Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Se o Photoshop fosse banido ....


  • Por favor inicie sessão para responder
321 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 . JP .

. JP .

  • Membro
  • Registo: 01/02/2013
  • Posts: 3186
  • Idade: 45
    • Local: Maia
    • You shoot me down but i won't fall. I am titanium!

Publicado 28 Maio 2014 - 18:43

Sou levado a concordar com o Diogon...a expressão dele não é para ser levada tão a fundo se analisares a resposta enquadrada, parece-me. pelo menos não na forma como li a interpelação inicial do post.

 

Qual a perspectiva que tens sobre pintura quando sabes que existem pessoas capazes de copiar muito fielmente os originais ?

É um bocado aquilo que ele diz sobre a fotografia pela existencia de ferramentas e pessoas capazes de o manipular, certo ?

Nunca se tem a certeza daquilo que se vê...é uma questão não especifica da fotografia, mas que atinge também a tv/cinema/arte de uma forma geral...tudo fica espetacular mas é tudo ensaiado/manipulado, não ?




Anúncios

IT Partilhar Post #22 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 28 Maio 2014 - 19:30

Como disse ainda não tinha manifestado a minha opinião sobre o assunto mas é a seguinte.

 

Cabe ao autor deifnir os parâmetros que pretende para o seu projecto imagem.

 

Mas quando se fala em projecto fotográfico penso que os parâmetros devem ser orientados de tal forma que o resultado final seja o mais fiel possível ao negativo (O princípio do negativo) No caso do digital o Raw. Obviamente que mesmo aqui cabe ao autor fixar os parâmetros que se propõe seguir.Claramente aqui também entra o sentido de ética. Ou seja, em PP o processo criativo deverá ficar o mais adormecido possível.

 

Algumas fotos classificadas como Fine Art Photography violam o principio do negativo. De tal forma que o resultado, sente-se que é absolutamente sintético. Mas nem é preciso ir ao Fine Art Photography para se testemunhar isso. Na fotografia de paisagem, na moda, no jormalismo vê-se isso.

 

As fotos do Solidor, apesar de se enquadrarem no Fine Art tal segue o princípio do negativo. Mas não é caso único obviamente.

 

Não estou a tirar mérito aos criadores que não seguem esse princípio, Nada disso. Há imagens apresentadas e avaliadas como fotografias que violam o princípio do negativo (que assima expliquei) que são de uma beleza extraordinária e demonstram ser o resultado de um processo criativo complexo. Ou seja, para estes projectos artísticos, o negativo é uma etapa no processo de um longo processo de criação da imagem.

 

Penso no entanto que desta ambivalência podem surgir vários problemas. Quem segue o princípio do negativo nem sempre tem a lucidêz para apreciar a imagem final que não o segue. E quem não segue também pode sofrer desses mesmo desafíos quando ve uma imagem mais "crua",

 

O melhor mesmo é manter o espirito aberto em relação ao produtos dos outros independentemente dos nossos critérios pessoais para o que fazemos.

 

Abraço,

 

Nuno


Editado por nbplopes, 28 Maio 2014 - 20:05 .



Partilhar Post #23 diogon

diogon

  • Membro
  • Registo: 09/10/2008
  • Posts: 3920
  • Idade: 46

Publicado 28 Maio 2014 - 20:06

O princípio do negativo?  :wacko:

 

A fotografia acaba quando se mostra, quando se expõe, nem que seja só a nós próprios. Ser fiel ao negativo, e porquê? o negativo é apenas um início, pode também ser logo um fim, mas não deixa de ser um início, embora não seja "o" inicio, pois muito se pode fazer antes ainda do negativo. Quem me conhece, sabe que não sou adepto de grande tropelias ao nível de tratamento,  mas porque é o meu estilo, a minha estética, o que gosto, agora por isso vir dizer que um trabalho que saia fora dessa linha não é válido, não é ético, não tem qualidade, revela alguma falta de conhecimento. Por exemplo não me deslumbram especialmente estes autores http://en.wikipedia....i/Maggie_Taylor ou http://en.wikipedia.org/wiki/Jerry_Uelsmann mas sei reconhecer que têm muita qualidade. 

Agora Lopes, para ser sincero e com toda a amizade, acho que estás a confundir isso, com trabalhos amadores manhosos ditos de "fine art" que se vêm nalguns sítios aos pontapés cuja consistência e qualidade é fácil de ver que não existe. 




IT Partilhar Post #24 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 28 Maio 2014 - 20:09

O princípio do negativo?  :wacko:

 

A fotografia acaba quando se mostra, quando se expõe, nem que seja só a nós próprios. Ser fiel ao negativo, e porquê? o negativo é apenas um início, pode também ser logo um fim, mas não deixa de ser um início, embora não seja "o" inicio, pois muito se pode fazer antes ainda do negativo. Quem me conhece, sabe que não sou adepto de grande tropelias ao nível de tratamento,  mas porque é o meu estilo, a minha estética, o que gosto, agora por isso vir dizer que um trabalho que saia fora dessa linha não é válido, não é ético, não tem qualidade, revela alguma falta de conhecimento. Por exemplo não me deslumbram especialmente estes autores http://en.wikipedia....i/Maggie_Taylor ou http://en.wikipedia.org/wiki/Jerry_Uelsmann mas sei reconhecer que têm muita qualidade. 

Agora Lopes, para ser sincero e com toda a amizade, acho que estás a confundir isso, com trabalhos amadores manhosos ditos de "fine art" que se vêm nalguns sítios aos pontapés cuja consistência e qualidade é fácil de ver que não existe. 

 

Eu não disse que não é váldo ou que não é ético. Não ponham palavras na minha boca. Por favor!!!!!!

 

Penso que o trabalho da Maggie Taylor que muito aprecío, extravaza o meu conceito de fotografia, Mas digo, que se é para produzir quadros digitais, quer tenha como génese uma fotografia quer outra coisa quaquer, que se faça a esse nível. Muito nice!!!! Meus queridos cãezinhos ... snifff.

 

Estou a falar claro em fotografia de autor.

 

Na fotografia comercial, epa, o que interessa. Desde que se cumpra o objectivo que é cativar o observador ...


Editado por nbplopes, 28 Maio 2014 - 20:15 .



Partilhar Post #25 diogon

diogon

  • Membro
  • Registo: 09/10/2008
  • Posts: 3920
  • Idade: 46

Publicado 28 Maio 2014 - 20:15

Eu não disse que não é váldo ou que não é ético. Não ponham palavras na minha boca. Por favor!!!!!!

 

 

 

 

 Obviamente que mesmo aqui cabe ao autor fixar os parâmetros que se propõe seguir.Claramente aqui também entra o sentido de ética. Ou seja, em PP o processo criativo deverá ficar o mais adormecido possível.

 

 

Em relação ao "ético" ainda consegui "repescar" isto, quanto ao resto, com os teus sucessivos "edit´s" já não dá, e é estar a responder a uma coisa que ou já lá não está, ou está diferente ou transformada, e assim, desculpa-me, mas não dá para discutir (por esta via).  :th_up:




IT Partilhar Post #26 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 28 Maio 2014 - 20:45

Em relação ao "ético" ainda consegui "repescar" isto, quanto ao resto, com os teus sucessivos "edit´s" já não dá, e é estar a responder a uma coisa que ou já lá não está, ou está diferente ou transformada, e assim, desculpa-me, mas não dá para discutir (por esta via).  :th_up:

 

Completa por favor. Isso está enquadrado num parágrafo. Desculpa, estei meio não dá para eu escrever textos muito longos de cabeça sem revê-los.

 

Mas quando se fala em projecto fotográfico penso que os parâmetros devem ser orientados de tal forma que o resultado final seja o mais fiel possível ao negativo (O princípio do negativo) No caso do digital o Raw. Obviamente que mesmo aqui cabe ao autor fixar os parâmetros que se propõe seguir.Claramente aqui também entra o sentido de ética. Ou seja, em PP o processo criativo deverá ficar o mais adormecido possível.

 

 

Para mim um projecto fotográfico de autor culmina numa fotografia ou várias fotohgrafias. O que determina se uma coisa é ou não uma fotografia em última análise é o negativo. O resultado de muitos trabalhos da Maggie não é isso que acontece. Nem acho que ela defenda o resultado final como uma fotografia. Se o faz para mim não seria ético da sua parte. Digo-o frontalmente. Mas ela não faz sendo que até se considera uma artista digital.

 

Exemplo de um dos trabalhos dela entre muitos:

 

MaggieTaylor3.jpg

 

Isto claramente não é ujma fotografia. O projecto dela é tão fotográfico quanto um pintor, ir a um local e tirar uma foto, chegar ao estúdio e começar a pintar (técnica usada por alguns surrealistas e outros pintores)

 

Eu não estou aqui para impor a minha opinião. Apenas dei a minha.

 

Faço-te a ti a pergunta: 

 

Para uma imagem ser fotografia basta a ideia inicial ter sido obtida com uma máquina fotográfica? É o que parece que estás a argumentar, Eu discordo totalmente dessa visão.


Editado por nbplopes, 28 Maio 2014 - 21:02 .



IT Partilhar Post #27 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 28 Maio 2014 - 21:06

E posso já dizer, que a imagem dos cães assima, pese embora não a considere uma fotografia, e como arte digital é bastante sofrível, vai ser se calhar a foto que mais sucesso tive no facebook :). E se calhar até venderia uns prints aprimorando ainda mais o PP.


Editado por nbplopes, 28 Maio 2014 - 21:08 .



Partilhar Post #28 diogon

diogon

  • Membro
  • Registo: 09/10/2008
  • Posts: 3920
  • Idade: 46

Publicado 28 Maio 2014 - 21:32

Completa por favor. Isso está enquadrado num parágrafo. 

 

Sim, e eu até lhe dei o enquadramento do parágrafo todo. O "erro" que incorres é que o pp deve ser neutro por respeito à tal suposta "realidade" e alterá-lo é transgredir, até eticamente.

 

De resto, talvez fosse importante (e complicado) tentar estabelecer o que é ou não fotografia, limites e fronteiras, só chamando a atenção que a própria definição vai sofrendo mutações ao longo do tempo.  Não tenho certezas neste campo, e pouco gente as terá, embora cada um professe as suas, mas o mais perto que tenho de uma certeza, é que ela não se define pelo negativo...

Pelo que respondo, não respondendo à questão que me puseste, pois ainda falta responder à questão do que é (ou deve ser) ou não uma fotografia. E preocupa-me mais a qualidade do que propriamente a qualificação ou arrumação.

Por curiosidade, deixo aqui um vídeo sobre o construtivismo russo na fotografia, há quase 100 anos  :) 




Partilhar Post #29 . JP .

. JP .

  • Membro
  • Registo: 01/02/2013
  • Posts: 3186
  • Idade: 45
    • Local: Maia
    • You shoot me down but i won't fall. I am titanium!

Publicado 28 Maio 2014 - 22:21

E posso já dizer, que a imagem dos cães assima, pese embora não a considere uma fotografia, e como arte digital é bastante sofrível, vai ser se calhar a foto que mais sucesso tive no facebook :). E se calhar até venderia uns prints aprimorando ainda mais o PP.

Não te guies muito pelo sucesso do facebook...os likes são bem mais baratos que os euros... :D

 

Depois de demonstrares a tua opinião fiquei curioso por perceber o que consideras como limite entre fotografia (fiel ao raw original) e imagem/arte digital (composta ou não com base em elementos fotograficos)...pois para mim é uma zona muito cinzenta e extremamente elástica.

 

Sobre a imagem acima não imagino que a autora a tenha tentado passar como fotografia, por isso parece-me mais importante a honestidade intelectual sobre o processo sem tentar fazer passar o que não é pelo que é do que tentar separar "as aguas" entre fotografia e arte digital...sinceramente não me preocupa nada. Principalmente pq aprecio todas as vertentes da fotografia incluindo imagens com elementos apenas digitais (sem recurso a fotos da "realidade").

 

Mas no fundo concordamos...cada um segue o caminho que entende sem a pretensão de achar que esse é o unico...ou seja, apenas  (bom) senso comum e liberdade.... 

Além do mais o excesso de "compartimentação ideológica" pode funcionar como constrangimento criativo e isso sim deve ser evitado.

 

:th_up:




Partilhar Post #30 SnowSkier

SnowSkier

  • Moderador
  • Registo: 15/06/2009
  • Posts: 7487
    • Local: Albufeira City

Publicado 29 Maio 2014 - 09:48

Muito subjectivo...




Partilhar Post #31 PauloOliveira

PauloOliveira

  • Membro
  • Registo: 28/01/2008
  • Posts: 625
  • Idade: 51
    • Local: Lisboa

Publicado 29 Maio 2014 - 13:03

Para mim, o PS é como a maquilhagem numa mulher, quando é em demasia estraga  :lol:

 

Mas isso sou eu que não edito muito as minhas fotos (e também não vou muito á bola com mulheres demasiado pintadas. Lol)

 

E, como diz o SnowSkier, acaba por ser sempre subjectivo. Não existe uma fronteira definida entre edição e manipulação.

 


Partilhar Post #32 Halegria

Halegria

  • Membro
  • Registo: 01/05/2014
  • Posts: 422
    • Local: Portugal

Publicado 29 Maio 2014 - 19:16

 

Para mim, o PS é como a maquilhagem numa mulher, quando é em demasia estraga  :lol:

 

Mas isso sou eu que não edito muito as minhas fotos (e também não vou muito á bola com mulheres demasiado pintadas. Lol)

 

E, como diz o SnowSkier, acaba por ser sempre subjectivo. Não existe uma fronteira definida entre edição e manipulação.

 

 

Muito bem dito!




IT Partilhar Post #33 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 30 Maio 2014 - 10:16

Depois de demonstrares a tua opinião fiquei curioso por perceber o que consideras como limite entre fotografia (fiel ao raw original) e imagem/arte digital (composta ou não com base em elementos fotograficos)...pois para mim é uma zona muito cinzenta e extremamente elástica.

Penso que cada um é que deverá estabelecer a sua fronteira. O preto branco é um bocado a excepção porque há imagens que funcionam a preto e branco e outras a cores.

Falando em fotografia de autor pessoalmente gosto de imagens honestas nessa matéria e tenho algum "nojo" quando não o são. Honestas no sentido em ou se pretende ser fiel ao negativo ou não se pretende de todo.

Há imagens cuja espectacularidade deriva em grande parte do PP, de tal forma que parecem imagens saídas de um qualquer jogo de computador como uma excelente placa gráfica e são vendidas como fotografia. As pessoas dizem, excelente foto, e eu discordo totalmente. Pese embora a imagem possa ser bonita, mas nao sao pars mim bons exemplos da arte de fotografar. Fotografar, uma accao, como é desenhar, escrever ou pintar. São fotos como um PP avançado, apenas isso. O negativo morreu na praia.

Simplesmente não são para mim credíveis como tal. Essas encaro já como uma forma de expressão que vai para lá da fotografia, pese embora a use como base e avalio-as pessoalmente como tal. Ou seja como una manifestacao de expressso que vai para la da arte de fotografar. Nao é depeeciativa esta distincao, porque nesse expectro fazem-se coisas verdaderamente deliciosas.

Abraço,

Nuno

Editado por nbplopes, 30 Maio 2014 - 10:41 .



Partilhar Post #34 recycle bin

recycle bin

  • Membro
  • Registo: 20/09/2011
  • Posts: 1045

Publicado 30 Maio 2014 - 11:35

alguém me explique o que é uma imagem fiel ao RAW!

 

é que tanto quanto sei, RAW não é a imagem mais aproximada da realidade (seja lá o que isso for...), mas sim um ficheiro com toda a informação que a camera conseguiu captar de uma determinada cena, a partir do qual podemos trabalhar para a aproximar do que vimos, achamos que vimos, ou do que queremos ter como imagem final!

 

o grande problema é que o ser humano tem a tendencia para categorizar tudo, ah isto é fotografia, ah isto não é, ah e tal isto é fine art, ah e tal é arte digital....




IT Partilhar Post #35 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 30 Maio 2014 - 14:09

Não se trata de categorizar, É uma percepção redutora da realidade das coisas.

 

Trata-se no que dás mais importância e enfase nos teus projectos e em projectos dos outros. 

 

São processos criativos totalmente diferentes que nos conduz a uma percepção das coisas diferente ate mesmo a exigência em determinados factores.

 

Um exemplo de paralelo apenas pare se perceber a diferença.

 

Qualquer foto pode ser orquestrada. Não há uma única foto que não possa ser. Mas o valor de uma foto muda pelos simples facto de saberes se é ou não orquestrada.. Há fotos candidas que se fossem orquestradas seriam básicas como foto orquestrada! Até mesmo a interpretação da foto mudaria. Porquê? Porque numa foto orquestrada a exigência ganha outra dimensão plástica para não dizer interpretativa. Simples.

 

Podes dizer que lá estão as pessoas a categorizar as fotos entre candidas e orquestradas, bla bla bla. O que interessa é o resultado final. Não é verdade. A história nos diz que não é verdade. Pode ser assim no mundo comercial onde dás as pessoas aquilo que elas querem ver não necessáriamente aquilo que precisam, no mundo do flickr, do facebook. Pode ser verdade aqui no forum, mas todos sabemos lá no fundo, mesmo no fundo que não é verdade!

 

Há bem pouco tempo um bom fotógrafo português, sofreu a humilhação nos estados unidos, como fama de se manter fiel ao negativo, porque se decobriu que as fotos que enviou para lá foram levaram com photoshop até dizer chega. Sim é isso mesmo, é dar no Photoshop até dizer chega. Penso que foi eram fotos tiradas sobre o Marques de Pombal.

 

Penso que é mais isso que o que a que se refere como a erosão dos aspectos básicos da fotografia quando relaciona isso com o Photoshop, Tira-se objectos, altera-se o céu, muda-se a luz radicalmente  e outras coisa mais e é tudo fotografia. Quando bem feito diz-se é pá grande foto. Tornou-se numa grande misturada de critérios. Tanto que muitos nem pensam nisso quando criam as suas imagens nem quando observam as imagens dos outros. É bonito, epá grande foto! Grande foto? Quanto muito grande imagem, de foto tem apenas a base que se calhar nem PP mereceria como foto. eventualmente como exercicio.

 

Repare-se lá por não ser uma grande foto, não quer dizer que a imagem final não seja uma grande imagem. muito criativa, cheia de arte, cheia de técnica, cheia de tudo o que é bom. Para ser uma grande imagem hoje não tem que ser necessáriamente uma grande foto.


Editado por nbplopes, 30 Maio 2014 - 15:23 .



Partilhar Post #36 Halegria

Halegria

  • Membro
  • Registo: 01/05/2014
  • Posts: 422
    • Local: Portugal

Publicado 30 Maio 2014 - 22:09

Não se trata de categorizar, É uma percepção redutora da realidade das coisas.

 

Trata-se no que dás mais importância e enfase nos teus projectos e em projectos dos outros. 

 

São processos criativos totalmente diferentes que nos conduz a uma percepção das coisas diferente ate mesmo a exigência em determinados factores.

 

Um exemplo de paralelo apenas pare se perceber a diferença.

 

Qualquer foto pode ser orquestrada. Não há uma única foto que não possa ser. Mas o valor de uma foto muda pelos simples facto de saberes se é ou não orquestrada.. Há fotos candidas que se fossem orquestradas seriam básicas como foto orquestrada! Até mesmo a interpretação da foto mudaria. Porquê? Porque numa foto orquestrada a exigência ganha outra dimensão plástica para não dizer interpretativa. Simples.

 

Podes dizer que lá estão as pessoas a categorizar as fotos entre candidas e orquestradas, bla bla bla. O que interessa é o resultado final. Não é verdade. A história nos diz que não é verdade. Pode ser assim no mundo comercial onde dás as pessoas aquilo que elas querem ver não necessáriamente aquilo que precisam, no mundo do flickr, do facebook. Pode ser verdade aqui no forum, mas todos sabemos lá no fundo, mesmo no fundo que não é verdade!

 

Há bem pouco tempo um bom fotógrafo português, sofreu a humilhação nos estados unidos, como fama de se manter fiel ao negativo, porque se decobriu que as fotos que enviou para lá foram levaram com photoshop até dizer chega. Sim é isso mesmo, é dar no Photoshop até dizer chega. Penso que foi eram fotos tiradas sobre o Marques de Pombal.

 

Penso que é mais isso que o que a que se refere como a erosão dos aspectos básicos da fotografia quando relaciona isso com o Photoshop, Tira-se objectos, altera-se o céu, muda-se a luz radicalmente  e outras coisa mais e é tudo fotografia. Quando bem feito diz-se é pá grande foto. Tornou-se numa grande misturada de critérios. Tanto que muitos nem pensam nisso quando criam as suas imagens nem quando observam as imagens dos outros. É bonito, epá grande foto! Grande foto? Quanto muito grande imagem, de foto tem apenas a base que se calhar nem PP mereceria como foto. eventualmente como exercicio.

 

Repare-se lá por não ser uma grande foto, não quer dizer que a imagem final não seja uma grande imagem. muito criativa, cheia de arte, cheia de técnica, cheia de tudo o que é bom. Para ser uma grande imagem hoje não tem que ser necessáriamente uma grande foto.

Concordo contigo. A 100%.




Partilhar Post #37 lmargalho

lmargalho

  • Membro
  • Registo: 28/05/2014
  • Posts: 1086
    • Local: ericeira

Publicado 31 Maio 2014 - 12:04

eu não sou perito em fotografia, mas já aprendi que nos dias de hoje tudo está ligado a informática e a fotografia não ia ser diferente. os programas de edição são uma ferramenta que permite corrigir, alterar ou mesmo criar aquilo que o fotógrafo pretende. se gostamos de fotos realista vamos apenas corrigir pequenos detalhes que surgem por vezes, se quisermos ser mais surrealistas não há limites.

agora a fotografia sem edição seria mais pobre, e uma coisa é certa um bom fotógrafo tem de saber fotografar mas cada vez mais e também saber usar esses programas sob pena de ficar para trás.




Partilhar Post #38 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8304
  • Idade: 37
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 01 Junho 2014 - 19:43

Se todas as fotografias que são alteradas digitalmente fossem banidas, não sobrava uma única imagem tirada numa máquina digital.
Se todas as fotografias que não são fieis à realidade fossem banidas, não sobrava uma única imagem. 

A fotografia nunca poderá ser fiel à realidade. É sempre uma construção ficcionada de um momento, nem que seja pelo simples acto de ser enquadrada. 

Tentar encontrar pureza na fotografia é um esforço inútil. O simples preto e branco já é uma alteração à "fotografia", seja ele obtido na máquina ou em pós produção.

Enquadrar ou focar é alterar a realidade ao nosso gosto, para transmitir uma ideia ou pensamento. 

Mais preocupante que as alterações estéticas das imagens é o conteúdo das mesmas... Isso sim é algo que merece reflexão. 




Partilhar Post #39 Samwise

Samwise

  • Membro
  • Registo: 03/03/2011
  • Posts: 2875
  • Idade: 45
    • Local: Lisboa

Publicado 01 Junho 2014 - 21:44

Bom tópico.

 


Se photoshop fosse banido a maioria das revistas sairia com páginas em branco. A resposta é sim, de fato, photoshop erodiu a qualidade básica de fotografia que é credibilidade.

 

 

 

Tenho vários comentários a fazer sobre isto:

 

1 - Se a maioria das revistas sairia com as páginas em branco significa que há um consenso generalizado sobre os benefícios do Photoshop. Mas o Sr. decide inverter o bico ao prego. Está no seu direito.

 

2 - Não percebo o que é que há a "erodir" com o PS. Comparo os efeitos e capacidades do PS às figuras de estilo na literatura, sem tirar nem pôr. São a camada açucarada por cima do bolo que, se bem aplicadas, enriquecem substancialmente o seu sabor. Se retirássemos as figuras de estilo à literatura, a maioria dos livros sairia com as páginas em branco. As figuras de estilo distorcem a "verdade" a níveis por vezes delirantes. "Amor é fogo que arde sem se ver". Que grande mentira!!! :D

 

3 - A qualidade básica da fotografia é a credibilidade? Por ordem de quem? Não concordo com isto sobre nenhum ponto de vista. O fotógrafo é que decide o que pretende manifestar através do seu trabalho, tudo o resto não tem a mais pequena importância para o acto. Pode haver conteúdo e técnica numa fotografia e esta não ter qualquer sentido de real, de credível, de "acreditável". É mau? Nem por sombras. Depende dos usos que se fazem delas, e aqui o Deim tocou naquilo que é muito mais importante (ou grave, dependendo do contexto): as mentiras de "conteúdo"...


Editado por Samwise, 01 Junho 2014 - 21:45 .



IT Partilhar Post #40 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6675

Publicado 02 Junho 2014 - 08:10

Penso que estão a perder objectividade daquilo que é dito. Aliás, penso que nem se quer estão a perceber a questão levantada pelo Eriwitt.

 

Outro fotóhgtafo que escreve mais a mesma coisa mas de forma diferente, Nem se quer fala do Photoshop.

 

“A photograph is not created by a photographer. What they does is just to open a little window and capture it. The world then writes itself on the film. The act of the photographer is closer to reading than it is to writing. .... ”

 

Ferdinando Scianna, Italian, b. 1943 

 

FerdinandoScianna32-650x438.jpg

 

Por falar em figuras de estilo.


Editado por nbplopes, 02 Junho 2014 - 08:26 .