Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Pequena crise fotográfica pessoal


  • Por favor inicie sessão para responder
70 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 tugatomsk

tugatomsk

  • Membro
  • Registo: 28/08/2012
  • Posts: 123

Publicado 18 Junho 2014 - 17:53

Desde há cerca de 1 ano para cá, e depois de ver fotos minhas mais antigas, estou a chegar à conclusão que as minhas fotos estão a ficar piores... como se estivesse a perder capacidades fotográficas e até imaginação.

 

Gosto em geral mais da maior parte das fotos tiradas com uma Sony H1 (desde 2005) e uma Nikon D60 (desde 2009) do que a maior parte das que tirei com a Nikon D7000 (desde 2012) e agora a Canon 60D (2013).

 

Será que sou só eu? Será sequer normal uma pessoa ficar pior? Tenho bem mais conhecimentos de fotografia, mas parece que isso ocupou o lugar da imaginação ou bom enquadramento. O que estarei a fazer mal?

 

É que isto começa a pôr-me inseguro no que diz respeito a ter uma câmara e 2 lentes no valor de 1500 €. Se ando a fotografar pior mais valia fazer um downgrade para algo mais barato, não?


Editado por tugatomsk, 18 Junho 2014 - 17:55 .



Anúncios

Partilhar Post #2 PauloOliveira

PauloOliveira

  • Membro
  • Registo: 28/01/2008
  • Posts: 625
  • Idade: 51
    • Local: Lisboa

Publicado 18 Junho 2014 - 21:47

Minha (muito) humilde opinião:

 

Estás a dar muito enfase na questão do equipamento ser o único responsavel por fazeres boas fotos e chegas á conclusão que não é.

 

Uma coisa que acho que nos assola a todos é ter algumas crises de inspiração de quando em vez. Penso que isso faz parte da curva de aprendizagem... Também quanto mais conhecedor da fotografia, mais exigente te tornas com o teu trabalho e também fotografas cada vez menos e, pelo menos tentas, com mais qualidade.

 

Não estarás pior mas estarás mais exigente talvez ;) 

 

Por isso, não penses em downgrades/upgrades de equipamento e procura fontes de inspiração, novos projectos, novos locais, etc.

 

Espero ter ajudado alguma coisa :)  




Partilhar Post #3 zigoto

zigoto

  • Membro
  • Registo: 04/01/2012
  • Posts: 1142

Publicado 18 Junho 2014 - 22:51

Não estarás pior mas estarás mais exigente talvez ;)

 

Penso o mesmo.




Partilhar Post #4 Iloper

Iloper

  • Membro
  • Registo: 09/09/2008
  • Posts: 4026

Publicado 18 Junho 2014 - 22:54

Exacto. Agora sabes o que queres... Vais ver que procurar e fazer te vai mostrar o que queres... Tu agora és melhor... Na altura tinhas sorte :)




Partilhar Post #5 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 45
    • Local: Lisboa

Publicado 18 Junho 2014 - 23:33

Eu passo por esses periódos de "indefinição e desajuste", e de incapacidade para voltar a ter o doce "olhar inocente da ignorância".

 

Por isso passo meses sem pegar na máquina, até que a coisa regresse naturalmente. ;)  Pode ser frustrante, mas não dou importância nenhuma ao assunto.




Partilhar Post #6 Marco Rosado

Marco Rosado

  • Membro
  • Registo: 08/12/2012
  • Posts: 632
  • Idade: 34
    • Local: Lisboa
    • O saber ocupa o lugar da ignorância...

Publicado 19 Junho 2014 - 07:28

A mim também me acontece o mesmo...

 

Também quanto mais conhecedor da fotografia, mais exigente te tornas com o teu trabalho e também fotografas cada vez menos e, pelo menos tentas, com mais qualidade.

 

Não estarás pior mas estarás mais exigente talvez ;)

 

Quanto mais "sabemos", mais auto-críticos nos tornamos, mas acho que é natural, e até saudável, pois "obriga-nos" a pensar mais e a fazer menos mas melhor  :D

 

Por isso passo meses sem pegar na máquina, até que a coisa regresse naturalmente. ;)  Pode ser frustrante, mas não dou importância nenhuma ao assunto.

 

Esse é o melhor truque, não dar demasiada importância  ;)




Partilhar Post #7 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8304
  • Idade: 37
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 19 Junho 2014 - 07:41

Se hoje olhas para as fotos de 2009 e achas que são melhores que as de 2014, o problema não é ficares mais crítico. Porque és tão crítico hoje com as fotos de 2009 como com as de 2014. 

O teu problema pode passar por algo muito comum, que é a chamada "regrite excessivite"... É uma doença que ataca quem muito se aplica nas teorias. Um caso comum é o endeusamento da regra dos terços, por exemplo. Retira às pessoas capacidade de olhar para uma cena e imaginar outras composições. 

A minha opinião para resolveres esse problema passaria por atacares a fotografia de outro ângulo. Procurar uma ligação puramente emocional. Aceitar o grão, os desfocados, os cortes, os enquadramentos desequilibrados, tudo o que torne a parte emocional da fotografia mais forte. 




Partilhar Post #8 _jn_

_jn_

  • Membro
  • Registo: 12/02/2010
  • Posts: 2967
    • Local: Estoril

Publicado 19 Junho 2014 - 08:13

As regras, a técnica e outros preconceitos ofuscam a criatividade.




Partilhar Post #9 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4720
    • Local: Porto

Publicado 19 Junho 2014 - 09:42

Acho que acontece com toda a gente, mais tarde ou mais cedo.

Pior mesmo era pensares que és grande fotógrafo e na realidade.... :D

Assim sem te conhecer torna-se difícil ajudar. Mas respira fundo, dá um tempo, deixa a vontade voltar, e volta à carga. Pode ser que ajude. :th_up:




Partilhar Post #10 pavas

pavas

  • Membro
  • Registo: 13/07/2012
  • Posts: 6614
  • Idade: 46
    • Local: Vila Nova de Gaia
    • Viva la Galeria Decay mas guapa del universo e entorno!

Publicado 19 Junho 2014 - 09:50

Eu passo por esses periódos de "indefinição e desajuste", e de incapacidade para voltar a ter o doce "olhar inocente da ignorância".

 

Por isso passo meses sem pegar na máquina, até que a coisa regresse naturalmente. ;)  Pode ser frustrante, mas não dou importância nenhuma ao assunto.

 

Se hoje olhas para as fotos de 2009 e achas que são melhores que as de 2014, o problema não é ficares mais crítico. Porque és tão crítico hoje com as fotos de 2009 como com as de 2014. 

O teu problema pode passar por algo muito comum, que é a chamada "regrite excessivite"... É uma doença que ataca quem muito se aplica nas teorias. Um caso comum é o endeusamento da regra dos terços, por exemplo. Retira às pessoas capacidade de olhar para uma cena e imaginar outras composições. 

A minha opinião para resolveres esse problema passaria por atacares a fotografia de outro ângulo. Procurar uma ligação puramente emocional. Aceitar o grão, os desfocados, os cortes, os enquadramentos desequilibrados, tudo o que torne a parte emocional da fotografia mais forte. 

A minha opinião deambula algures por entre as duas opiniões do Deim e do Sam.

 

Um desafio. Poderias postar aqui uma foto tua "antiga" que gostes e uma foto "recente" que não gostes para nos pudermos "localizar" em relação ao teu discurso? Penso que iria ajudar o "lado de cá" a perceber melhor as tuas dúvidas e certezas.

 

P.S. Um grande tópico este que abriste aqui... mesmo tendo como fundamento uma agonia tua!




Partilhar Post #11 joserocha

joserocha

  • Membro
  • Registo: 11/05/2012
  • Posts: 2857
    • Local: Vila Nova de Gaia

Publicado 19 Junho 2014 - 10:31

Podes passar por descobrir algum tipo de fotografia que nunca tenhas feito antes. Normalmente começamos todos por fotografar paisagens, mas uma coisa que tenho feito recentemente e gosto muito é fotografia macro de pequenos animais, répteis, anfíbios e insectos. Torna-se ainda mais satisfatório quando conheces mais sobre os animais e os seus comportamentos.

A fotografia de desporto automóvel também é algo que me move, e quando mais sei sobre motores e automóveis em geral, mais gosto.

A fotografia de rua e o retrato de pessoas desconhecidas é todo um mundo a descobrir e já mexe com a tua personalidade; se fores uma pessoa sociável e fizeres amizades com facilidade, melhores fotos vais conseguir!

 

No fundo, se te faltar inspiração para fazeres o tipo de fotos que fazias antes, é porque precisas de uma lufada de ar fresco e tentar algo novo ;)




Partilhar Post #12 h3l

h3l

  • Membro
  • Registo: 01/08/2013
  • Posts: 520
  • Idade: 40
    • Local: Oeiras

Publicado 19 Junho 2014 - 10:50

Qualquer processo de aprendizagem passa por fases dessas e eu próprio estou a passar por uma neste momento.

 

Sabendo que é uma fase do teu percurso de aprendizagem, o que aqui importa, na minha opinião, é saber onde está o teu foco de motivação. O que te dá prazer na fotografia.

 

Porque é que isto é importante?

 

Porque se já tens o conhecimento (1), já dominas a técnica e os instrumentos (2), então resultado depende da tua motivação, do teu sentir, do prazer de fotografar (3).

 

 

Há uma fase de aprendizagem em que o principal é a aquisição de conhecimentos (vendo fotos, lendo sobre composição etc)

Há uma fase de aprendizagem em que o principal é o dominio da técnica e dos instrumentos (experimentando a máquina, lendo sobre equipamentos etc)

 

Estas duas fases são no dominio do racional.

 

A 3ª fase é do dominio emocional, em que utilizas o que aprendeste nas outras duas fases de forma a que erradamente se chama "intuitiva".

 

Em qual das fases estás mais focado em desenvolver neste momento?


Editado por h3l, 19 Junho 2014 - 10:58 .



Partilhar Post #13 PauloOliveira

PauloOliveira

  • Membro
  • Registo: 28/01/2008
  • Posts: 625
  • Idade: 51
    • Local: Lisboa

Publicado 19 Junho 2014 - 12:58

Talvez por isso nunca me tenha focado só num determinado tipo de fotografia. Claro está que há géneros que gosto mais que outros, mas ao ficarmos "presos" só a um determinado tipo de fotografia pode fazer com que haja uma saturação ou crise de inspiração.

 

Tenta sair da tua zona de conforto e explora áreas/assuntos que talvez ainda não tenhas dado atenção.

 

Tive uma época em que só fotografava desporto automóvel que é algo que adoro, mas houve uma altura em que senti que era mais do mesmo e virei-me para outros campos, mesmo que nunca tenha deixado o desporto automóvel. 

Neste momento ando numa experimentação de fotografia de rua e a "mentalizar-me" para a fotografia macro que é algo a que nunca dediquei muito tempo.

E nesses novos assuntos, por vezes descobrimos a tal inspiração que nos faltava o que nos motiva novamente :foto: 

 

Isto tudo para te dizer que o teu caso não é único :D  




Partilhar Post #14 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 45
    • Local: Lisboa

Publicado 19 Junho 2014 - 16:46

Photographer's block




Partilhar Post #15 o aprendiz

o aprendiz

  • Membro
  • Vencedor do mês +
  • Registo: 10/12/2010
  • Posts: 5851
  • Idade: 47
    • Local: Vila Nova de Gaia

Publicado 19 Junho 2014 - 17:38

http://www.google.pt...iw=1920&bih=899

 

Agora é só definires em que ponto de evolução te encontras :D

Isso que referes é perfeitamente normal e acontece a quem fotografa com mais regularidade, umas vezes por desinspiração crónica outra só por preguiça.




Partilhar Post #16 pavas

pavas

  • Membro
  • Registo: 13/07/2012
  • Posts: 6614
  • Idade: 46
    • Local: Vila Nova de Gaia
    • Viva la Galeria Decay mas guapa del universo e entorno!

Publicado 19 Junho 2014 - 17:44

http://www.google.pt...iw=1920&bih=899

 

Agora é só definires em que ponto de evolução te encontras :D

Isso que referes é perfeitamente normal e acontece a quem fotografa com mais regularidade, umas vezes por desinspiração crónica outra só por preguiça.

Lol!




Partilhar Post #17 Azathoth

Azathoth

  • Membro
  • Registo: 02/09/2012
  • Posts: 3815
  • Idade: 41
    • Local: Funchal

Publicado 19 Junho 2014 - 19:01

O teu problema pode passar por algo muito comum, que é a chamada "regrite excessivite"... É uma doença que ataca quem muito se aplica nas teorias. Um caso comum é o endeusamento da regra dos terços, por exemplo. Retira às pessoas capacidade de olhar para uma cena e imaginar outras composições. 

A minha opinião para resolveres esse problema passaria por atacares a fotografia de outro ângulo. Procurar uma ligação puramente emocional. Aceitar o grão, os desfocados, os cortes, os enquadramentos desequilibrados, tudo o que torne a parte emocional da fotografia mais forte. 

 

Isso é um problema que já percebi que me afecta. Uma pessoa cria habituação a uma determinada "estrutura" nas fotos e depois leva a que fique com fotos muito parecidas umas com outras. E depois realmente leva a uma distracção da parte emocional que muitas vezes desaparece das fotos.




IT Partilhar Post #18 tugatomsk

tugatomsk

  • Membro
  • Registo: 28/08/2012
  • Posts: 123

Publicado 20 Junho 2014 - 22:42

Acho que acontece com toda a gente, mais tarde ou mais cedo.

Pior mesmo era pensares que és grande fotógrafo e na realidade.... :D

Assim sem te conhecer torna-se difícil ajudar. Mas respira fundo, dá um tempo, deixa a vontade voltar, e volta à carga. Pode ser que ajude. :th_up:

 

Pois... de facto ao início tinha familiares que diziam que tinha jeito para a fotografia, e tal... Acho que me deixei levar porque com o tempo fui descobrindo flickrs e isso (agora 500px também), e as fotos que lá existem metem qualquer uma minha num canto. Até já tive conta no flickr mas na altura desisti da conta, estava já na altura desanimado.

 

A dada altura até cheguei a pensar que podia ser profissional. Foi quando comprei a Nikon D7000, vendendo a D60, quando um casal amigo me pediu para fotografar a meias o casamento deles, sendo o outro fotógrafo um amigo entusiasta de fotografia que tenho.
Mas desde então já cheguei à conclusão que nem bom amador sou, quanto mais, bom profissional. Arrependi-me depois de ter gasto o dinheiro que gastei na D7000, eu não estava à altura. A troca para Canon 60D deveu-he ao problema de focagem da D7000 que já me estava a deixar doido (ver http://www.forumfoto...stente/page-2).

 

E ainda por cima tenho um termo de comparação: um amigo meu que também é entusiasta de fotografia, mas ele sempre tirou melhores fotos que eu com o mesmo equipamento (também tem Canon 60D). E mais: uma vez um outro amigo dele perguntou-lhe por que é que ele não seguia a carreira de fotógrafo, ao que ele disse que não achava estar à altura. Se ele pensa isso dele próprio, o que não pensarei eu de mim... E eu conheço as fotos dele. Até tem conta no olhares.pt, que é muito rigoroso.

 

A minha opinião deambula algures por entre as duas opiniões do Deim e do Sam.

 

Um desafio. Poderias postar aqui uma foto tua "antiga" que gostes e uma foto "recente" que não gostes para nos pudermos "localizar" em relação ao teu discurso? Penso que iria ajudar o "lado de cá" a perceber melhor as tuas dúvidas e certezas.

 

P.S. Um grande tópico este que abriste aqui... mesmo tendo como fundamento uma agonia tua!

 

Poder podia, mas eu acho que a qualidade geral é mediana-baixa, qualquer um de vocês acharia imediatamente defeitos nelas (eu já vi fotos do fórum, muito boas), mesmo as que eu acho boas. Não sei se vale a pena.

 

Talvez por isso nunca me tenha focado só num determinado tipo de fotografia. Claro está que há géneros que gosto mais que outros, mas ao ficarmos "presos" só a um determinado tipo de fotografia pode fazer com que haja uma saturação ou crise de inspiração.

 

Tenta sair da tua zona de conforto e explora áreas/assuntos que talvez ainda não tenhas dado atenção.

 

Tive uma época em que só fotografava desporto automóvel que é algo que adoro, mas houve uma altura em que senti que era mais do mesmo e virei-me para outros campos, mesmo que nunca tenha deixado o desporto automóvel. 

Neste momento ando numa experimentação de fotografia de rua e a "mentalizar-me" para a fotografia macro que é algo a que nunca dediquei muito tempo.

E nesses novos assuntos, por vezes descobrimos a tal inspiração que nos faltava o que nos motiva novamente :foto:

 

Isto tudo para te dizer que o teu caso não é único :D  

 

Se eu tivesse dinheiro para mais lentes, até tentava. Acho que o meu mal é gostar de tudo (paisagem, telefoco, animais, macro, desporto), daí eu ser um bocado fã de câmaras que façam tudo apesar da menor qualidade de imagem. E tendo em conta as minhas "aptidões", se calhar mais valia.


Editado por tugatomsk, 20 Junho 2014 - 22:43 .



Partilhar Post #19 Iloper

Iloper

  • Membro
  • Registo: 09/09/2008
  • Posts: 4026

Publicado 21 Junho 2014 - 01:48

Belo gráfico...

Por acaso passou-me pela cabeça dizer-te para comprares uma camara de filme sem modos automáticos :)




Partilhar Post #20 h3l

h3l

  • Membro
  • Registo: 01/08/2013
  • Posts: 520
  • Idade: 40
    • Local: Oeiras

Publicado 21 Junho 2014 - 10:15

O teu problema é que ter uma maquina te fez pensar que eras fotógrafo...
A maquina fotografica é só uma chave de fendas. Tens de saber o que queres fazer com ela.

Se eu comprar uma tela e pinceis sou pintor?