Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Anúncios (remover)

Foto

Mercado da fotografia em Portugal


  • Por favor inicie sessão para responder
42 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 7832
  • Idade: 34
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 23 Janeiro 2014 - 23:24

Também não tenho absolutamente nada contra as pessoas correrem atrás de novas oportunidades e/ou fontes de renda. A crise está aí e afecta a toda gente. Quando o desemprego bate à porta de uma família, tudo passa a ser uma opção viável, e a fotografia, com as facilidades de hoje em dia, surge como uma alternativa tremendamente acessível.

 

Mas é justamente este "fenômeno" que acaba invariavelmente por afectar de forma muito negativa o trabalho dos profissionais de fotografia. O senhor lá da "terrinha" não prestou um trabalho decente, como o joserocha referiu, mas lá ganhou o seu dinheirinho. E o profissional de fotografia lá da "terrinha", como fica? Pois...

Pera lá... Eu como cliente gosto de poder escolher. Se quiser comer um big mac, a última coisa que preciso é alguém a dizer-me que o que eu deveria querer era ir jantar à marisqueira. Se os clientes estão felizes com o trabalho, porque é que deviam ter contratado outro fotógrafo? 




Anúncios

Partilhar Post #22 Bezos

Bezos

  • Membro
  • Registo: 05/07/2013
  • Posts: 1027
  • Idade: 42
    • Local: Lisboa - Portugal
    • Corrija o sábio e o fará mais sábio... Corrija o tolo e o fará seu inimigo!

Publicado 24 Janeiro 2014 - 00:15

Pera lá... Eu como cliente gosto de poder escolher. Se quiser comer um big mac, a última coisa que preciso é alguém a dizer-me que o que eu deveria querer era ir jantar à marisqueira. Se os clientes estão felizes com o trabalho, porque é que deviam ter contratado outro fotógrafo? 

 

deim, pensei ter deixado bem claro numa das minhas respostas anteriores que não era esta a questão que estava a discutir. Podes ter passado ao lado do texto, o que é perfeitamente normal, por isso transcrevo aqui novamente o trecho em questão:

 

 

Se alguém quer trabalhar como fotógrafo profissional, que o faça pelas vias corretas: investindo em formação adequada! Só assim terá uma noção mais realista de todos os custos inerentes à atividade e poderá cobrar o preço justo pelo seu trabalho.

 

Aproveito para realçar que não sou contra trabalhos mais baratos no estilo "low-cost". Há por aí no mercado opções interessantes neste estilo (casamentos low-cost, batizados low-cost, festas de aniversário low-cost, etc.), mas são serviços oferecidos e executados por profissionais que sabem exatamente quanto custa o exercício da sua atividade e que cobram o preço justo com base nesta informação.

 

Esclarecido? :th_up:




Partilhar Post #23 joserocha

joserocha

  • Membro
  • Registo: 11/05/2012
  • Posts: 2814
    • Local: Vila Nova de Gaia

Publicado 24 Janeiro 2014 - 00:25

E o profissional de fotografia lá da "terrinha", como fica? Pois...


Ele é o profissional da terrinha :)


Partilhar Post #24 goncalofsantos

goncalofsantos

  • Novo Membro
  • Registo: 05/12/2012
  • Posts: 5

Publicado 24 Janeiro 2014 - 13:26

Olá,

Antes de mais não te preocupes já com o dinheiro que vais ganhar, tenta primeiro perceber se é em fotografia que queres trabalhar.

 

Não tenho opinião formada sobre o assunto mas vi o tópico e gostava de ajudar por isso vou deixar uma situação do Alec Soth:

 

"Try everything. Photojournalism, fashion, portraiture, nudes, whatever. You won’t know what kind of photographer you are until you try it. During one summer vacation (in college) I worked for a born-again tabletop photographer. All day long we’d photograph socks and listen to Christian radio. That summer I learned I was neither a studio photographer nor a born-again Christian. Another year I worked for a small suburban newspaper chain and was surprised to learn that I enjoyed assignment photography. Fun is important. You should like the process and the subject. If you are bored or unhappy with your subject it will show up in the pictures. If in your heart of hearts you want to take pictures of kitties, take pictures of kitties."

 

 

E outra situação do Rocky:

 

“Life's not about how hard of a hit you can give... it's about how many you can take, and still keep moving forward.” 

 

Abraço

G




Partilhar Post #25 nbplopes

nbplopes

  • Membro
  • Registo: 12/07/2012
  • Posts: 6008

Publicado 27 Janeiro 2014 - 09:11

Todo o género de fotografia pode ser bastante boa, to do género de assuntos, tudo depende como o fotografo a vê e a integra na sua vida. Ouve alguém que me disse "If you find your photography boring, get an interesting life. Don't blame the subjects or systematically think you lack the skills."

 

A qualidade do produto acabar ser um pouco o reflexo disso.

 

Algo para pensar.


Editado por nbplopes, 27 Janeiro 2014 - 09:14 .



Partilhar Post #26 pith

pith

  • Membro
  • Registo: 21/10/2013
  • Posts: 326

Publicado 27 Janeiro 2014 - 12:08

Todo o género de fotografia pode ser bastante boa, to do género de assuntos, tudo depende como o fotografo a vê e a integra na sua vida. Ouve alguém que me disse "If you find your photography boring, get an interesting life. Don't blame the subjects or systematically think you lack the skills."

 

A qualidade do produto acabar ser um pouco o reflexo disso.

 

Algo para pensar.

 

 

Concordo inteiramente com este ponto de vista!

 

Por vezes temos de mandar uns solavancos na vida... 




Partilhar Post #27 Subtas

Subtas

  • Membro
  • Registo: 12/05/2011
  • Posts: 110

Publicado 28 Janeiro 2014 - 10:32

Caros amigos

A fotografia não está em crise!

Cada vez se faz mais fotografias. O Instagram é o rico negócio. As lojas que resistiram voltaram a vender (não os números de antigamente mas a venderem razoavelmente). Continua-se a imprimir fotografia. Lá fora fazem-se coisa magnificas!

O que está a haver é uma mudança de paradigma que vai alterar o comercio de fotografia (ou da fotografia), em breve!

Quando a fotografia passou de físico a digital, mesmo havendo muito mais investimento, julgou-se que ia ser a solução para os preços "altos". Lembro que nos finais dos anos 2000 uma fotografia para a Vaqueiro custava 20.000 euros onde se incluía fotografia, stylingfood, material, estúdio, assistentes, etc e agora custa 300 euros  :clap: . E tudo aplaudia! Esqueçam lá isso de stylingfood, todos sabemos fazer. Assistentes? Fino heen!? Estudio? Mesa do Ikea um flashinho walimex uma d7000 e chega muito bem...tb para o que pagam!! Dizem! Quais sinar P com back digital Sinar e gastar 120.000 euros? Iluminação Broncolor? Qué isso? Ter um estúdio no valor de 300.000 euros? dasssss! Não estamos na América. Pois é!

Só que nos finais dos anos 2000 era feito por profissionais a sério! stylingfood's a sério! Em estúdios a sério! e na altura a publicidade Portuguesa ganhava prémios lá fora.

Falando de publicidade convido-os a visitar sites onde se mencionam prémios de publicidade (e até no facebook é normal "ouvirem" dizer que mais um português ganhou um prémio de publicidade mas vejam em que país estão a trabalhar - Brasil, Moçambique, Inglaterra) porque cá já há muitos anos que ninguém ganha rigorosamente nada. Só se for de copy porque sempre tivemos muita labia. Regredimos mais de 20 anos em termos de imagem neste últimos 4 ou 5 anos! (Em termos gerais, claro. Ainda os há (fotógrafos) que por tb trabalharem lá fora continuam no topo. Mas poucos, muito poucos)

Recapitulando, agora (e continuo a falar de publicidade) a fotografia é feita por miúdos acabadinhos de sair da escola, escola onde os professores nunca fizeram uma fotografia profissional, alguns até mentem nos seus currículos e nem têm a experiência de a vender. E os miúdos apresentam-se ás empresas como os salvadores do negócio com preços que não pagam o uso (desgaste) de um equipamento razoável! Há dias contaram-me que haveria alguém que ia ao Porto fazer dois vídeos e duas sessões fotográficas por 390 euros, viagem e tudo  :clap: . Sair de madrugada, chegar de madrugada! Trabalho escravo, portanto!

Isto porque tb apareceu outra desculpa esfarrapada! Os meios de publicação (nomeadamente os digitais) baixaram as calças e puseram tudo de borla. Os jornais grátis, as edições na internet para todos, a ideia que pegar numa fotografia na net não era roubo...E arrastou tb a fotografia para as ruas da amargura. Sou do tempo que se pagava 150 euros por uma fotografia para ilustrar uma revista se fosse interior. Porque se fosse capa nem me quero recordar para não ter de ir buscar os xanax.

Mas o paradigma está a mudar. Chegaram agora as mentes inteligentes que afinal as ditas publicações têm de ser pagas. Temos de pagar o que consumimos...dizem! O audiovisual afinal é muito importante.
Talvez em breve tb se chegue à conclusão que alimentar a fotografia barata, sem experiência, feita por incultos, analfabéticos (fotograficamente falando) seja prejudicial e não traga afinal os objectivos pretendidos. Talvez!

Entretanto vamos mandando umas bojardas por aqui até a tempestade passar

 

Abraços

 

 

 Gostei de ler! Muito sentido nesse post.

 

 

Isto:

 

-----------------------------------------------

 

 

Infelizmente não é bem assim. Às vezes não sei quem é mais azeiteiro, se os fotógrafos, se os clientes. 

 

ahahaha! O que eu me ri com isto!
 

 




Partilhar Post #28 Iloper

Iloper

  • Membro
  • Registo: 09/09/2008
  • Posts: 4023

Publicado 28 Janeiro 2014 - 11:14

Recentemente conheci um rapaz, por sinal bem humilde e boa pessoa. Comprei-lhe material. Qual nao é meu espanto quando saca do tablet e me começa a mostrar trabalho feito la fora. O rapaz trabalha exclusivamente para fora e lá fora. Ou seja, esta ca mas na trabalha ca. O trabalho existe, mas tal como diz o nosso amigo perception, mal pago. Os profissionais foram embora ou trabalham para fora... ca fazem-se sessoes a 30e, como ja vi. Por 30e, nao se tem trabalho profissional


Partilhar Post #29 Perception

Perception

  • Membro
  • Registo: 20/10/2010
  • Posts: 109

Publicado 28 Janeiro 2014 - 14:55

Sobre a entrada de novos profissionais:

A Ordem dos Advogados como não consegue impedir as faculdades particulares de debitar alunos para o mercado e obviamente vir a prejudicar a qualidade da advocacia está a ponderar condicionar os novos à Ordem!

Num mercado onde não cabe mais uma agulha é perigoso as escolas continuarem a fazer fotógrafos, muitos de agitação e prontos a usar  :) 

Ter mais fotógrafos no mercado não trás qualidade! Mais fotógrafos no mercado faz baixar preços para além do razoável e por uma questão de sobrevivência corre-se o risco de destruir a qualidade alcançada nos últimos anos.

 




Partilhar Post #30 Perception

Perception

  • Membro
  • Registo: 20/10/2010
  • Posts: 109

Publicado 28 Janeiro 2014 - 15:00

Recentemente conheci um rapaz, por sinal bem humilde e boa pessoa. Comprei-lhe material. Qual nao é meu espanto quando saca do tablet e me começa a mostrar trabalho feito la fora. O rapaz trabalha exclusivamente para fora e lá fora. Ou seja, esta ca mas na trabalha ca. O trabalho existe, mas tal como diz o nosso amigo perception, mal pago. Os profissionais foram embora ou trabalham para fora... ca fazem-se sessoes a 30e, como ja vi. Por 30e, nao se tem trabalho profissional

 

Queres ver trabalho bom?

Então procura o fotografo Português Frederico Martins! Para mim um dos melhores fotografos de moda em Portugal e até talvez na Europa.
Pelo seu estatuto é o embaixador da Phase One para uma serie de países.

Queres outro?

Pedro Ferreira, fotografo da Vogue

Outro ainda?

Luís Magone
Carlos Ramos
.........

Podia-te fazer uma lista extensa de excelentes fotógrafos em Portugal que não cobram 30 euros (nem 150 por capas de CD's  :) ) (nem eu  :D )


Editado por Perception, 28 Janeiro 2014 - 15:01 .



Partilhar Post #31 _jn_

_jn_

  • Membro
  • Registo: 12/02/2010
  • Posts: 2779
    • Local: Estoril

Publicado 28 Janeiro 2014 - 17:51

Para se ser excelente não se  pode correr atrás de dinheiro, ser invejoso, ser nacionalista ou anti, ficar preso a quantidades lugares, oportunidades, etc.

 

Para se ser excelente tem de se ser humilde, tolerante, interessado, positivo, despreocupado, aberto, criativo, concentrado, etc.

 

O dinheiro é secundário. Nenhum excelente profissional de seja o que for escolheu a sua profissão pelo dinheiro. Nenhum excelente profissional deixou de ter lugar de destaque em qualquer ramo de actividade.




Partilhar Post #32 mustainept

mustainept

  • Novo Membro
  • Registo: 09/06/2014
  • Posts: 5
    • Local: Porto

Publicado 12 Junho 2014 - 12:53

Olá a todos! Este é um tópico muito interessante.

Penso que posso dar um contributo importante pois nunca fui fotógrafo (profissional) até que há 1 ano a minha situação profissional degradante me fez "experimentar" umas sessões com amigos.. Hoje alimento (e bem) uma familia inteira com a fotografia, com muito investimento (equipamento e formação) mas essencialmente muito trabalho, estudo e dedicação.

Agora que vou conhecendo um pouco melhor o mercado da fotografia (fotografia de familia), fico pasmado por um lado com o investimento que alguns clientes estão dispostos a fazer e por outro, com o baixo nível de exigência generalizado que existe. Fico pasmado com a quantidade de trabalho que maus/pessimos fotografos têem...

Resumindo, todos os sectores teem os seus problemas. Sou novo neste e estou completamente apaixonado. Vim do sector da arquitectura e construção e só vos posso dizer que a fotografia dê ou não para enriquecer, é muito mas muito mais gratificante. A todos os níveis!

Bom trabalho a todos!




Partilhar Post #33 _jn_

_jn_

  • Membro
  • Registo: 12/02/2010
  • Posts: 2779
    • Local: Estoril

Publicado 12 Junho 2014 - 13:16

"Membro recente, sejam simpáticos por favor."  :D  Eu devo ser um membro muito antigo  :) 

 

Obrigado pela partilha de uma situação de sucesso na fotografia.




Partilhar Post #34 Dropshadow

Dropshadow

  • Membro
  • Registo: 12/03/2014
  • Posts: 140

Publicado 14 Junho 2014 - 13:45

Pessoal já dei a minha opinião num outro tópico relacionado com o assunto e deixo de novo aqui um vídeo/opinião que vai de encontro ao que eu acho em relação a este assunto (mercado):


Resumindo, não se preocupem que não é o fotógrafo amador com preços dos chineses que "estraga o mercado" e rouba trabalho aos "profissionais". Eu se me casar e tiver € para investir num bom fotógrafo, não irei investir num amador que apresenta um trabalho inferior, é basicamente como disse o amigo deim. Por outro lado, se o orçamento para todo o "evento" for muito apertado vou ficar sem fotógrafo? Não, vou procurar alguém que pratique orçamentos mais reduzidos, sacrificando um pouco a qualidade (o que nem sempre é verdade).


Partilhar Post #35 ternopil

ternopil

  • Membro
  • Registo: 14/08/2012
  • Posts: 371
  • Idade: 24
    • Local: Alenquer

Publicado 14 Junho 2014 - 16:57

Esses fotografos amadores que querem € pelas suas fotografias, não sei qual é o ponte de vista deles. Secalhar pensam que o trabalho dele é bastante bom e que já pode levar € pelas fotos. Será que eles não têm olhos? 99% desses fotografos amadores têm uma entery level DSLR e uma lente do kit, e ainda andam na escola. E também têm uma marca de agua toda marada em todas as fotos. Ou então as vezes têm a trista ideia de por uma marca de agua gigante mesmo no meio da foto. E na maioria das casos é tipo "Photography By *******". As pessoas que contratam esses fotografos também não percebem muito de fotografia, e ficam satisfeitos com aquilo, "bom" e barato.

 

Resumidamente, quem não pesca nada de fotografia, vai contratar um fotografo qq, mais provavelmente, o que tem os preços mais baratos. Agora uma pessoa que tem uma minima ideia de fotografias boas, vai procurar um fotografo bom. 

Eu por exemplo, também sou um amador, mas nunca me veio a cabeça pedir € pelas minhas fotografias. Eu apenas sei que ainda não cheguei ao nível de levar € por isso. É claro que se alguém oferecer o € sozinho, não vou recusar, :D.




Partilhar Post #36 PauloOliveira

PauloOliveira

  • Membro
  • Registo: 28/01/2008
  • Posts: 620
  • Idade: 48
    • Local: Lisboa

Publicado 15 Junho 2014 - 18:36

Esses fotografos amadores que querem € pelas suas fotografias, não sei qual é o ponte de vista deles. Secalhar pensam que o trabalho dele é bastante bom e que já pode levar € pelas fotos. Será que eles não têm olhos? 99% desses fotografos amadores têm uma entery level DSLR e uma lente do kit, e ainda andam na escola. E também têm uma marca de agua toda marada em todas as fotos. Ou então as vezes têm a trista ideia de por uma marca de agua gigante mesmo no meio da foto. E na maioria das casos é tipo "Photography By *******". As pessoas que contratam esses fotografos também não percebem muito de fotografia, e ficam satisfeitos com aquilo, "bom" e barato.

 

Resumidamente, quem não pesca nada de fotografia, vai contratar um fotografo qq, mais provavelmente, o que tem os preços mais baratos. Agora uma pessoa que tem uma minima ideia de fotografias boas, vai procurar um fotografo bom. 

Eu por exemplo, também sou um amador, mas nunca me veio a cabeça pedir € pelas minhas fotografias. Eu apenas sei que ainda não cheguei ao nível de levar € por isso. É claro que se alguém oferecer o € sozinho, não vou recusar, :D.

 

Pois... Mas ao não cobrares o teu trabalho, és o primeiro a desacreditá-lo. E não falo em pedir pequenas fortunas mas sim em pedir um preço justo pelo que fazes. Não tens custos associados? Todos nós vemos facilmente os custos visiveis de algo mas os custos não visiveis são mais complicados de detectar  ;)

É a velha história de contratares um estucador para fazer umas obras lá em casa e perguntares se pode fazer de graça porque ao menos está a divulgar o seu trabalho de estucador  :D

Além de que, ao não cobrares, estás a fazer concorrência desleal a quem vive da fotografia.

Quando muito cobra-se um valor simbólico. Agora, fazer o trabalho de borla, nunca!  :foto:




Partilhar Post #37 ternopil

ternopil

  • Membro
  • Registo: 14/08/2012
  • Posts: 371
  • Idade: 24
    • Local: Alenquer

Publicado 15 Junho 2014 - 20:24

Eu não recebo pedidos para fotografar casamentos, crianças, love story, etc... As vezes os meus amigos pedem me para tirar fotos, não os vou cobrar por isso, claro. E se recusasse, tenho a certeza que eles não iam pagar a um fotografo para o fazer. 

Ah, eu desacredito muito o meu trabalho sozinho,  :D  :D. Se sentir que estou a ter bons resultados, poderei então começar a cobrar. 

 

Não quero vender algo de que não gosto, entende? 


Editado por ternopil, 15 Junho 2014 - 20:25 .



Partilhar Post #38 amando96

amando96

  • Membro
  • Registo: 30/03/2010
  • Posts: 1013
  • Idade: 26
    • Local: Düsseldorf

Publicado 15 Junho 2014 - 21:30

Não és tu que precisas de gostar, é o cliente, se ficam contentes com fotos de [auto removido], umas pouco acima da média já são um espectáculo.




Partilhar Post #39 ternopil

ternopil

  • Membro
  • Registo: 14/08/2012
  • Posts: 371
  • Idade: 24
    • Local: Alenquer

Publicado 15 Junho 2014 - 22:13

Não gosto de aproveitar o pouco conhecimento de fotografia de outras pessoas só para ganhar €. 




Partilhar Post #40 amando96

amando96

  • Membro
  • Registo: 30/03/2010
  • Posts: 1013
  • Idade: 26
    • Local: Düsseldorf

Publicado 15 Junho 2014 - 22:33

Um negócio é mesmo isso, é "aproveitares" a falta de conhecimentos dos outros, conhecimento é relativo, nuns aspectos é melhor que os outros, e noutros és pior.

 

Não tenhas dúvidas que todos os dias tu próprio és "vítima" disso.


Editado por amando96, 15 Junho 2014 - 22:36 .