Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Porquê os estrangeirismos?


  • Por favor inicie sessão para responder
73 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 MarcoTrigo

MarcoTrigo

  • Membro
  • Registo: 13/02/2015
  • Posts: 258
    • Local: Linda a Velha

Publicado 25 Março 2015 - 00:03

Há um calão fotográfico. E esse calão tende a internacionalizar-se porque não há uma verdadeira escola nacional, ou se há, não chega a todos.

Para aprendermos vamos a fontes estrangeiras e acabamos por usar os termos que eles usam. E continuamos a usar mesmo depois de sabermos a tradução. E pronto, o mal está feito.

 

PDC... algém imagina Profundidade De Campo?

 

 

P0ta do carago... na verdade. 




Anúncios

Partilhar Post #22 Manuel_Araujo

Manuel_Araujo

  • Membro
  • Registo: 16/03/2008
  • Posts: 336

Publicado 25 Março 2015 - 00:08


PDC... algém imagina Profundidade De Campo?

 

Mas toda a gente usa PDS para pôr do sol.




IT Partilhar Post #23 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 00:24

estava aqui a pensar... eu nem sequer sei como dizer "bracketing" em português...

 

Pois, Eu também não. E existem as tais siglas já referidas como RAW ou HDR que também não me fazem confusão. Mas dizer que vou fazer um running de manhã para fazer um reset nas calorias do jantar de ontem onde fomos ao restaurante gourmet e ao bar lounge onde acabei por fazer um encorning ao meu patrão que é life coach na empresa mindqualquercoisa... 




IT Partilhar Post #24 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 00:25

Mas toda a gente usa PDS para pôr do sol.

 

:) Essa já serve que sunset é muito anos 90. 




Partilhar Post #25 Paulo M. F. Pires

Paulo M. F. Pires

  • Moderador
  • Registo: 13/03/2010
  • Posts: 4704
  • Idade: 43
    • Local: Pombal
    • Hmmm...

Publicado 25 Março 2015 - 00:26

Essa do nem oito nem oitenta resume bem a mentalidade da sociedade portuguesa, ou seja, entre entre os  nove e os setenta e nove aceitamos tudo, permitimos tudo, enfim...

Neste aspecto os espanhois e os franceses são inflexiveis, quando lá estamos se não falarmos a lingua deles ninguém nos entende, ou então fazen-se desentendidos

 

Vai a um forum francês ou espanhol e diz-me se eles usam DOF ou não.




IT Partilhar Post #26 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 01:08

Cenário hipotético (e para qual era dirigida parte substancial da minha crítica):

 

Gajo Novo: "Olá. Sou novo e coiso e tal. Tenho uma paixão por fotografia de pássaros a jacto mas como sou novo nestas andanças gostaria que me aconselhassem algo que fosse adequado ao tipo de fotografia que gosto.Tenho aproximadamente 500 euros para gastar"

 

Jójó: Nikon ZX347

Xico: Canon Y987BC

Jójó: Estás louco? A Nikon dá baile em ISO à Canon! 

Xico: Dá agora! A minha BC chega aos 36000000000 sem problemas. Já fotografei o Big Bang e tudo.

Jójó: E o buffer speed da minha?

Xico: O meu burst é maior que o teu.

Jójó: Duvido. Mas nem compares a tua com a minha em termos de sharpness.

Xico: Qual quê! Tenho a 13-393mm que apanha ácaros numa pulga a 1000m.

Jójó: E eu já fotografei um protão com a minha 12-422mm. Mas com tripod.

 

Nota do Editor: Tanto o Jójó como o Xico iniciaram-se no mundo da fotografia há mês e meio, já trocaram de máquina sete vezes, e têm mais objectivas que o nº de desempregados em Portugal. O Gajo Novo meteu-se na droga e nunca mais voltou. 

 

Era mais ou menos isto que eu falava. 




Partilhar Post #27 Paulo M. F. Pires

Paulo M. F. Pires

  • Moderador
  • Registo: 13/03/2010
  • Posts: 4704
  • Idade: 43
    • Local: Pombal
    • Hmmm...

Publicado 25 Março 2015 - 01:33

@irreal: Não chega a essa ponto...




Partilhar Post #28 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 45
    • Local: Lisboa

Publicado 25 Março 2015 - 01:48

Sou anti-censura a tudo. Sou daqueles que acha que não pode haver limites para o humor. Sou daqueles que valoriza imenso a diversidade cultural (de fora ou interna). Gosto muito das "nossas línguas" / sotaques. Mas excesso de "inglesismos" cai-me mal. Falarem em banking, mindcoaching e coisas similares (quande se destinam apenas e só a portugueses) parece-me mesmo um provincianismo (vem de fora = é bom) que eu tento "combater" todos os dias na minha profissão. Porque o considero mesmo mau. Impeditivo de atingirmos outro nível de desenvolvimento social e cultural. E o meu tópico vem apenas nesse sentido.

 

Boa noite irreal,

 

De que forma consideras que o excesso de estrangeirimos na linguagem pode impedir o (nosso) desenvolvimento social e cultural?

 

Aqui no fórum em particular, e tendo em conta o exemplo do diálogo hipotético que referiste, penso que hoje em dia ninguém fica mais burro por não perceber à primeira um ou outro termo, pelo menos face à diversidade de informação que existe disponível, e à facilidade em chegar, por outras vias, à mesma. Considerando esse mesmo diálogo, a mim faz-me muito mais confusão que as respostas à pergunta enveredem por (mais) uma guerra entre marcas e modelos (muito frequente e recorrente aqui no tasco), em vez de se centrarem no esclarecimento da dúvida e na ajuda de facto ao forista iniciado. Ou seja, não são os estrangeirimos que impedem o que quer que seja no desenvolvimento intelectual/social/cultural, ou que afastam pessoas do fórum, é antes outro tipo de mentalidade e outras formas de intervenção.

 

Não tenho nada contra estrangeirismos, nem me sinto especialmente incomodado pelo seu uso - uso esse a que aliás até recorro com alguma frequência. Mas isto não é equivalente a dizer que não me sinto incomodado quando alguém os está a usar para dar a ideia de que sabe mais e que é mais culto do que os outros. Mas já não me sinto incomodado quando percebo que a pessoa que os está a utilizar "sabe à séria da coisa".  :)  São situações que se podem complentar, mas que não estão necessariamente ligadas.

 

De uma certa perspectiva, os estrangeirismos, excessivos ou moderados, até podem ter um efeito contrário ao que indicas e contribuirem para o enriquecimento intelectual, ao proporcionarem uma maior abertura cultural, uma curiosidade em "saber o que é", e ao darem um empurrão para a pesquisa de informação. Pelo menos é o que sucede comigo quando ouço um termo estranja que não conheço — vou à procura—, e com esse fio de pesquisa vem sempre um novelo atrás.




Partilhar Post #29 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6677

Publicado 25 Março 2015 - 08:11

Pessoalmente há várias razões. Sou bilingue, pese embora a minha língua nativa seja o Português. As minha mulher é escocesa tanto que ela fala em Inglês com os miúdos e eu Português. Por outro lado desde os 10 anos que leio revistas de Informática em inglês, e no geral leio 80% das coisas nessa língua. Por fim toda a literatura técnica que li sobre fotografia estava em inglês. Faço um esforço por traduzir as palavras para Português mas nem sempre até porque por hábito por vezes nem me ocorre o termo.

 

Outras culturas há onde tal não acontece tão facilmente porventura, nomeadamente a Espanhola, por diversas razões que são bem conhecidas. 

 

Mas penso que esta coisa de absorver novas línguas, novas culturas sempre foi uma coisa bem Portuguesa.

 

Não tenho qualquer problema com isto, nem acho que afecte o meu Nacionalismo nem que seja menos defensor de Portugal e dos Portugueses por isso. Aliás, apenas lamento não vêr tantas vezes a bandeira de Portugal astiada em locais públicos ou na casa das pessoas como vejo em outros países em tempo de festa. Apenas lamento que muitas das vezes absorvamos aquilo que não interessa, ou até mesmo deturpamos boas práticas, nomeadamente no que se refere à nossa classe política e empresarial.

 
Fiquem bem.
 
EDIT: As frases dadas como exemplo fizeram-me sorrir :)

Editado por nbplopes, 25 Março 2015 - 08:37 .



Partilhar Post #30 HidRo

HidRo

  • Membro
  • Registo: 29/12/2014
  • Posts: 644

Publicado 25 Março 2015 - 10:26

Para mim, a razão da utilização de estrangeirismos prende-se apenas pelo hábito de leitura, etc.

Assim como em informática, como tudo o que leio praticamente está em Inglês, a utilização dos termos é natural.

Sitio... para mim não faz sentido usar.




Partilhar Post #31 dragom

dragom

  • Membro
  • Registo: 28/12/2007
  • Posts: 2424
  • Idade: 51
    • Local: Porto

Publicado 25 Março 2015 - 10:34

Para mim, a razão da utilização de estrangeirismos prende-se apenas pelo hábito de leitura, etc.

Assim como em informática, como tudo o que leio praticamente está em Inglês, a utilização dos termos é natural.

Sitio... para mim não faz sentido usar.

 

x2




Partilhar Post #32 dragom

dragom

  • Membro
  • Registo: 28/12/2007
  • Posts: 2424
  • Idade: 51
    • Local: Porto

Publicado 25 Março 2015 - 10:36

Vai a um forum francês ou espanhol e diz-me se eles usam DOF ou não.

 

Isso está a mudar, pelo menos as novas gerações em Espanha estão a fazer um grande esforço em aprender inglês, que hoje é dia é uma das principais barreiras que têm nas carreiras internacionais ou em multinacionais.

 

Ainda hoje vi aqui em Vigo um cartaz numa montra "Stock Fuera", pelo menos já traduzem metade de Stock-off.  :D :D




Partilhar Post #33 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6677

Publicado 25 Março 2015 - 11:06

Isso está a mudar, pelo menos as novas gerações em Espanha estão a fazer um grande esforço em aprender inglês, que hoje é dia é uma das principais barreiras que têm nas carreiras internacionais ou em multinacionais.

 

Ainda hoje vi aqui em Vigo um cartaz numa montra "Stock Fuera", pelo menos já traduzem metade de Stock-off.  :D :D

 

Esgotado/agotado não é um bom exemplo para mim. É excessivo.




Partilhar Post #34 recycle bin

recycle bin

  • Membro
  • Registo: 20/09/2011
  • Posts: 1045

Publicado 25 Março 2015 - 12:59

Pois, Eu também não. E existem as tais siglas já referidas como RAW ou HDR que também não me fazem confusão. Mas dizer que vou fazer um running de manhã para fazer um reset nas calorias do jantar de ontem onde fomos ao restaurante gourmet e ao bar lounge onde acabei por fazer um encorning ao meu patrão que é life coach na empresa mindqualquercoisa... 

 

Raw é uma sigla? Sempre pensei que significasse cru, ou ficheiro não processado




IT Partilhar Post #35 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 13:01

Boa noite irreal,

 

De que forma consideras que o excesso de estrangeirimos na linguagem pode impedir o (nosso) desenvolvimento social e cultural?

 

 

 

Olá Samwise. Considero o provincianismo como um obstáculo ao desenvolvimento efectivo e sustentado de qualquer nação / povo. Os estrangeirismos (sempre em inglês) PODEM ser sinais de provincianismo. Já referi que também os utilizo. Mas quando tento explicar a alguém algo básico sobre fotografia (e faço-o com alguma frequência) esforço-me por ser claro e não por parecer o mestre XPTO da fotografia. Não é um termo que me irrita. Nem dois ou três. É a conversa "pro". Feita por amadores... E mais à frente concordas comigo. 

 

Conheces alguém (gajo) que diga "eu conduzo mal"? Mas ainda temos uma elevada taxa de sinistralidade rodoviária. De quem é a culpa? Dos "outros"! E isto significa o quê? Excesso de EU em detrimento do bem estar geral. E prova o quê? Falta de civismo. O não assumir limitações nem erros. O desvalorizar o outro. E na fotografia? O mesmo. Para além dos termos que referi em modo de caricatura temos ainda o típico fotógrafo que procura likes, estrelinhas e afins e não digere bem a crítica construtiva (que por acaso não se vê muito aqui no fórum - FELIZMENTE). As ajudas dadas parecem muitas vezes elevações do ego e não vontade de ajudar.




IT Partilhar Post #36 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 13:05

 

Sitio... para mim não faz sentido usar.

 

Nem a mim tal como referi logo no post (mais um que eu utilizo) inicial.




IT Partilhar Post #37 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 13:07

Raw é uma sigla? Sempre pensei que significasse cru, ou ficheiro não processado

 

E pensaste bem. Erro meu.




IT Partilhar Post #38 irreal

irreal

  • Membro
  • Registo: 03/08/2010
  • Posts: 31

Publicado 25 Março 2015 - 13:11

 

EDIT: As frases dadas como exemplo fizeram-me sorrir :)

 

 

Que era também um dos objectivos do tópico :)

 

E sabermos rir de nós próprios e das nossas falhas é sinal de maturidade (que pode aparecer aos 20, aos 40 ou aos 50. Aos 42 e 57 é muito raro).  :)




Partilhar Post #39 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 45
    • Local: Lisboa

Publicado 25 Março 2015 - 13:26

Olá Samwise. Considero o provincianismo como um obstáculo ao desenvolvimento efectivo e sustentado de qualquer nação / povo. Os estrangeirismos (sempre em inglês) PODEM ser sinais de provincianismo. Já referi que também os utilizo. Mas quando tento explicar a alguém algo básico sobre fotografia (e faço-o com alguma frequência) esforço-me por ser claro e não por parecer o mestre XPTO da fotografia. Não é um termo que me irrita. Nem dois ou três. É a conversa "pro". Feita por amadores... E mais à frente concordas comigo. 

 

Conheces alguém (gajo) que diga "eu conduzo mal"? Mas ainda temos uma elevada taxa de sinistralidade rodoviária. De quem é a culpa? Dos "outros"! E isto significa o quê? Excesso de EU em detrimento do bem estar geral. E prova o quê? Falta de civismo. O não assumir limitações nem erros. O desvalorizar o outro. E na fotografia? O mesmo. Para além dos termos que referi em modo de caricatura temos ainda o típico fotógrafo que procura likes, estrelinhas e afins e não digere bem a crítica construtiva (que por acaso não se vê muito aqui no fórum - FELIZMENTE). As ajudas dadas parecem muitas vezes elevações do ego e não vontade de ajudar.

 

 

Bem exposto. Tens a minha inteira concordância face a isto.




Partilhar Post #40 Catarina

Catarina

  • Membro
  • Registo: 28/01/2008
  • Posts: 55
  • Idade: 54
    • Local: Lisboa

Publicado 25 Março 2015 - 20:24

Eu acho que muitas vezes é porque tanto o Gajo Novo como o Jójó ou o Xico, pura e simplesmente, não sabem os termos em português!  Nunca aprenderam, lêem coisas em inglês, vêm aqui ao fórum ou ao Facebook e levam com os mesmos estrangeirismos e por isso nunca chegam a aprender que Sharp, diz-se Nitidez, DOF é profundidade de campo, Shutter é obturador, Wide é angular (ou amplo? esta nem eu sei, ehehe), etc, etc.

 

E se, quando eles fazem perguntas, os nblopes, dragom, iMarco, samwise, Marco Trigo, etc, lhes responderem em português de gema, não vão entender pevas das respostas!

 

Não é pedantismo, já passámos essa fase, eu acho! :)

 

(não falemos nos títulos das imagens, que aí o filme é outro e já foi falado ad nauseam!)