Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Anúncios (remover)

Foto

Canon 60d medição matricial não funciona?


  • Por favor inicie sessão para responder
16 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 PRCanon

PRCanon

  • Membro
  • Registo: 12/03/2011
  • Posts: 131

Publicado 20 Outubro 2013 - 15:05

Olá, este fim de semana passei-o com a minha canon 60d na mão... Em exteriores tudo foi correndo mais ou menos mas quando entro numa basílica tive de começar a compensar exposição... Então apercebi-me que se tiver apenas um ponto de foco seleccionado a maquina lê a luz nesse ponto... Com a medição matricial seleccionada!!!
Alguém sabe o que se poderá passar?


Anúncios

IT Partilhar Post #2 PRCanon

PRCanon

  • Membro
  • Registo: 12/03/2011
  • Posts: 131

Publicado 21 Outubro 2013 - 08:02

Ora bem...

Desde ontem que andei a tentar perceber o porque de ter de andar a fazer compensação de exposição dentro das basílicas.

Encontrei isto num blog que se calhar explica o que está a acontecer.

 

"The Evaluative metering system biases to the focus point. Easy to test. Stick your camera on a tripod, or hold it steady in a room with varied lighting. Now, start moving your focus point around and watch your exposure change.
I'm in the habit of changing my focus point around to match my composition so this makes Evaluative metering useless for me in most of the cityscape/landscape work that I do. Not great for portraiture either in most cases."
 

Mas, a ser verdade... para que é que eu quero um sistema de medição de 63 zonas se depois só vai ponderar a zona que estou a focar? é que eu tenho inclusive o hábito de usar o ponto central de focagem e depois reenquadrar...




Partilhar Post #3 zimarrio

zimarrio

  • Membro
  • Registo: 22/10/2009
  • Posts: 529
  • Idade: 37
    • Local: Porto

Publicado 21 Outubro 2013 - 09:38

Porque não usas o "Center Weighted Average Metering" (não sei o nome em português...)? Este dá sempre predominância ao centro, independentemente do ponto de focagem.


Editado por zimarrio, 21 Outubro 2013 - 09:40 .



Partilhar Post #4 Paulo M. F. Pires

Paulo M. F. Pires

  • Moderador
  • Registo: 13/03/2010
  • Posts: 4695
  • Idade: 41
    • Local: Pombal
    • Hmmm...

Publicado 21 Outubro 2013 - 09:56

Sim, a medição matricial tem em consideração a area do ponto(s) AF activo(s). É normal. 

 

Agora, se a variação de luz dessa zona for muito maior que as restantes zonas, é perfeitamente normal que o maior peso para o calculo de exposição venha dessa mesma zona.




IT Partilhar Post #5 PRCanon

PRCanon

  • Membro
  • Registo: 12/03/2011
  • Posts: 131

Publicado 21 Outubro 2013 - 14:08

Olá pessoal... 

 

Porque não usas o "Center Weighted Average Metering" (não sei o nome em português...)? Este dá sempre predominância ao centro, independentemente do ponto de focagem.

 Apenas porque ainda não tenho a destreza suficiente para focar, depois bloquear exoisão e só depois reenquadrar. Tenho usado o matricial mas não me tenho dado mal.

 

 

Sim, a medição matricial tem em consideração a area do ponto(s) AF activo(s). É normal. 

 

Agora, se a variação de luz dessa zona for muito maior que as restantes zonas, é perfeitamente normal que o maior peso para o calculo de exposição venha dessa mesma zona.

 

Por acaso na 500d nunca me tinha apercebido disso. Mas atenção, se calhar vou analisar as fotos e descubro que não tinha tido as condições exactas que tive desta vez. E sim o contraste era enorme. Estava a tentar fazer uma simetria numa catedral. Focava a 1/3 e depois reenquadrava e tinha paredes completamente na sombra e no altar, vitrais!!!

 

Mas se é normal já não me chateio. Tinha era a noção de que a máquina lia TODA a cena e expunha da melhor forma para aquela cena independentemente do ponto de foco.

 

Já aprendi mais alguma coisa :D nada mau!

 

Obrigado pelas vossas respostas.




Partilhar Post #6 sparrow

sparrow

  • Membro
  • Registo: 06/04/2011
  • Posts: 839
  • Idade: 40
    • Local: Póvoa da Galega - Mafra

Publicado 21 Outubro 2013 - 14:21

eu por acaso nunca compreendi muito bem as diferenças entre os vários tipos de medição.

 

na minha Canon 600D tenho sempre a medição matricial seleccionada... mas gostava de perceber isso melhor.

 

se houver alguma alma caridosa com paciência para explicar os vários tipos de medição de maneira a que um puto de 4 anos perceba agradeço!  :th_up:




Partilhar Post #7 Paulo M. F. Pires

Paulo M. F. Pires

  • Moderador
  • Registo: 13/03/2010
  • Posts: 4695
  • Idade: 41
    • Local: Pombal
    • Hmmm...

Publicado 21 Outubro 2013 - 17:36

Basicamente os tipos de medição diferem na area utlizada para o calculo da exposição:

 

Medição Matricial: É abrangida toda a cena, e como vimos neste tópico, tendo em conta o ponto AF activo. Serve para 90% dos casos.

 

Medição Parcial: É utlizada uma area central, circular de x % ( varia com os modelos ). Útil, por exemplo, quando o fundo tem mais luz que o motivo. Assim ele calcula uma exposição para que o motivo fique correctamente exposto ( claro que o fundo poderá ficar "estoirado :D )

 

Medição Pontual: Igual à anterior, mas com uma area muito menor. Nalguns modelos aparece mesmo um circulo com essa area ( a 7D tem isso ). Serve para medir uma area muito especifica da cena. Imagina um passaro pequeno a saltitar no meio dos arbustos...  assim, com este tipo de medição, garanto a exposição correcta do passaro, mesmo que os fundos mudem.

 

Medição Ponderada com predominância ao centro: É medida ao centro ( area maior que a medição parcial ) e entra para a média da cena completa. Sinceramente, sabendo o que faz a matricial duvido que esta tenha resultados "práticos", mas quem quiser que opine..   

 

EDIT: Existem outras variáveis que entram na medição da cena ( contraste , WB, etc ) e uma má utlização dos modos que não o matricial podem prejudicar os resultados finais.


Editado por Paulo M. F. Pires, 21 Outubro 2013 - 17:39 .



Partilhar Post #8 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4570
    • Local: Porto

Publicado 22 Outubro 2013 - 09:40

Basicamente os tipos de medição diferem na area utlizada para o calculo da exposição:

 

Medição Matricial: É abrangida toda a cena, e como vimos neste tópico, tendo em conta o ponto AF activo. Serve para 90% dos casos.

 

"Tendo em conta o ponto AF activo? :hmm:  Explica lá isso melhor. Pensava que a medição matricial media todo o enquadramento e calculava a "média" da luz da cena para obter uma exposição (mais ou menos) uniforme. E isto é independente do ponto de focagem (que me parece irrelevante).

O ponto de focagem é sim relevante nos outros tipos de medição (parcial, pontual...).

Não? :hmm:




Partilhar Post #9 Paulo M. F. Pires

Paulo M. F. Pires

  • Moderador
  • Registo: 13/03/2010
  • Posts: 4695
  • Idade: 41
    • Local: Pombal
    • Hmmm...

Publicado 22 Outubro 2013 - 09:58

"Tendo em conta o ponto AF activo? :hmm:  Explica lá isso melhor. Pensava que a medição matricial media todo o enquadramento e calculava a "média" da luz da cena para obter uma exposição (mais ou menos) uniforme. E isto é independente do ponto de focagem (que me parece irrelevante).

O ponto de focagem é sim relevante nos outros tipos de medição (parcial, pontual...).

Não? :hmm:

 

E mede. Deveria ter dito "tem em conta o ponto AF para os calculos ".  

 

Imagina uma parede interior com uma janela para o exterior. Se o ponto AF Activo estiver sobre a janela garantidamente a maquina vai sub-expor a cena toda. Isto com a medição matricial seleccionada. 

 

Em relação aos outros tipos de medição, depende do modelo. Os modelos de "topo" fazem "spot metering" em qualquer um dos pontos AF seleccionados.


Editado por Paulo M. F. Pires, 22 Outubro 2013 - 09:59 .



Partilhar Post #10 zimarrio

zimarrio

  • Membro
  • Registo: 22/10/2009
  • Posts: 529
  • Idade: 37
    • Local: Porto

Publicado 22 Outubro 2013 - 10:01

"Tendo em conta o ponto AF activo? :hmm:  Explica lá isso melhor. Pensava que a medição matricial media todo o enquadramento e calculava a "média" da luz da cena para obter uma exposição (mais ou menos) uniforme. E isto é independente do ponto de focagem (que me parece irrelevante).

O ponto de focagem é sim relevante nos outros tipos de medição (parcial, pontual...).

Não? :hmm:

 

Na medição matricial é usada todo o enquadramento mas é dado mais peso às zonas mais próximas do ponto de focagem activo.

 

Por isso é que sugeri ao PRCanon que usasse a Medição Ponderada com predominância ao centro (raio de nome). Este é parecido com o matricial mas não tem em conta o ponto de focagem. Pondera sempre dando mais peso ao centro.

 

(Desculpa Paulo, não tinha visto a tua resposta)


Editado por zimarrio, 22 Outubro 2013 - 10:02 .



Partilhar Post #11 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4570
    • Local: Porto

Publicado 22 Outubro 2013 - 10:03

E mede. Deveria ter dito "tem em conta o ponto AF para os calculos ".  

 

Imagina uma parede interior com uma janela para o exterior. Se o ponto AF Activo estiver sobre a janela garantidamente a maquina vai sub-expor a cena toda. Isto com a medição matricial seleccionada. 

 

Será? :hmm:

Então para que diacho serve a medição matricial?

É basicamente igual à "parcial", não?

Pensava que a matricial te desse a exposição balanceada de toda a cena, independentemente do ponto focagem seleccionado.

Se não, qual o modo que calcula a luz "média" para uma paisagem, p. ex.?




Partilhar Post #12 ruicarv79

ruicarv79

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 4570
    • Local: Porto

Publicado 22 Outubro 2013 - 10:06

Na medição matricial é usada todo o enquadramento mas é dado mais peso às zonas mais próximas do ponto de focagem activo.

 

Por isso é que sugeri ao PRCanon que usasse a Medição Ponderada com predominância ao centro (raio de nome). Este é parecido com o matricial mas não tem em conta o ponto de focagem. Pondera sempre dando mais peso ao centro.

 

(Desculpa Paulo, não tinha visto a tua resposta)

Desculpa, zimarrio.  Mas escrevemos quase ao mesmo tempo e não vi tua resposta.

Continuo não convencido. Parece-me que a matricial mede mesmo toda a cena e não dá mais peso a determindado ponto de focagem.

Vou pesquisar mais.

 

EDIT: parece que têm razão. De facto, na medição matricial a área circundante ao ponto de focagem tem mais peso na medição.

Está-se sempre a aprender! :th_up:

Para quando uma medição "média" de todo o frame? :D


Editado por ruicarv79, 22 Outubro 2013 - 10:14 .



Partilhar Post #13 Paulo M. F. Pires

Paulo M. F. Pires

  • Moderador
  • Registo: 13/03/2010
  • Posts: 4695
  • Idade: 41
    • Local: Pombal
    • Hmmm...

Publicado 22 Outubro 2013 - 10:16

@ruicarv79

 

Além de pesquisares, podes também testar. Eu passei umas boas horas quando me deparei com certas "medições" estranhas da 450D e da 7D. Ou seja, tinha a mesma sensação que o OP ao usar a medição matricial.

 

Mesmo em casa, com um candeeiro de tecto dá para testar isso :D




Partilhar Post #14 sparrow

sparrow

  • Membro
  • Registo: 06/04/2011
  • Posts: 839
  • Idade: 40
    • Local: Póvoa da Galega - Mafra

Publicado 22 Outubro 2013 - 11:28

já estou a aprender algumas coisas. obrigado pela info!




Partilhar Post #15 lalmeida

lalmeida

  • Membro
  • Registo: 11/04/2010
  • Posts: 328

Publicado 22 Outubro 2013 - 13:51

O modo "matrix" ou "evaluative", é, de facto, muito complexo. Na realidade o que o sistema faz é medir a luz reflectida que incide em cada uma das áreas do enquadramento. O processador tem em memória uma look-up table (chamemos-lhe base de dados), que é indexada pelos valores medidos. O que o sistema está a fazer é a tentar adivinhar que tipo de imagem é que tem perante si, dentro de um conjunto de imagens tipo. Se pensares bem a maioria de fotos que são tiradas correspondem a um padrão - paisagens, interiores, retratos, etc que seguem um determinado padrão aproximado de luz reflectida por cada zona do enquadramento. Estas bases de dados estão constantemente a ser refinadas com novos modelos e algoritmos. É por isso que todos os novos modelos têm sistemas de medição matricial diferentes e apresentam resultados melhores que os anteriores. Mas o ponto fundamental é este: o sistema é falível. Isto porque não pode prever todas as situações possíveis a que o vais submeter. Aliás, eu acho até que deveríamos colocar a questão de forma inversa. Como é possível acertar tantas vezes? Mas o fundamental, para esta questão, é que falha frequentemente. Se pretendes ser mais preciso, usa um cartão cinzento, ou na falta dele a medição pontual. Ou então um fotómetro, quando possível ...




IT Partilhar Post #16 PRCanon

PRCanon

  • Membro
  • Registo: 12/03/2011
  • Posts: 131

Publicado 22 Outubro 2013 - 17:54

Antes de mais obrigado a todos pelas respostas.

O que achei engraçado é que nada disso da "ponderação do ponto de foco" aparece nos manuais da máquina. Aliás... eu deparei-me com esse "erro" e fiquei a matutar... na primeira oportunidade com wireless liguei o telefone a net e fui descarregar o manuel da 60D para ver e nao encontrei nada. Aparece uma referência que se fizermos o AE lock ele tem em conta o ponto de foco... Mas, só se fizermos o AE lock. Daí que pensei que não estando a exposição bloqueada ele iria calcular sempre em função de todo o frame ainda que eu alterasse a composição depois de ter a cena focada.

 

Mas pronto...

 

Fiquei esclarecido!




Partilhar Post #17 lemor

lemor

  • Membro
  • Registo: 10/01/2012
  • Posts: 272
  • Idade: 47

Publicado 06 Fevereiro 2018 - 10:47

Finalmente após várias pesquisas na net vim parar a este tópico e percebi a relação entre os modos de medição e os pontos de focagem.

 

Desculpem o desenterranço mas também pode ser útil para alguma pessoas que ainda tem essa dúvida (e sempre tiveram medo de perguntar :D )