Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Nikon d3300 + (18 - 55 EDII) + (55 - 200 VR)


  • Por favor inicie sessão para responder
10 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 Alexandre Santana

Alexandre Santana

  • Novo Membro
  • Registo: 14/01/2016
  • Posts: 5
    • Local: Setúbal

Publicado 15 Janeiro 2016 - 09:36

Gostaria de obter a vossa opinião relativamente ao equipamento que adquiri recentemente.

Será que a ausência de estabilização da objetiva 18-55 me vai penalizar?

 

No seu todo o equipamento terá sido uma boa aposta?

 

Pros e contras são bem vindos.

 

Muito obrigado.




Anúncios

Partilhar Post #2 joserocha

joserocha

  • Membro
  • Registo: 11/05/2012
  • Posts: 2840
    • Local: Vila Nova de Gaia

Publicado 15 Janeiro 2016 - 10:04

Pode penalizar ou não, dependendo das fotos que queres fazer, da luz disponível, da tua técnica de disparo e controlo da respiração, etc.

Para teres uma ideia, até agora tive 4 lentes com estabilizador:

- 70-300 VC

- 105 VR Macro

- 16-35 VR

- 70-200 VR

 

Só usei o estabilizador na 70-300 e na 70-200. Nas outras o estabilizador nunca me fez falta e fotografo muitas vezes dentro de museus e monumentos.




IT Partilhar Post #3 Alexandre Santana

Alexandre Santana

  • Novo Membro
  • Registo: 14/01/2016
  • Posts: 5
    • Local: Setúbal

Publicado 15 Janeiro 2016 - 10:15

Obrigado pela resposta José. Aproveito para perguntar se existe alguma solução de objetiva que cubra minimamente as situações de retrato, paisagem e faça macro. A um preço simpático :)

 

Abraço e obrigado.




Partilhar Post #4 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 44
    • Local: Lisboa

Publicado 15 Janeiro 2016 - 11:44

Viva, Alexandre,

 

Será que a ausência de estabilização da objetiva 18-55 me vai penalizar?

 

Nos momentos em que eventualmente necessitares da estabilização (por conta de haver "pouca luz"), tens de contornar essa limitação de outras formas.

 

Mas vamos por partes: sabes para que serve um estabilizador de imagem em fotografia?

 

 

No seu todo o equipamento terá sido uma boa aposta?

 

O conjunto é bom, mas a ideia de "boa aposta" tem a ver com adequação aos objectivos. É um conjunto genérico para iniciação que cobre a maioria das situações de uso "doméstico" na perfeição, embora em situações mais específicas possa necessitar de uns acrescentos (i.e., objectivas dedicadas), mas acho que isso tu sabes, pela pergunta que colocaste a seguir sobre macro.




Partilhar Post #5 joserocha

joserocha

  • Membro
  • Registo: 11/05/2012
  • Posts: 2840
    • Local: Vila Nova de Gaia

Publicado 15 Janeiro 2016 - 11:55

Obrigado pela resposta José. Aproveito para perguntar se existe alguma solução de objetiva que cubra minimamente as situações de retrato, paisagem e faça macro. A um preço simpático :)

Podes perfeitamente fazer retrato e paisagem apenas com a 18-55, e também podes fazer o mesmo com a 55-200. Tens um conjunto que te vai dar uma qualidade razoável às tuas fotos, mas tens de perceber bem como funciona o trio Abertura/Velocidade/ISO, e como controlar a profundidade de campo.

Depois de investires nessa máquina e nessas lentes podes ficar muito desiludido se não souberes mais do que fotografar com um telemóvel. Tens de investir em conhecimento, e ler fóruns, tirar dúvidas com o pessoal é a ajuda mais rápida que podes ter (e mais barato do que fazer uma formação básica em fotografia).

 

Também falas em macro. Se entenderes por macro a reprodução à escala dos objectos no sensor de imagem (1:1) então tens de investir numa objectiva macro dedicada. Vê por exemplo as opções macro da Nikon, que são sempre identificadas por Micro-Nikkor.




Partilhar Post #6 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 44
    • Local: Lisboa

Publicado 15 Janeiro 2016 - 12:57

Podes perfeitamente fazer retrato e paisagem apenas com a 18-55, e também podes fazer o mesmo com a 55-200. Tens um conjunto que te vai dar uma qualidade razoável às tuas fotos, mas tens de perceber bem como funciona o trio Abertura/Velocidade/ISO, e como controlar a profundidade de campo.

 

Queria só reforçar esta questão, porque vai ser importante para compreender a estabilização de imagem.

 

 

Depois de investires nessa máquina e nessas lentes podes ficar muito desiludido se não souberes mais do que fotografar com um telemóvel. Tens de investir em conhecimento, e ler fóruns, tirar dúvidas com o pessoal é a ajuda mais rápida que podes ter (e mais barato do que fazer uma formação básica em fotografia).

 

E estas, também vale a pena reforçar. :)


Editado por Samwise, 15 Janeiro 2016 - 12:58 .



IT Partilhar Post #7 Alexandre Santana

Alexandre Santana

  • Novo Membro
  • Registo: 14/01/2016
  • Posts: 5
    • Local: Setúbal

Publicado 18 Janeiro 2016 - 15:39

Obrigado pelas respostas Samwise, sim tenho mesmo que investir em conhecimento. Comecei recentemente a ler muito e ando a experimentar algumas variações/combinações de abertura, velocidade e ISO.

 

Respondendo á questão do estabilizador, pelo que entendi serve para "compensar" a influencia das nossas tremidas principalmente quando em condições onde a luz não abunda. Estarei certo?

 

Abraço




IT Partilhar Post #8 Alexandre Santana

Alexandre Santana

  • Novo Membro
  • Registo: 14/01/2016
  • Posts: 5
    • Local: Setúbal

Publicado 18 Janeiro 2016 - 15:41

Obrigado José Rocha.

 

Acabei da comprar um conjunto de filtros "close up". Pelo que percebi são a forma mais económica para experimentar macro.

 

Qual é a tua opinião sobre estes acessórios?

 

Obrigado.




Partilhar Post #9 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 44
    • Local: Lisboa

Publicado 18 Janeiro 2016 - 19:55

Respondendo á questão do estabilizador, pelo que entendi serve para "compensar" a influencia das nossas tremidas principalmente quando em condições onde a luz não abunda. Estarei certo?

 

Certíssimo. Quando estás a segurar uma máquina fotográfica nas mãos, por mais imóvel que tentes permanecer, o teu corpo produz sempre oscilações involuntárias que podem provocar fotos tremidas/com arrastos indesejados. Um estabilizador não evita que isto suceda, mas cria condições para que suceda menos vezes, dependendo sempre da quantidade de luz disponível.

 

Há uma rule-of-thumb para evitar tremideiras para quem não tem estabilizador, que costuma resultar bastante bem, e que estabelece uma relação entre a distância focal (designada por f  - e que corresponde ao valor numérico que tens escolhido na objectiva, entre 18 e 55, na objectiva mais curta, por exemplo) e a velocidade de obturação. Com exemplos:

 

Para uma distância focal de 50mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/50s para evitar que fiquem tremidas (portanto, 1/60s...1/80s... 1/100s...)

Para uma distância focal de 100mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/100s para evitar que fiquem tremidas

etc. etc.

 

Isto para sensores Full Frame.

 

Para sensores crop, como é o teu, que tem um factor de recorte 1,6x, tens de multiplicar a velocidade de obturação por esse factor:

 

Para uma distância focal de 50mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/80s  (50 x 1,6 = 80) para evitar que fiquem tremidas (portanto, 1/100s...1/125s... 1/250s...)

 

Para uma distância focal de 100mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/160s (100 x 1,6 = 160)para evitar que fiquem tremidas

etc. etc.

 

Ou seja, quanto mais longa for a distância focal, mais probabilidades há de notares nas fotos que o equipamento treme, e logo mais velocidade de obturação tens de utilizar para evitar essa tremideira. Se colocares a tua objectiva 55-200 na extremidade da distância focal (200mm) e espreitares pelo visor, vais reparar que é impossível manteres a imagem fixa, sem qualquer movimento.

 

Aqui entra o estabilizador de imagem, e que, ao estar ligado, te vai permitir baixar a velocidade de obturação em 2 ou 3 stops.

 

Na prática, vai permitir-te fotografar a 1/100s com a objectiva nos 200mm, por exemplo, em vez de 1/320s, evitando na maior parte dos casos fotos tremidas.

 

------------

 

Atenção a uma coisa: o IS não evita fotos tremidas que derivem do movimento dos elementos fotografados. É uma distinção que convém fazer, para não gerar equívocos. Só reduz os movimentos originados pelo fotógrafo ao segurar na máquina.

 

------------

 

Atendendo ao facto de que cada cenário que tens pela frente pode ser quantificado, em termos de luz disponível, em stops, para falar a linguagem que serve para comunicarmos com a máquina, e que esses stops vão ter de ser distribuídos pelos três elementos do triângulo de exposição (Abertura, Velocidade do obturador e Velocidade do ISO), e se atendermos também ao facto de que quanto menos luz houver, menos stops temos para distribuir por esses três elementos, podemos concluir que abaixo de determinada quantidade de luz, os stops são um "bem escasso", e por vezes insuficiente, para podermos captar as fotos que pretendemos. Na escuridão, sem um flash, não há maneira de tirar uma foto.

 

Em casos de luz fraca, costuma-se canalizar os stops disponíveis para a velocidade de obturação, retirando-os à Abertura da objectiva, abrindo-a (e por isso é que também são valiosas as objectivas que conseguem abrir até f/2.8, f/2, f/1.4, e mesmo f/1.2), e/ou retirando-os à velocidade do ISO, aumentando-o (e por isso é que também é importante a capacidade do sensor em subir o ISO sem perder muita definição/detalhe).

 

O Estabilizador de Imagem, quando presente, acrescenta 2 ou 3 stops a esta pool de luz disponível, o que pode significar, no limite, que se consegue captar uma foto com pouca luz, que sem ele não ficaria aproveitável. Isto se não quisermos fotografar elementos em movimento, como já expliquei acima.

 

Espero que isto não esteja muito confuso para ti - gostaria de poder explicar isto de forma mais simples, e mais detalhada, mas no tempo que tenho não dá para mais...


Editado por Samwise, 18 Janeiro 2016 - 19:57 .



Partilhar Post #10 gmmartins

gmmartins

  • Membro
  • Registo: 25/11/2013
  • Posts: 825

Publicado 24 Janeiro 2016 - 00:40

Certíssimo. Quando estás a segurar uma máquina fotográfica nas mãos, por mais imóvel que tentes permanecer, o teu corpo produz sempre oscilações involuntárias que podem provocar fotos tremidas/com arrastos indesejados. Um estabilizador não evita que isto suceda, mas cria condições para que suceda menos vezes, dependendo sempre da quantidade de luz disponível.

 

Há uma rule-of-thumb para evitar tremideiras para quem não tem estabilizador, que costuma resultar bastante bem, e que estabelece uma relação entre a distância focal (designada por f  - e que corresponde ao valor numérico que tens escolhido na objectiva, entre 18 e 55, na objectiva mais curta, por exemplo) e a velocidade de obturação. Com exemplos:

 

Para uma distância focal de 50mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/50s para evitar que fiquem tremidas (portanto, 1/60s...1/80s... 1/100s...)

Para uma distância focal de 100mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/100s para evitar que fiquem tremidas

etc. etc.

 

Isto para sensores Full Frame.

 

Para sensores crop, como é o teu, que tem um factor de recorte 1,6x, tens de multiplicar a velocidade de obturação por esse factor:

 

Para uma distância focal de 50mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/80s  (50 x 1,6 = 80) para evitar que fiquem tremidas (portanto, 1/100s...1/125s... 1/250s...)

 

Para uma distância focal de 100mm, deves fazer disparos com uma velocidade superior a 1/160s (100 x 1,6 = 160)para evitar que fiquem tremidas

etc. etc.

 

Ou seja, quanto mais longa for a distância focal, mais probabilidades há de notares nas fotos que o equipamento treme, e logo mais velocidade de obturação tens de utilizar para evitar essa tremideira. Se colocares a tua objectiva 55-200 na extremidade da distância focal (200mm) e espreitares pelo visor, vais reparar que é impossível manteres a imagem fixa, sem qualquer movimento.

 

Aqui entra o estabilizador de imagem, e que, ao estar ligado, te vai permitir baixar a velocidade de obturação em 2 ou 3 stops.

 

Na prática, vai permitir-te fotografar a 1/100s com a objectiva nos 200mm, por exemplo, em vez de 1/320s, evitando na maior parte dos casos fotos tremidas.

 

------------

 

Atenção a uma coisa: o IS não evita fotos tremidas que derivem do movimento dos elementos fotografados. É uma distinção que convém fazer, para não gerar equívocos. Só reduz os movimentos originados pelo fotógrafo ao segurar na máquina.

 

------------

 

Atendendo ao facto de que cada cenário que tens pela frente pode ser quantificado, em termos de luz disponível, em stops, para falar a linguagem que serve para comunicarmos com a máquina, e que esses stops vão ter de ser distribuídos pelos três elementos do triângulo de exposição (Abertura, Velocidade do obturador e Velocidade do ISO), e se atendermos também ao facto de que quanto menos luz houver, menos stops temos para distribuir por esses três elementos, podemos concluir que abaixo de determinada quantidade de luz, os stops são um "bem escasso", e por vezes insuficiente, para podermos captar as fotos que pretendemos. Na escuridão, sem um flash, não há maneira de tirar uma foto.

 

Em casos de luz fraca, costuma-se canalizar os stops disponíveis para a velocidade de obturação, retirando-os à Abertura da objectiva, abrindo-a (e por isso é que também são valiosas as objectivas que conseguem abrir até f/2.8, f/2, f/1.4, e mesmo f/1.2), e/ou retirando-os à velocidade do ISO, aumentando-o (e por isso é que também é importante a capacidade do sensor em subir o ISO sem perder muita definição/detalhe).

 

O Estabilizador de Imagem, quando presente, acrescenta 2 ou 3 stops a esta pool de luz disponível, o que pode significar, no limite, que se consegue captar uma foto com pouca luz, que sem ele não ficaria aproveitável. Isto se não quisermos fotografar elementos em movimento, como já expliquei acima.

 

Espero que isto não esteja muito confuso para ti - gostaria de poder explicar isto de forma mais simples, e mais detalhada, mas no tempo que tenho não dá para mais...

Apenas uma pequeníssima correcção. Como é nikon o factor de recorte é 1,5 e não 1,6  :bleh:




Partilhar Post #11 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 44
    • Local: Lisboa

Publicado 24 Janeiro 2016 - 11:44

Isso, isso... I stand corrected. My bad!  :th_up: