Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Mini estúdio para fotografar tecidos e roupa


  • Por favor inicie sessão para responder
7 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 jamexcb

jamexcb

  • Novo Membro
  • Registo: 03/09/2010
  • Posts: 1
    • Local: Castelo Branco

Publicado 28 Agosto 2013 - 10:40

Olá bom dia

 

Sou responsável pela área informática da Dielmar.

Estamos agora a mudar muita coisa, desde redes a site a software, etc..

Mas eu não precebo nada de fotografia.

 

O catálogo é feito por um fotografo profissional.

<http://issuu.com/die...ing_summer_2013>

(para a semana ja devo ter o de inverno)

Mas nem toda a roupa é fotografada e nem toda a roupa é para ir para catálogo.

Pior ainda, nem toda a roupa que vai para as lojas estão prontas quando se faz o catálogo e para os clientes externos a roupa que está desenhada e amostras é quase duas estações antes.

Torna-se díficil e demasiado caro andar a pegar em tudo e levar para um estúdio de fotografia.

E tudo muda de 6 em 6 meses!

 

Há necessidade de começar a fotografar todos os modelos e variantes de fatos e tecidos para principalmente estar no software, e enviar para clientes externos.

 

Dai estar a ponderar, depende do preço claro, de montar um mini estudio.

 

O que preciso de fotografar é

  • Casaco, colete, calça
  • Acessóros (gravatas, sapatos, botões de punho e afins)
  • Tecidos

 

Os comerciais tem usado os iPhones, mas acho que com um pouco de investimento consegue-se algo bastante melhor. Pelo menos com uma iluminação mais decente.

 

Como são coisas distintas, presumo que seja preciso pelo menos 2 setups.

Um para o busto e outro para as peças pequenas.

 

Tenho espaço para ter sempre tudo montado e fixo.

Não vai ser para tirar fotos a pessoas, só roupa.

 

E ter em mente que as fotos não são para impressão, são sempre para ver num ecrã, logo não precisam da maior resolução XPTO possível.

 

Podem dizer-me para onde me virar?

Com quem falar ou lojas de equipamento que possa contactar?

 

Obrigado

Emanuel




Anúncios

Partilhar Post #2 ccdsantos

ccdsantos

  • Membro
  • Registo: 20/01/2009
  • Posts: 127
  • Idade: 48
    • Local: Oeiras

Publicado 06 Setembro 2013 - 11:37

Boa tarde,

 

A Dielmar, em Portugal, não tem dinheiro para pagar a um profissional de fotografia este trabalho, ficando certamente melhor? Acho estranho dado não ser uma marca propriamente barata...

 

Em relação ao set a montar poderá ser ajustado a um conjunto de variáveis, como orçamento, local, luz, tamanho das peças, manequins, os flashs existem variadas possibilidades, pós produção a realizar...

 

Cumprimentos,

 

Carlos Santos




Partilhar Post #3 Bruno E. Santos

Bruno E. Santos

  • Membro
  • Registo: 07/12/2009
  • Posts: 294

Publicado 09 Setembro 2013 - 20:17

Por experiência própria de amador ocasional, para fotografar objectos, com qualidade mínima de imagem, gastando o mínimo possível em material de estúdio e software:

- Arranjar um fundo branco de uma espécie de cartolina plástica, mais resistente e fácil de limpar do que o tecido ou papel.

- Colocar o fundo em cima de uma mesa, com o objecto, e fotografar de uma posição superior (escadote, varanda). Para objectos pequenos, pode-se dobrar o fundo em quarto de círculo, sobre uma cadeira.

- Em dias luminosos, mas com céu nublado, existe boa luz para fotografar ao ar livre, sem criar grandes sombras nos objectos fotografados.

- Usar software freeware como o Photoscape ou o Gimp, para editar as fotos.

 

Claro que se quiserem resultados de nível profissional, terão de recorrer a bons fotógrafos profissionais e a bom equipamento de estúdio!

 

Exemplo de foto obtida desta maneira:

collection_of_handsaws__by_brunoesantos-




Partilhar Post #4 VascoSSilva

VascoSSilva

  • Membro
  • Registo: 29/09/2013
  • Posts: 25
    • Local: Lisboa

Publicado 04 Outubro 2013 - 09:43

Bom dia,

Sim Emanuel, sei para onde se deve virar e sei com quem deve falar: um fotógrafo profissional.

Há, aqui no forum, um utilizador com créditos firmados no mundo da fotografia que relembra constantemente que "não é o equipamento [que faz a diferença]". Esquecendo essa ordem de ideias, bastaria comprar o melhor de cada área e puff! saem grandes resultados simpaticamente alojados num SD Card. O que não é verdade, nem por sombras. A fotografia é uma arte, e da mesma forma que não basta comprar um cavalete e dois pincéis para ser o Gaudi também não basta comprar uns holofotes e uma cartolina para ser fotógrafo.

Claro que tem pressupostos técnicos, todas as artes o têm. É a diferença entre ter noções de perspectiva e pintar o Guernica, dar umas cambalhotas ou ser medalha de ouro em ginástica, levar os filhos ao colégio ou ganhar o Rally da Suécia, escrever a lista do supermercado ou A Mensagem do nosso Pessoa.

Em fotografia (como no Guernica, Jogos Olimpicos, Rally da Suécia e literatura) não basta comprar um estúdio cheio de tripés..se depois vai fotografar em modo automático! Mas, como arte que é, não há uma receita milagrosa que resulte em todas as situações. Fotografar uma camisa preta não é o mesmo que fotografar uma branca, fotografar uma camisa de veludo não é o mesmo que fotografar uma camisa de algodão. A mesma regra se aplica em tecidos lisos e xadrez...se for pied poule então...compre uma caixa de ben-u-ron. A luz não se comporta da mesma forma em todas as situações, mesmo em estúdio, onde as variáveis são controláveis...desde que as saiba controlar. Acrescente, a estes factores mais (digamos) objectivos, factores mais subjectivos (ou talvez não) como a composição.

Resumindo, se quer vender uns trapinhos no OLX vá em frente, mas use uma point&shot. Se o objectivo é um resultado profissional, com aspirações empresariais, vá em frente também...mas lamento informá-lo que não vai aprender a fotografar em sete dias. Nem com o melhor estúdio do mundo, nem com a melhor máquina do mundo. Nunca se interrogou a razão de ser precisamente no mundo da moda em que trabalham alguns dos fotógrafos mais bem pagos do mundo? Porque é difícil, porque requer técnica e sensibilidade, porque requer uma replicação de cores específica e calibrada (vermelhos há muitos), porque precisa de transmitir texturas tridimensionais mínimas num suporte bidimensional. Mas, mais que tudo, porque precisa de vender o artigo.

Se gosta da sua empresa, já vi que sim, não tente apanhar tudo com as mãos. Da mesma forma que eu, não sendo informático, não consigo montar uma rede mesmo que me entregue um carregamento de modems, routers, cabos, hubs, splitters e outras gingajogas informáticas. Peça ajuda, seja excelente no seu trabalho e valorize-o com a colaboração de um bom fotógrafo. E sim, claro que muda de 6 em 6 meses. Da mesma forma que nós usamos roupa diferente na Primavera-Verão e no Outono-Inverno.


Cumprimentos,
Vasco.


Partilhar Post #5 deim

deim

  • Membro
  • Registo: 19/02/2008
  • Posts: 8196
  • Idade: 36
    • Local: Londres
    • Não é o equipamento...

Publicado 07 Outubro 2013 - 14:08

Já trabalhei numa empresa com características semelhantes... Com os mesmos problemas....

Quem é que depois vai usar esse estúdio? Parecendo que não, mesmo tendo sempre o mesmo setup, por vezes há coisas que vão ter de ser ajustadas, dependendo dos patrões, tecidos, tipo de malha, reflexos, etc. É sempre necessário alguém que saiba trabalhar com o equipamento e com sentido estético.... 

 

Os comerciais não têm formação em fotografia, por isso vamos deixa-los de fora na hora de usar o estúdio...  

 

Sendo algo entre o técnico e o artístico, vai sobrar para o informático? Boa sorte. Espero que tenhas muito tempo livre, para fotografar e editar tudo. :P Até porque depois de terem o equipamento, vão querer fotos de tudo e mais alguma coisa, uma vez que não é necessário pagar como se fosse necessário um elemento externo fotografar. Até as amostras vão ser fotografadas :D

Ou vão meter a equipa de design a tomar conta disso? Que até podem ter uma compreensão geral sobre fotografia, mas provavelmente nada de muito específico... O que é um f-stop, como é que na prática o flash sincroniza com a máquina, que isos usar, que aberturas são as mais adequadas....

A meu ver há 3 opções... Podem dar formação séria em fotografia a um designer da equipa, arranjar um elemento misto, focado na fotografia, mas que possa dar apoio ao desenvolvimento da parte gráfica ao mesmo tempo, ou arranjar um fotógrafo que possa fazer consultoria e desenhar um plano para as vossas necessidades. 

Eu optava por procurar a 3ª. Arranjem um fotógrafo sério com experiência empresarial, ou pelo menos de fotografia de moda, e peçam-lhe um parecer com toda a informação necessária: Quantas peças vão ser fotografadas, o que vão fazer com as imagens, que tipo de comunicação vão desenvolver, etc, etc, etc.... 

Se não, arriscam-se a comprar o equipamento para o estúdio que ninguém sabe usar. Peder tempo a tentar montar tudo e meter a funcionar. E no final, em vez de ganharem clientes com excelentes imagens, mostram falta de profissionalismo e colocam a imagem da marca em causa.  Para isso, poupa-se dinheiro e faz-se com o iphone, que ao menos assume-se que é apenas uma solução para mostrar, e não um produto produzido. 

Boa sorte com essa mudança. 


Editado por deim, 07 Outubro 2013 - 14:11 .



Partilhar Post #6 VascoSSilva

VascoSSilva

  • Membro
  • Registo: 29/09/2013
  • Posts: 25
    • Local: Lisboa

Publicado 09 Outubro 2013 - 02:15

Isto tem tudo para meter água. Não tarda estão a por o desgraçado do informático a fazer arranjos de bainhas porque a costureira foi de férias.


Partilhar Post #7 darksideblue

darksideblue

  • Membro
  • Registo: 13/04/2012
  • Posts: 63

Publicado 16 Junho 2014 - 10:32

à desenvolvimentos?




Partilhar Post #8 Crazy_kiko

Crazy_kiko

  • Membro
  • Registo: 09/06/2008
  • Posts: 163

Publicado 02 Agosto 2014 - 03:52

Sem querer ofender estava a ler o tópico e até achei piada, pois efectivamente as pessoas pensam que basta apenas pegar na câmara e dispara e aquilo sai que é uma maravilha... Ja fiz trabalhos para uma marca de roupa muito idêntica à dielmar e queriam entrar por esse processo também, acabaram por chegar á conclusão que não valeria a pena, pois investimento em material para fotografar que sejam 700 peças por estação mais uma pessoa que tem de ter a capacidade, e disponibilidade de fotografar... Depois diga-me fotografa umas calsas de uma cor estranha ? Mas no seu monitor que é Xpto até parece Cor correcta o cliente do outro lado vê uma cor que não tem nd a ver como irá fazer ? Fora o fundo que dps para catálogos aquilo nem sempre vai a fundo branco, quem vai andar a editar 700 imagens ? Fazer recorte de fundos e dar tridimensionalidade as imagens ? Ou vai deixar o pescoço do busto a ver-se ? Ou irá comprar um busto dos especiais que da para tirar o pescoço mas cada um custa 500€ ?

Neste momento trabalho na segunda maior empresa de venda online de roupa da luxo do mundo e tem ideia de quantas pessoas estão envolvidas desde que a roupa chega até sair para o site editada ?

Não basta gastar 1000€ em sistemas de luz, mais 1000€ numa câmara mais 500€ numa objectiva e mais 1000€ em manequins... Pois o processo não fica aí... Agora diga-me acha caro os custos ? Querem cortar ? Até gastam os 3500€ base, dps falta pcs para editar, monitores calibrados, saber calibrar a luz, saber fotografar, ter tempo para fotografar ter tempo para editar e saber fazê-lo .... Se pode fazer com o telemóvel, poder pode e tendo em conta a marca só acho que deve, secalhar em 1 ano n vê resultados mas em 2 ou mais vai ver que poupou que seja 10mil euros anuais ou mais ou até menos constante o número de peças, mas também deixou de vender bem mais... Pois se quer divulgar a sua empresa não lhe pode cortar no marketing se não acontece o que aconteceu a tantas outras afundam ...

Cumprimentos, e espero que não leve a mal, mas como costumo dizer, se quero uma coisa bem feita deixo para quem sabe...