Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

[Dúvida] Flash Yongnuo


  • Por favor inicie sessão para responder
18 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 15 Junho 2016 - 17:35

Boa tarde,

 

Já estive a ler um pouco sobre flashes, mas talvez porque ainda estou a começar neste novo acessório, estou a ter alguma dificuldade em assimilar  :blush:

 

Basicamente eu queria comprar um flash, e não consigo perceber as diferenças entre os flashes da Yongnuo, mais propriamente o 560, 565 e o 600 (aqui no fórum vi que existe ainda o 568  :unsure: )

 

Alguém me sabe dizer quais as principais diferenças entre eles?

 

Obrigado




Anúncios

Partilhar Post #2 luísmiguel

luísmiguel

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 2219
  • Idade: 37
    • Local: Viseu
    • “The only photographer you should compare yourself to is the one you used to be.”

Publicado 15 Junho 2016 - 21:42

Resumidamente
(Há mais diferenças claro mas de forma genérica é isto)

-O 560 é o modelo mais "básico"(embora existam 4 versões do 560 e umas são "menos básicas").
funcionam apenas em modo de potência manual, zoom manual, e têm ainda dois modos escravo que os tornam indicados para usar off-shoe(fora da máquina)

O 565 já é um flash mais avançado, permite, além do modo manual, o uso de TTL quer na máquina quer tb fora dela , já que funciona como escravo óptico "dumb"( á semelhança do 560) mas tb como escravo TTL fora da máquina.(sendo obviamente necessário um qualquer dispositivo master para o accionar)


O 568 é basicamente uma versão melhorada do 565, têm todas as mesmas características , com a adição de poder funcionar, não apenas com escravo TTL, mas também como MASTER TTL(controlar outros flashes com TTL, como é o caso do 565)

O 600 foi a "interpretação" da Yongnuo, do sistema RT da Canon, é idêntico em características e em funcionamente ao Canon 600rt.
Basicamente é ao nível de características igual aos yn 565/568( potência é igual, Tem os mesmos modos, tem o corpo copiado dos Canon ...etc...) e apenas acrescenta um novo sistema de rádio que funciona em 2.4ghz e é do tipo "interno"(não precisa de Triger extra para ser disparado, dado que já vem embutido flash)
Sendo o flash ideal para usar fora da máquina em TTL.

👍


IT Partilhar Post #3 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 15 Junho 2016 - 22:49

Muito obrigado luismiguel, foi uma grande ajuda para pelo menos perceber o básico...

 

Há algumas definições que ainda não tenho bem claras. TTL julgo já ter percebido o que é, quando falas em slave é tipo colocar num tripé e usar a máquina como master, certo?

 

Agora as "dumb questions":

- Dois modos slave, para quê? um não chega?
- O que é o sistema RT? Deduzo que seja radio transmiter, certo? Mas o que acrescenta em termos práticos? os outros não consigo disparar remotamente usando um comando de infra vermelhos?

 

 

Em suma, para usar fora do estúdio, qual me recomendavas?

 

Obrigado mais uma vez!

 

Edit:

 

Por exemplo, para que serve isto:
12003233_10206217494093822_3328953670284

do 565 para cima já não preciso disto porque já tem TTL, ou estou a ver mal?


Editado por Penteas, 15 Junho 2016 - 22:55 .



Partilhar Post #4 luísmiguel

luísmiguel

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 2219
  • Idade: 37
    • Local: Viseu
    • “The only photographer you should compare yourself to is the one you used to be.”

Publicado 16 Junho 2016 - 00:11

Muito obrigado luismiguel, foi uma grande ajuda para pelo menos perceber o básico...

 

Há algumas definições que ainda não tenho bem claras. TTL julgo já ter percebido o que é, quando falas em slave é tipo colocar num tripé e usar a máquina como master, certo?

 

Agora as "dumb questions":

- Dois modos slave, para quê? um não chega?
- O que é o sistema RT? Deduzo que seja radio transmiter, certo? Mas o que acrescenta em termos práticos? os outros não consigo disparar remotamente usando um comando de infra vermelhos?

 

 

Em suma, para usar fora do estúdio, qual me recomendavas?

 

Obrigado mais uma vez!

 

Edit:

 

Por exemplo, para que serve isto:
https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/v/t...

do 565 para cima já não preciso disto porque já tem TTL, ou estou a ver mal?

 

O TTL é basicamente um modo que põe a máquina, a lente e o flash a trabalhar em conjunto(TTL= Through The Lens)..... reune informações variadas vindas da lente ,da máquina ,e do proprio flash , e faz, com base nessa informações, um calculo da potência necessária a debitar para a cena que tens á frente.

Em manual esse processo tem que ser feito "á unha" por ti.

 

Quando falo em slave é precisamente isso, colocar o flash fora da máquina e dispara-lo de forma remota. E Sim, uma das possibilidades é usar a máquina como master.

 

Contudo há mais algumas "variantes" tanto de modos SLAVE como de modos MASTER, e para responder ás tuas "dumb questions"(que não são nada dumd  :D) de forma a que percebas inequivocamente convém teres uma ideia de como funcionam.

 

 

Formas de disparar um flash de forma remota:

 

1- Slave Optico "simples"

    

    Quase todos os flashes têm este modo,  é simplesmente uma célula, sensivel á luz, que é acionada quando "vê" a luz de outro flash.

È, digamos, o modo mais "dumb" de Slave que há.... tanto dispara á luz de outro flash como dispara com uma flashada do flas da tua máquina, como o de uma camara compacta  como  por vezes(dependendo da sensibilidade) até pode disparar á luz de uma foto tirada com um telemovel, ou de uma luz qualquer tipo "discoteca".

   Dentro deste tipo slave Optico há uma variante que é menos "dumb".... que funciona precisamente da mesma maneira, mas no caso, a célula" não dispara imediatamente após ver qualquer flashada, é um modo que está desenhado para ignorar alguns tipos de flashadas e funcionar, de forma mais fiavel e sincronizada, apenas com flashes(resumindo para não complicar).

Em qualquer um destes casos a unica informação que é trocada é a ordem de disparo- LUZ PROVOCA LUZ.

 

São estes dois tipos de slave que vêm  neses yongnuo 560 ( Um chegava.....mas não era a mesma coisa :D )

Os trigers infravermelhos simples podem ser incluidos neste metodo de disparo , dado que a informação que é trocada entre Master e Slave é unica e simplesmentea tal ordem de disparo- LUZ PROVOCA LUZ.  

 

Este metodo é totamente Manual e apenas permite o uso dos modos Manuais dos flashes

 

 

   1-a----Ainda dentro dos modos Slave Opticos, existem alguns mais complexos, que além do modo manual permitem o uso de TTL, nestes casos, tanto os dispositivos master como os receptores/SLAVE  têm que, além do simples sinal de disparo,  ser capazes de enviar/receber outro tipo de informações.  Uma simples celula optica e um flash "normal"(seja ele o embutido de algumas máquinas ou um flash esterno) não são capazes de trocar essas informações.

Este Modo Slave optico "SMART" :D  apenas é disponibilizado em flashes e máquinas, normalmente, mais avançadas.

(obviamente aqui, tanto o flash utilizado como a máquina têm que suportar TTL)

 

 

2- Slave Radio Simples.

Neste caso, sao dois terminais, um emissor e um receptor, ajustados na mesma frequência.... Um na máquina e outro no flash... pressionando um (ou melhor, pressionando o obturador na máquina) o emissor envia um sinal para o receptor o que provoca o disparo.

Novamente uma simples ordem de disparo e mais uma vez  metodo  totamente Manual e apenas permite o uso dos modos Manuais dos flashes

 

   2--a---Slave radio TTL.

 

A mesma coisa que os radios simples mas, além do sinal de disparo enviam informação adicional(informação TTL/Exposição automática)

 O Modelo que colocáste em cima é precisamente Isso, um conjunto de transceivers TTL.

(neste tipo existem algumas variantes, além do TTL alguns têm mais umas coisitas que outros, mas basicamente fazem +- o mesmo)

(mais uma vez, tanto o flash utilizado como a máquina têm que suportar TTL)

 

 

 

O Sistema RT é um sistema radio que usa apenas uma unidade master e dispensa a utilização de receptores radio nos flashes, isto porque os flashes já têm o receptor rádio embutido.
Além disso para além  do uso do TTL, permite ainda que uma  uma serie de ajustes possam ser feitos tb de forma remota(zoom/potência/avisos sonoros...etc), o que é em termos práticos uma mais valia.
 
 
EDIT: 
Não tinha respondido á tua pergunta.
 
Para usares em exterior recomendo um sitema rádio, por três  razões,:
 
1- ,Não há necessidade como há nos sistemas opticos de haver "linha de vista" desimpedida entre MASTER e SLAVE, funciona mesmo havendo barreiras fisicas(paredes por exemplo) pelo meio.
 
2- Não é afectado pela luz ambiente/natura. Muitas vezes as celulas são enganadas/ofuscadas pela luz natural e não disparam ao ver a luz do MASTER.
 
3- distância de trabalho-   Mesmo havendo linha de vista desimpedida e mesmo que a luz ambiente não interfira, os trigers opticos têm um limite de distância muito inferior aos sistemas rádio.
 
.......Quanto á opção por TTL ou Manual, deixo ao teu critério... provavelmente O TTL para quem não têm muita(ou nenhuma vá) experiência será preferivel.  
 Eu Prefiro o manual porque não gosto do TTL da Canon....e talvez por isso ache que me dá resultados mais consistentes... mas no teu caso só tu podes decidir.
 
:th_up:  :th_up:

Editado por luísmiguel, 16 Junho 2016 - 00:29 .



IT Partilhar Post #5 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 16 Junho 2016 - 09:08

:mestre:  :mestre:  :mestre:  :mestre:  :mestre:  :mestre:  :mestre:

 

Muito obrigado luismiguel!!

Ainda que sem mexer, não consiga perceber os conceitos, ficaram claramente mais perceptível todos os conceitos!

 

Aproveito a tua disponibilidade para uma questão mais prática, tenho o flash Metz mecablitz 36 AF-5 digital, ganho num passatempo e que estava a pensar vender para comprar um da Yongnuo, achas que justifica?

 

Aquilo parece-me demasiado simples!  :lol:  :D  :unsure: 




Partilhar Post #6 luísmiguel

luísmiguel

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 2219
  • Idade: 37
    • Local: Viseu
    • “The only photographer you should compare yourself to is the one you used to be.”

Publicado 16 Junho 2016 - 12:19

:mestre: :mestre: :mestre: :mestre: :mestre: :mestre: :mestre:

Muito obrigado luismiguel!!

Ainda que sem mexer, não consiga perceber os conceitos, ficaram claramente mais perceptível todos os conceitos!

Aproveito a tua disponibilidade para uma questão mais prática, tenho o flash Metz mecablitz 36 AF-5 digital, ganho num passatempo e que estava a pensar vender para comprar um da Yongnuo, achas que justifica?

Aquilo parece-me demasiado simples! :lol: :D :unsure:


Parece simples e é....embora seja TTL, não te permite controlo absolutamente nenhum sobre qualquer função.
É um flash relativamente fraco e desenhado para usar "quase em exclusivo" na sapata da máquina.
É basicamente o mesmo que o flash embutido da tua máquina, mas mais potente um bocadinho e com a possibilidade de o orientares para onde quiseres.

Eu acho que para quem se está a iniciar no uso de flash, principalmente quando usa na máquina , deve sempre optar por um flash TTL....
mas , como o "passo seguinte" ,normalmente é começar a usar o flash tb fora da máquina(prática que se convencionou designar de "strobismo") um flash que permita o uso do modo manual(com pelo menos as tais opções de triger óptico) é imprescindível, quer pelo facto de proporcionar a prática do strobismo por preços baixos(ou nulos mesmo) quer pela componente didática que o modo TTL não tem.

Portanto, concluindo, acho que deves vender e optar por pelos Yongnuo 565/568 (ou outros de outras marcas com características idênticas) que te dão a possibilidade de experimentares os "dois mundos".

Os 560 são excelentes mas não têm TTL, e provavelmente "nesta altura do campeonato" irias sentir falta.


IT Partilhar Post #7 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 16 Junho 2016 - 13:19

Luismiguel,

 

Mas não tinhas dito que aconselhavas um com radio embutido? Do que percebi esses 2 não têm, ou percebi mal? Estava a pensar optar pelo YN600EX-RT...

 

Obrigado!




Partilhar Post #8 luísmiguel

luísmiguel

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 2219
  • Idade: 37
    • Local: Viseu
    • “The only photographer you should compare yourself to is the one you used to be.”

Publicado 16 Junho 2016 - 19:00

Luismiguel,
 
Mas não tinhas dito que aconselhavas um com radio embutido? Do que percebi esses 2 não têm, ou percebi mal? Estava a pensar optar pelo YN600EX-RT...
 
Obrigado!


O rádio embutido é uma questão de praticidade, evitas de andar com receptores atrás de ti, com as respectivas pilhas e com a "debilidade" que acrescenta na montagem do conjunto tripé/triger/flash.
Acho sim, como disse, que a melhor opção é um sistema deste género(pode ser o 600rt ou outro do género) ..... Eu apenas falei nos 565/568 porque tive em conta o valor que podes eventualmente realizar com a venda do metz (70€ calculei eu)....
Não te esqueças que um yongnuo 600rt precisa de um emissor dedicado(yn-E3-Rt) e só o emissor custa +- 100€ a somar aos +- 160 do flash são 260€ ao passo que com o 150€ +-, fazes a festa com um 568 e uns conjunto de trigers radio (embora percas o TTL e o controlo fora da máquina)

Claro que se quizeres/puderes gastar dinheiro o 600rt é mais cómodo.


IT Partilhar Post #9 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 17 Junho 2016 - 08:57

O rádio embutido é uma questão de praticidade, evitas de andar com receptores atrás de ti, com as respectivas pilhas e com a "debilidade" que acrescenta na montagem do conjunto tripé/triger/flash.
Acho sim, como disse, que a melhor opção é um sistema deste género(pode ser o 600rt ou outro do género) ..... Eu apenas falei nos 565/568 porque tive em conta o valor que podes eventualmente realizar com a venda do metz (70€ calculei eu)....
Não te esqueças que um yongnuo 600rt precisa de um emissor dedicado(yn-E3-Rt) e só o emissor custa +- 100€ a somar aos +- 160 do flash são 260€ ao passo que com o 150€ +-, fazes a festa com um 568 e uns conjunto de trigers radio (embora percas o TTL e o controlo fora da máquina)

Claro que se quizeres/puderes gastar dinheiro o 600rt é mais cómodo.

 

Obrigado pela chamada de atenção, não tinha percebido que ainda tinha de comprar o emissor, mas faz todo o sentido.

De qualquer das formas, posso optar pelo 600rt (já o vi no ebay a 100€ vindo da europa), e mais tarde compro o o emissor, vindo a sentir falta dele (ou só funciona como slave com o emissor?). Fico com um flash com as mesmas funcionalidades do 565/568 e já preparado para radio, que te parece?




Partilhar Post #10 gmmartins

gmmartins

  • Membro
  • Registo: 25/11/2013
  • Posts: 825

Publicado 17 Junho 2016 - 10:33

O 568, pelo menos na versão da nikon, dá para usar off câmera em TTL e HSS. É preciso ter é os triggers certos. Neste momento estou no iPhone por isso não dá jeito dizer a ref dos mesmos mas logo já te posso dizer


Partilhar Post #11 gmmartins

gmmartins

  • Membro
  • Registo: 25/11/2013
  • Posts: 825

Publicado 17 Junho 2016 - 10:35

Vê a minha resposta a este tópico onde tenho as refs de que falei

http://www.forumfoto...ar/#entry436319


Partilhar Post #12 luísmiguel

luísmiguel

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 2219
  • Idade: 37
    • Local: Viseu
    • “The only photographer you should compare yourself to is the one you used to be.”

Publicado 17 Junho 2016 - 11:03

Obrigado pela chamada de atenção, não tinha percebido que ainda tinha de comprar o emissor, mas faz todo o sentido.
De qualquer das formas, posso optar pelo 600rt (já o vi no ebay a 100€ vindo da europa), e mais tarde compro o o emissor, vindo a sentir falta dele (ou só funciona como slave com o emissor?). Fico com um flash com as mesmas funcionalidades do 565/568 e já preparado para radio, que te parece?


Confesso que estou por fora dos preços actuais da Yongnuo, na altura em que tive um custou-me o conjunto flash e triger +-300€. esse preço de 100€ parece-me muito bem.

O 600rt na altura em que o tive ainda estava na 1a versão de firmware e não permitia TTL por sinal óptico, apenas permitia TTL por sinal radio. Não sei se com os novos firmwares passou a ser possível TTL óptico como é no Canon 600rt.
Alguém que tenha um que confirme.

De qualquerforma podes sempre utilizar como escarvo óptico em manual, usando os modos S1 ou S2.


IT Partilhar Post #13 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 17 Junho 2016 - 12:04

Vê a minha resposta a este tópico onde tenho as refs de que falei

http://www.forumfoto...ar/#entry436319

 

 

Confesso que estou por fora dos preços actuais da Yongnuo, na altura em que tive um custou-me o conjunto flash e triger +-300€. esse preço de 100€ parece-me muito bem.

O 600rt na altura em que o tive ainda estava na 1a versão de firmware e não permitia TTL por sinal óptico, apenas permitia TTL por sinal radio. Não sei se com os novos firmwares passou a ser possível TTL óptico como é no Canon 600rt.
Alguém que tenha um que confirme.

De qualquerforma podes sempre utilizar como escarvo óptico em manual, usando os modos S1 ou S2.

 

Obrigado! =) Neste momento, vou decidir entre:

 

- YN622N-TX + YN568 + Yongnuo 622 HSS TTL
e
Yongnuo YN-E3-RT Speedlite Transmitter + YN600EX-RT Wireless Flash
 

Não conhecem por acaso ninguém que queira um flash da Metz?  :bleh:  :D 
 




Partilhar Post #14 SantLago

SantLago

  • Novo Membro
  • Registo: 19/11/2013
  • Posts: 4
    • Local: Lisboa

Publicado 25 Junho 2016 - 15:36

na minha modesta opinião,

esquece o yongnuo e compra um nikon ou canon usado mais velho,nikons andam por ai sb-600 e sb-800 bem baratos

no inicio deste ano comprei 2 yongnuo 568 para nikon, e já só tenho um, o outro ja morreu

como ninguém arranja yongnuos esta transformado num bonito pisa papeis:)

mas é apenas a minha opinião




IT Partilhar Post #15 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 27 Junho 2016 - 09:38

na minha modesta opinião,

esquece o yongnuo e compra um nikon ou canon usado mais velho,nikons andam por ai sb-600 e sb-800 bem baratos

no inicio deste ano comprei 2 yongnuo 568 para nikon, e já só tenho um, o outro ja morreu

como ninguém arranja yongnuos esta transformado num bonito pisa papeis:)

mas é apenas a minha opinião

 

Obrigado! =)




Partilhar Post #16 dragom

dragom

  • Membro
  • Registo: 28/12/2007
  • Posts: 2419
  • Idade: 50
    • Local: Porto

Publicado 27 Junho 2016 - 09:51

na minha modesta opinião,

esquece o yongnuo e compra um nikon ou canon usado mais velho,nikons andam por ai sb-600 e sb-800 bem baratos

no inicio deste ano comprei 2 yongnuo 568 para nikon, e já só tenho um, o outro ja morreu

como ninguém arranja yongnuos esta transformado num bonito pisa papeis:)

mas é apenas a minha opinião

 

Eu tenho 6 flashes Yongnuo (2 YN560-III, 2 YN560-IV, 1 YN565 e 1 YN600RT. Com períodos de utilização distintos, alguns deles com muitas, muitas horas mesmo de utilização e até agora não tive qualquer problema.

É uma solução que recomendo, até porque se algum avariar e se tornar um pisa-papéis, como o valor de um Canon dá para 2 ou 3 YN, já poupei muito para o poder substituir sem problema.




IT Partilhar Post #17 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 27 Junho 2016 - 09:57

Eu tenho 6 flashes Yongnuo (2 YN560-III, 2 YN560-IV, 1 YN565 e 1 YN600RT. Com períodos de utilização distintos, alguns deles com muitas, muitas horas mesmo de utilização e até agora não tive qualquer problema.

É uma solução que recomendo, até porque se algum avariar e se tornar um pisa-papéis, como o valor de um Canon dá para 2 ou 3 YN, já poupei muito para o poder substituir sem problema.

 

 

Pois, é um bocado esse o meu pensamento! =)




Partilhar Post #18 SantLago

SantLago

  • Novo Membro
  • Registo: 19/11/2013
  • Posts: 4
    • Local: Lisboa

Publicado 27 Junho 2016 - 15:07

Pois é mesmo uma questão de boas e más experiências...mas posso contar um pouco do meu historial

 

(SB-800)

o meu primeiro sb-800 foi comprado em 2005, ja tem 11 anos e nunca tive o mínimo problema, um ou outro risco, varias quedas no chao e ali esta impecavel lado a lado com os outros mas com o vidro MUITO mais amarelo (queimado de tantos disparos)...em uma palavra "perfeito"! mas atenção que tem a temperatura de luz mais amarela do que o sb700

 

(SB-900)

o sb900 é lixo autentico, tive-o 3 ou 4 meses mas de todas as vezes me deixou ficar mal, imagina estar a fazer um batismo e na altura da agua, Pi......Pi.Pi.Pi......Piiii! lol

aconteceu-me duas vezes mas tinha a outra maquina ao meu lado...

para quem nao conhece o sb-900 aquece com uma velocidade surpreendente, e ao contrario de outros que se limitam a "piscar" ate a lampada ficar preta e explodir o sb-900 tem um avançado sistema de medição de temperatura, quanto aquece mostra o simbolo de um termometro no ecra apita e bloqueia uns bons 5a7minutos, o problema é que não da para pedir "senhor padre espere um bocadinho que aqui o flash esta a ficar assadinho"

 

(YN-568) e é este que interesse!

quanto ao yongnuo comprei dois no mesmo dia (foi no olx mas a um user aki do forum), gastei 215euros nos dois eram novos ainda cheiravam a plastico e tudo com oferta das cuplulas difusoras...sem razoes de queixa, tudo conforme descrito e pedido ainda com selos na caixa e compartimento de pilhas

o "senhor importador" garantiu-me 2semanas de garantia, mas ao vigésimo dia quando um dos YN decidiu que apartir dai so dispara na potencia máxima... pronto ja tinha passado 5ou10dias e o vendedor disse logo que ja tinham passado as duas semanas garantidas... não me chatiei ele tinha total razão..tanto que ate apenas lhe perguntei se ele sabia onde o podeia reparar...mas não...

FUNCIONAMENTO do YONGNUO

óptima medição de luz e comunicação com a maquina

a luz auxiliar de foco, sempre estiveram desalinhadas para a direita

dimensão é pesado e grande, eu não gosto mas há quem goste

potencia é igual ao SB-700 (nas minhas medições cá em casa) igual tambem ao sb-700 mas 1stop inferior ao sb910

wireless em modo slave, om o SU-800 como controlador: tem dias que funciona, outros nem por isso

fiabilidade comprei dois, um bom um péssimo logo 50%/50% nenhuma das partes tem maioria...

 

mas uma coisa garanto, ganho a minha vida com a fotografia, é a minha única fonte de rendimento à há 8anos, preciso de confiar naquilo que tenho na mao,por isso não voltaria a comprar

 

Resumo (Se fosse eu...)

USADO

o SB-800(com uns menuzinhos de bradar aos céus mas fiável)na canon prefiro os 430 por razoes de dimensão mas apenas tenho 3 canons a minha experiência é mais com nikon

NOVO

o SB-700 (leve pequeno potente a minha esposa não o troca por outro) mas o dobro do preço

ALTERNATIVA

e o SB-910? (em uma unica palavra PREFEITO mas a dimensão e o  peso!!!!)

mas com o valor de um SB.910 japoneses compra-se um "exercito de 5 chineses"....literalmente!

 

os YN é uma questão de sorte penso eu..eles teem lá dentro as peças dos outros(ou copias delas) o que falha é o controlo de qualidade, por isso é mesmo uma questão de sorte, como geralmente eu nunca tenho sorte desisto!!!

 

 

PS: atenção que eu pus o sb-910 como alternativa ao sb-700 e não o contrario, por isso a minha opinião pode não contar para nada:)

abraço




IT Partilhar Post #19 Penteas

Penteas

  • Membro
  • Registo: 24/11/2008
  • Posts: 680
    • Local: Lisboa

Publicado 27 Junho 2016 - 16:24

Obrigado mais uma vez pela tua partilha de experiência! =)