Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Fotografar ladrões em flagrante delito na minha propriedade?


  • Por favor inicie sessão para responder
25 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 Phosphai9

Phosphai9

  • Novo Membro
  • Registo: 14/01/2015
  • Posts: 13

Publicado 19 Fevereiro 2015 - 14:51

http://www.dgsi.pt/j...a2?OpenDocument

 

Acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa

 

9. O uso das imagens captadas pela câmara de vídeo colocada pelo assistente na entrada do seu prédio rústico, desde que limitado à identificação do(s) autor(es) dos danos provocados na propriedade do assistente, e enquanto reportado ao momento da prática dos factos integradores dos referidos estragos, configura um meio necessário e apto a repelir a agressão ilícita da propriedade do assistente.

 




Anúncios

Partilhar Post #22 Oliveiravlg

Oliveiravlg

  • Membro
  • Registo: 29/12/2014
  • Posts: 2997
  • Idade: 53
    • Local: Valongo

Publicado 19 Fevereiro 2015 - 18:52

E resultou?


Não sei, mas que até à data o vizinho não comentou mais roubos na quinta (eram hortaliças, frutas e etc).


IT Partilhar Post #23 Bruno E. Santos

Bruno E. Santos

  • Membro
  • Registo: 07/12/2009
  • Posts: 294

Publicado 19 Fevereiro 2015 - 19:32

Outra situação em que este tipo de fotos podiam ser úteis, para além dos furtos, se tivessem valor legal, é no caso da deposição de lixos ou entulhos da construção civil.

 

Em Portugal ainda existem muitas pessoas e empresas com o hábito de ir descarregar camiões ou tractores de lixo em terrenos isolados, próximos de estradas ou caminhos.




Partilhar Post #24 Karrilho

Karrilho

  • Membro
  • Registo: 13/01/2015
  • Posts: 201

Publicado 20 Fevereiro 2015 - 23:16

Já me aconteceu o mesmo na minha propriedade (roubaram hortaliças e fruta) mas no meu caso foi muito mais engraçado.

Roubaram uma vez e para não haver cá "abébias" o que faço? Solto o cão para não haver 2ª vez (embora seja propriedade com dono e totalmente vedada e com portão) o bicho não pode andar á solta devido a cruzamento de raças mas ele é mimão e totalmente brincalhão menos para estranhos.
 

Aqui começa o "circo" e não recorri a fotos ou vídeo para me rir e que felizmente não deu problemas.Tocam a campainha de manha (moro na vila) a pedirem ajuda que tenho um cão á solta e que uma pessoa está lá dentro e não consegue sair. Fui devagar porque sei perfeitamente o que esperar do cão e que não lhe metem as mãos em cima.
 

Chego lá e encontro um sujeito em cima de uma árvore a pedir ajuda e o cão cá em baixo sentado.  :clap: 
O que me foi chamar não sei se estava cá do lado de fora á espera do saco ou ligaram para ele.

Pergunto quem o mandou entrar e diz-me que "estava a dar aqui uma volta e vi aqui estas laranjas". "Prenda o cão e ajude-me que não quero ser mordido e se o for meto-o em tribunal".
Ri-me e em tom de ironia "então e se ele morder? Você sabe que está dentro de uma propriedade privada e pode ser acusado de roubo e invasão de propriedade privada, quer mesmo tribunal?"

 

Não ajudei e chamei a Gnr e só quando chegou é que segurei o cão com uma trela. Pediram-me logo os documentos a ver se cravavam ali uma multa mas infelizmente para eles está tudo em dia e legal. Foram os 2 ao posto da Gnr e acabou ali a história que podia muito bem ter lhe dado uma valente carga de porrada. Nunca mais houve um roubo.

Todos passamos dificuldades mas pedir é uma coisa e roubar é outra. 


Editado por Karrilho, 20 Fevereiro 2015 - 23:19 .



Partilhar Post #25 Oliveiravlg

Oliveiravlg

  • Membro
  • Registo: 29/12/2014
  • Posts: 2997
  • Idade: 53
    • Local: Valongo

Publicado 21 Fevereiro 2015 - 21:27

Lol...então o gajo ainda ia contigo para tribunal! :lol:




IT Partilhar Post #26 Bruno E. Santos

Bruno E. Santos

  • Membro
  • Registo: 07/12/2009
  • Posts: 294

Publicado 22 Dezembro 2015 - 15:36

Talvez até tenha sido bom eu não ter conseguido apanhar e fotografar os gajos em flagrante, porque estes madeireiros da minha zona andam a ficar muito perigosos. Ainda por cima ouvi dizer que eram brasileiros que andavam no pinhal, mas não sei se eram do mesmo grupo dos da notícia. Também me deixa preocupado o facto de os acontecimentos da notícia se terem passado numa zona isolada onde já passei muitas vezes em voltas de bicicleta ou passeios, logo existe o risco de um indivíduo tropeçar numa cena destas e tornar-se uma testemunha incómoda.

 

http://www.rtp.pt/no...tanhede_n882994