posts: 57
  • Idade: 26
    • Local: Coimbra

Publicado 02 Abril 2018 - 17:45

https://i.imgur.com/CjdcEJB.jpg...

 

3,50€ e ainda temos de tratar de embalar.

 

Não sei se alguém conhece alguma alternativa a este tipo de envio.

 

Esses valor são os do envio normal em território nacional ou o envio de livros?




Partilhar Post #24 recycle bin

recycle bin

  • Membro
  • Registo: 20/09/2011
  • Posts: 1019

Publicado 02 Abril 2018 - 18:37

este foi o ultimo que comprei https://www.andthent...wassilence.com/ do Jan Grarup, um fotojornalista de guerra, comprei ainda na primeira edição com a capa preta, mto boa qualidade, curiosamente descobri este fotografo através do instagram :)




Partilhar Post #25 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4623
    • Local: Porto

Publicado 02 Abril 2018 - 20:49

Esses valor são os do envio normal em território nacional ou o envio de livros?

Acho que é o valor para envio de encomendas, seja lá o que isso for...




Partilhar Post #26 LealG

LealG

  • Membro
  • Registo: 13/03/2013
  • Posts: 4350

Publicado 02 Abril 2018 - 20:58



:)

O do Alex é para ficar comigo, é daqueles que eu gostava de manter na prateleira para mostrar aos meus filhos.  :)  Mas posso emprestá-lo, claro. Pena estarmos longe. Quanto custarão os envios dentro de território nacional?  :hmm:

Também comprei o dele de Istambul, muito bom também, mas o "suffering of light" é a melhor colectânea dele.

 

Também tenho esse ... Não é o tipo de livro que me entusiasme por ai além  :pout:

 

E este? Falei nele por aqui há pouco tempo

 

Alisa Resnik "One another". O trabalho está excelente e apesar da impressão não ser grande coisa, pelo preço vale muito a pena

 

40297332235_8cef21aaec_o.jpg1389712741_Screen Shot 2014-01-14 at 15.17.43 by Leal, no Flickr




Partilhar Post #27 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4623
    • Local: Porto

Publicado 02 Abril 2018 - 21:12

 

Também tenho esse ... Não é o tipo de livro que me entusiasme por ai além  :pout:

 

E este? Falei nele por aqui há pouco tempo

 

Alisa Resnik "One another". O trabalho está excelente e apesar da impressão não ser grande coisa, pelo preço vale muito a pena

 

https://farm1.staticflickr.com/900/40297...1389712741_Screen Shot 2014-01-14 at 15.17.43 by Leal, no Flickr

Daquilo que pude ver no site dela, bem, imagens fortíssimas! Brutal!  :th_up:




Partilhar Post #28 p_guerreiro

p_guerreiro

  • Membro
  • Registo: 29/04/2015
  • Posts: 57
  • Idade: 26
    • Local: Coimbra

Publicado 03 Abril 2018 - 00:43

Acho que é o valor para envio de encomendas, seja lá o que isso for...

 

A minha namorada faz muito troca de livros com outras pessoas, e os CTT têm um preço diferente para esse serviço. Só têm de ter embalado de maneira a que consigam abrir a embalagem para confirmarem que é mesmo um livro (normalmente a minha namorada sela a encomenda com uma corda). Não sei preços, mas é questão de se informarem nos CTT. 




Partilhar Post #29 zyThuM

zyThuM

  • Membro
  • Registo: 10/12/2016
  • Posts: 767

Publicado 03 Abril 2018 - 08:28

 

Também tenho esse ... Não é o tipo de livro que me entusiasme por ai além  :pout:

 

E este? Falei nele por aqui há pouco tempo

 

Alisa Resnik "One another". O trabalho está excelente e apesar da impressão não ser grande coisa, pelo preço vale muito a pena

 

https://farm1.staticflickr.com/900/40297...1389712741_Screen Shot 2014-01-14 at 15.17.43 by Leal, no Flickr

Comprei este livro depois de ser referido algures neste forum, talvez até tenhas sido tu. Muito bom gostei bastante.

 

Antes desse comprei um livro de Willy Ronis, também muito bom: https://www.amazon.d...0?ie=UTF8&psc=1

 

Falando em Alex Webb recomendo um livro que ele publicou com a mulher, interessante de ver o trabalho dos dois, bastante diferente, mas fiquei positicamente surpreendido com as fotos dela.

https://www.amazon.d...e?ie=UTF8&psc=1




Partilhar Post #30 JoãoCRV

JoãoCRV

  • Membro
  • Registo: 14/02/2018
  • Posts: 51
    • Local: Lisboa e Montijo

Publicado 19 Junho 2018 - 15:36

não posso deixar de colocar aqui um livro de um dos meus autores favoritos (julgo ter lido dele contos que há várias décadas não se publicam, além dos livros «consagrados» ou de referência), Steinbeck, ligado por uma amizade profunda ao fotógrafo Capa. Vem isto a propósito da reedição do seu trabalho conjunto, palavra e fotografia, da sua viagem pela antiga União Soviética, após o fim da II Guerra Mundial.

 

 

«O mais difícil do mundo para qualquer pessoa é provavelmente a simples observação e aceitação daquilo que acontece. Deformamos sempre as nossas imagens com as nossas expetativas, esperanças ou receios. [...] [Por isso, talvez] O MEDO DA MÁQUINA FOTOGRÁFICA É PROFUNDO E CEGO».

JOHN STEINBECK, in A Russian Journal, com fotografias de ROBERT CAPA. A tradução portuguesa é muito recente [1ª edição de abril de 2018].
 
Nota: O livro relata uma viagem de descoberta ao «outro grande lado» (depois da II Guerra Mundial), quando a cortina de ferro descia sobre a Europa e as identidades nacionalistas se organizavam em torno de líderes que concentravam largos poderes sobre a invenção da realidade, e num mundo - tal como hoje - em que a propaganda dos governos se servia do carisma dos chefes, considerados acima de qualquer suspeita de crueldade, corrupção ou aproveitamento do poder para benefícios próprios.
 
Os exércitos tinham saído de uma guerra e treinavam-se para outras. Steinbeck e Capa pretenderam apenas testemunhar o que podiam ver: um povo que, no meio da miséria e da reconstrução, dançava e cantava, e receava outra guerra. Ao longo do livro são frequentes as ocasiões, não encenadas, de convívios onde a música, a bebida e o sonho estão sempre presentes.
 
Infelizmente foram também frequentes as vezes em que Capa foi impedido de fotografar. É curioso como o receio das autoridades recaía sobre o fotógrafo - mas não sobre o escritor. Estaline dizia, então, que o escritor é o arquiteto da alma.

capa_na_russia.jpg

 

Editado por JoãoCRV, 19 Junho 2018 - 15:41 .



Partilhar Post #31 mt54

mt54

  • Membro
  • Registo: 07/05/2015
  • Posts: 556
    • Local: Lisboa

Publicado 20 Junho 2018 - 00:18

Completamente off-topic, não posso deixar de cumprimentar o JoãoCRV pelo texto que aqui trouxe, por ler, por ter lido/ler Steinbeck, contos e tudo, e para mais ter gostado. Provavelmente leu "A Pérola". Se também tiver lido "O .Milagre de S. Francisco" isso faz dele uma ave rara, capaz de atrair as atenções dos "caçadores" de pássaros aqui do Fórum 😃

Um grande abraço.


Partilhar Post #32 JoãoCRV

JoãoCRV

  • Membro
  • Registo: 14/02/2018
  • Posts: 51
    • Local: Lisboa e Montijo

Publicado 20 Junho 2018 - 16:13

Completamente off-topic, não posso deixar de cumprimentar o JoãoCRV pelo texto que aqui trouxe, por ler, por ter lido/ler Steinbeck, contos e tudo, e para mais ter gostado. Provavelmente leu "A Pérola". Se também tiver lido "O .Milagre de S. Francisco" isso faz dele uma ave rara, capaz de atrair as atenções dos "caçadores" de pássaros aqui do Fórum

Um grande abraço.

​Li, e gostei particularmente de O Milagre de S. Francisco. Uma «profundidade de campo» reduzida, em redor daqueles miseráveis cavaleiros da távola redonda. Com recursos de rebelião muito limitados, mas suportando um sonho grandioso de mais e que não podia cumprir-se por aqueles dias.
Fraternidade ou a alienação, eis a questão. :)

um abraço


Editado por JoãoCRV, 20 Junho 2018 - 16:14 .



Partilhar Post #33 FotoKhan

FotoKhan

  • Membro
  • Registo: 30/01/2013
  • Posts: 1447

Publicado 21 Junho 2018 - 10:10


capa_na_russia.jpg

 

 

O Capa deu-lhe forte, no"dodging"...

 

Se fosse hoje em dia o fotógrafo era crucificado por (1) ter usado Photoshop (2) tê-lo feito mal. ;)

 

FK

 

PS: Não é "curioso" que os receio das autoridades recaísse sobre o fotógrafo. Tratavam-se, afinal, de pessoas cuja visão sobre a Fotografia incluía a laboriosa remoção de personagens indesejados de documentos fotográficos. Não poder controlar na totalidade o que ia sendo registado deve ter-lhes dado pesadelos.


Editado por FotoKhan, 21 Junho 2018 - 10:19 .



Partilhar Post #34 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6215

Publicado 22 Junho 2018 - 06:38

Este já é de quando a cortina de ferro subia ...

“A fairy tale of the Soviet Mknolith” - Jason Eskenazi

PS: O Capa era logo desqualificado do WPF. Mas agora fora de brincadeiras, as imagens dele são de uma “intemidade” denunciada pelo informalismo fora de serie.

Editado por nbplopes, 22 Junho 2018 - 11:38 .



Partilhar Post #35 zyThuM

zyThuM

  • Membro
  • Registo: 10/12/2016
  • Posts: 767

Publicado 23 Junho 2018 - 06:58

não posso deixar de colocar aqui um livro de um dos meus autores favoritos (julgo ter lido dele contos que há várias décadas não se publicam, além dos livros «consagrados» ou de referência), Steinbeck, ligado por uma amizade profunda ao fotógrafo Capa. Vem isto a propósito da reedição do seu trabalho conjunto, palavra e fotografia, da sua viagem pela antiga União Soviética, após o fim da II Guerra Mundial.
 
 
«O mais difícil do mundo para qualquer pessoa é provavelmente a simples observação e aceitação daquilo que acontece. Deformamos sempre as nossas imagens com as nossas expetativas, esperanças ou receios. [...] [Por isso, talvez] O MEDO DA MÁQUINA FOTOGRÁFICA É PROFUNDO E CEGO».
JOHN STEINBECK, in A Russian Journal, com fotografias de ROBERT CAPA. A tradução portuguesa é muito recente [1ª edição de abril de 2018].
 
Nota: O livro relata uma viagem de descoberta ao «outro grande lado» (depois da II Guerra Mundial), quando a cortina de ferro descia sobre a Europa e as identidades nacionalistas se organizavam em torno de líderes que concentravam largos poderes sobre a invenção da realidade, e num mundo - tal como hoje - em que a propaganda dos governos se servia do carisma dos chefes, considerados acima de qualquer suspeita de crueldade, corrupção ou aproveitamento do poder para benefícios próprios.
 
Os exércitos tinham saído de uma guerra e treinavam-se para outras. Steinbeck e Capa pretenderam apenas testemunhar o que podiam ver: um povo que, no meio da miséria e da reconstrução, dançava e cantava, e receava outra guerra. Ao longo do livro são frequentes as ocasiões, não encenadas, de convívios onde a música, a bebida e o sonho estão sempre presentes.
 
Infelizmente foram também frequentes as vezes em que Capa foi impedido de fotografar. É curioso como o receio das autoridades recaía sobre o fotógrafo - mas não sobre o escritor. Estaline dizia, então, que o escritor é o arquiteto da alma.https://s8.postimg.cc/mnq1il1lh/capa_na_...


Coincidência comprei este livro ainda no outro dia quando de visita à loja virtual amazónica. Entretanto estou a ler o outro livro que comprei, Susan Sontag “On Phtography”.


Partilhar Post #36 Oliveiravlg

Oliveiravlg

  • Membro
  • Registo: 29/12/2014
  • Posts: 2985
  • Idade: 52
    • Local: Valongo

Publicado 23 Junho 2018 - 13:58

Eu ia responder Tio Patinhas, Zé carioca, irmãos metralha e etc., Mas depois vi que eram livros que me fizeram ver a fotografia de "outra forma". -_-  :)

Assim, fico-me com o Almanaque Disney, porque não houve livro que me fizesse mudar a forma de ver a fotografia. :P  :)  :th_up:


Editado por Oliveiravlg, 23 Junho 2018 - 16:28 .



Partilhar Post #37 mt54

mt54

  • Membro
  • Registo: 07/05/2015
  • Posts: 556
    • Local: Lisboa

Publicado 23 Junho 2018 - 17:42

Cresci num ambiente familiar em que a fotografia estava presente, embora apenas servisse para registar reuniões familiares, férias e uma ou outra paisagem. Eu era o miúdo esquisito que "estragava" rolos a fotografar "coisas", fotos que por vezes só via se estivessem misturadas com outras consideradas normais, caso contrário o meu pai "esquecia-se" de as mandar revelar.

Por volta dos 13 ou 14 anos descobri a Photo, revista que passei a comprar regularmente e que me mostrou um mundo novo, feito de gente ainda mais esquisita do que eu. Uma revelação!

Ao longo dos anos comprei e li muitos livros de e sobre fotografia, mas foi a Photo que realmente marcou a minha relação com esta forma de arte.


Partilhar Post #38 JoãoCRV

JoãoCRV

  • Membro
  • Registo: 14/02/2018
  • Posts: 51
    • Local: Lisboa e Montijo

Publicado 25 Junho 2018 - 08:09

Coincidência comprei este livro ainda no outro dia quando de visita à loja virtual amazónica. Entretanto estou a ler o outro livro que comprei, Susan Sontag “On Phtography”.

​O livro de Sontang é maravilhoso, mas como vai ver é mais uma incursão por dentro da história da fotografia e as suas clivagens internas, perspetivas, evolução... aprendi muito, pois a partir do livro (sem imagens) fui ver fotografias e fotógrafos referidos, o seu percurso e galerias :)

​Creio que (é a minha opinião) a autora nutre provavelmente o mesmo desprezo pela fotografia amadora ou a democratização do acesso à produção fotográfica, e aí segue as pisadas de C. Baudelaire, no horror face à suposta quebra do gosto refinado - pelo abuso do recurso à fotografia, nada escapando a essa ocupação mundana de um batalhão de curiosos ou de turistas com suas câmeras fotográficas: por toda a parte e apontando a tudo!  

​Boas leituras!!!!!!!!! abraço




Partilhar Post #39 zyThuM

zyThuM

  • Membro
  • Registo: 10/12/2016
  • Posts: 767

Publicado 26 Junho 2018 - 08:19

​O livro de Sontang é maravilhoso, mas como vai ver é mais uma incursão por dentro da história da fotografia e as suas clivagens internas, perspetivas, evolução... aprendi muito, pois a partir do livro (sem imagens) fui ver fotografias e fotógrafos referidos, o seu percurso e galerias :)

​Creio que (é a minha opinião) a autora nutre provavelmente o mesmo desprezo pela fotografia amadora ou a democratização do acesso à produção fotográfica, e aí segue as pisadas de C. Baudelaire, no horror face à suposta quebra do gosto refinado - pelo abuso do recurso à fotografia, nada escapando a essa ocupação mundana de um batalhão de curiosos ou de turistas com suas câmeras fotográficas: por toda a parte e apontando a tudo!  

​Boas leituras!!!!!!!!! abraço

 

Eu já tinha começado a ler o livro à um par de anos mas acabei por me perder nas leituras e o livro acabou por ficar na estante, como ando a viajar muito de avião resolvi comprar a versão kindle, é mais prática. O problema é que a maior parte das vezes não tenho acesso à internet e fica mais dificil ver na altura as fotos. O que vale é que hoje em dia já conheço algum dos fotografos. 

Logo no primeiro capitulo a Sontag dá logo essa ideia em relação à fotografia "amadora", que de facto é aquilo que faço. Mas tirando esse promenor é de facto interessante ler um bocado mais sobre a história da fotografia.

 

Entretanto comprei um livro mais recente, o World Press Photo 2018.




Partilhar Post #40 JoãoCRV

JoãoCRV

  • Membro
  • Registo: 14/02/2018
  • Posts: 51
    • Local: Lisboa e Montijo

Publicado 27 Junho 2018 - 08:39

Eu já tinha começado a ler o livro à um par de anos mas acabei por me perder nas leituras e o livro acabou por ficar na estante, como ando a viajar muito de avião resolvi comprar a versão kindle, é mais prática. O problema é que a maior parte das vezes não tenho acesso à internet e fica mais dificil ver na altura as fotos. O que vale é que hoje em dia já conheço algum dos fotografos. 

Logo no primeiro capitulo a Sontag dá logo essa ideia em relação à fotografia "amadora", que de facto é aquilo que faço. Mas tirando esse promenor é de facto interessante ler um bocado mais sobre a história da fotografia.

 

Entretanto comprei um livro mais recente, o World Press Photo 2018.

​Vou procurar esse WPP 2018!

​Sobre a fotografia como memória falsa, pois fabricada, e a presunção do real, Sontang acusa os turistas e amadores (mete tudo no mesmo saco) de esgotarem esse sentido do real e da experiência colocando no seu lugar a imagem, muito para uso pessoal e reconstituindo a coesão familiar.

Esta coesão familiar é, entretanto, vencida pela mobilidade social e espacial, fragmentada cruelmente e face a isso a fotografia das viagens como dos álbuns familiares repõe a visão unitária do mundo: naturalizam a experiência e a (socio)diversidade ao mesmo tempo que dessacralizam o que é fotografado​ (pela sua apropriação direta e instantânea e sendo tudo reduzido a uma imagem). Visto isto, por palavras da autora, posso encontrar o seguinte, entre outras passagens logo no início do seu livro:

​«A fotografia, mais recentemente, transformou-se num divertimento quase tão praticado como o sexo e a dança, o que significa que, como todas as formas de arte de massas, a fotografia não é praticada pela maioria das pessoas como arte. É sobretudo um rito social, uma defesa contra a ansiedade e um instrumento de poder». (On Photography, tradução de José Afonso Furtado). 

DSC_0438.jpg


Editado por JoãoCRV, 27 Junho 2018 - 08:59 .