Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Ainda olham para as Reflex como a única opção?


  • Por favor inicie sessão para responder
195 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 cocococo

cocococo

  • Membro
  • Registo: 15/02/2013
  • Posts: 414
  • Idade: 14

Publicado 02 Março 2013 - 19:16

Boas,

Sou possuidor de uma 600D à menos de um mês, sou apenas um iniciado no mundo da fotografia, que sempre adorei e que decidi mergulhar mais fundo desta vez. No entanto à algumas coisas que gostaria de saber relativamente ao mundo dos equipamentos fotográficos.

Ainda olham para as máquinas Reflex como a única opção de equipamento para boa fotografia?

Antes de comprar a 600D estava de olho numa FujiFilm Finepix HS30 EXR, que sempre me pareceu, e ainda me parece uma máquina bastante competente.

Por exemplo, um zoom tão longo como 30x é quase impossível de conseguir numa Reflex, sem que tal coisa não envolva um orçamento largo e bastante força de braços para aguentar com o combo de lentes.

Enquanto que uma Bridge como a HS30 é mais transportável que uma DSLR, não exige troca de lentes, e consiste num investimento de 400€ que não necessita de praticamente nenhum upgrade de seguida (como acontece com as Reflex + lentes).

No entanto, a qualidade de imagem das fotografias tiradas com qualquer tipo de máquina que não as Reflex é questionável.

Qual é a vossa opinião? Trocavam o vosso kit Reflex + lentes por uma Bridge, ou por uma compacta topo de gama? Consideram os sistemas mirrorless tão ou mais capazes do que as DSLR?

Se tiver dito alguma coisa de errado corrijam-me, não sou o mais entendido na matéria e criei o debate mesmo com o intuito de ler as opiniões da comunidade em relação ao universo do equipamento fotográfico.

Cumprimentos


Anúncios

Partilhar Post #2 Acruz

Acruz

  • Membro
  • Registo: 25/03/2012
  • Posts: 559
    • Local: Expo e Santarém

Publicado 02 Março 2013 - 20:04

As câmeras reflex são para uso de profissionais ou para amdores avançados que tem como hoby a fotografia, quer seja paisagem, desportos, retrato, macro, etc.

Mas é um hoby não fácil, requer investimentos grandes,  requer muito estudo constante com alguns Workshops, muita leitura e muita prática constante, requer saber muito de iluminação e luz e compreender as quais as focagens para uma boa exposição que mais vai usar.

Tudo isso vai demorar muitos anos aprender as técnicas e muito amor á fotografia, como um pintor que tem muito amor ao seu estilo de pintura.

Para quem gosta relativamente de fotografia, uma boa câmera e uma boa objectiva é o grande sonho, mas de nada adiante ter em mão o modelo mais caro e não saber como operar-lo e nem sequer perder horas, dias, meses e até anos a estudar e a praticar fotografia.

Para tirar umas fotos em casos pontuais á familia ou em alguma viagem, para isso basta comprar uma compacta ou uma bridge.

Para quem gosta de fotografia e faz disso o seu hoby o dia a dia, vai-se ver confrontado com problemas familiares (como um caçador ou pescador perde FDS sem prestar atenção á familia) grandes investimentos em objectivas, luz e acessórios, quanto mais se vai formando mais necessita de adquirir equipamentos de mais qualidade e em maior número e tem um contra que este tipo de equipamentos são muito caros e de dificil escolha.


IT Partilhar Post #3 cocococo

cocococo

  • Membro
  • Registo: 15/02/2013
  • Posts: 414
  • Idade: 14

Publicado 02 Março 2013 - 20:23

Gostei da tua opinião. No entanto não sei se é única e exclusivamente da forma como dizes. Por exemplo, alguém que perceba bastante de fotografia, também consegue tirar grandes fotos com máquinas compactas, bridges, etc. ou não?

E mesmo que a fotografia seja apenas um hobby, acaba por necessitar obrigatoriamente de um investimento assim tão grande? Neste caso no âmbito das reflexs?


IT Partilhar Post #4 cocococo

cocococo

  • Membro
  • Registo: 15/02/2013
  • Posts: 414
  • Idade: 14

Publicado 02 Março 2013 - 20:49

Criei o tópico mais para ver o que o pessoal acha das diferenças entre compactas-bridges-reflexs-mirrorless. Acham que algum dia vão ser feitas compactas ou bridges de nível igual ou superior às reflexs?


Partilhar Post #5 Bruno E. Santos

Bruno E. Santos

  • Membro
  • Registo: 07/12/2009
  • Posts: 294

Publicado 02 Março 2013 - 21:44

Na minha opinião de amador ocasional, para os não-profissionais, só compensa passar de uma boa compacta (e existem boas compactas por menos de 250 euros) para uma reflex, para aqueles que precisam mesmo de obter imagens com boa qualidade, em termos técnicos!

Para a fotografia de stock, fotografia publicitária, para grandes ampliações, etc..., são necessárias (e quase só aceites) imagens de boa qualidade, quase sem ruído, sem purple fringing, sem distorções...; o que é praticamente impossível de obter com uma simples compacta.

Por acaso fico admirado quando passa por aqui pessoal que se está a iniciar na fotografia, apenas à experiência, a apalpar terreno, ainda sem saber o que verdadeiramente quer e se gosta mesmo de fotografia; a começar logo por gastar milhares de euros no equipamento inicial! Parece-me um risco demasiado elevado. Mas obviamente que cada um é livre de adquirir o que quiser e que puder.


Partilhar Post #6 Acruz

Acruz

  • Membro
  • Registo: 25/03/2012
  • Posts: 559
    • Local: Expo e Santarém

Publicado 02 Março 2013 - 22:00

A meu ver nunca isso vai acontecer! E mais ainda, as DSRL são como o photoshop ou o lightroom, tem que investir muito tempo e estudar para aprender, tem que ter gosto e muita curiosidade para descobrir,ler fotografia durante anos e usar os equipamentos diáriamente, e será inclusivé um vício ou o seu hoby?

As verdadeiras DSRL destinam-se aos profissionais e amadores avançados de fotografia, que é uma arte!




Partilhar Post #7 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 03 Março 2013 - 00:05

Olá, boas


Esta, , por exemplo, não é uma DSLR, não tem focagem automática e, mesmo assim, eu não me importava de a ter, mas o preço tem sempre feito com que nunca a tenha comprado.

Esse pequeno detalhe dos €€€€€€s levou-me a comprar esta e tenho-lhe dado tanto uso que a minha mulher um dia me pergntou "tu gostas muito dessa máquina, não gostas?"

Por isso, tenho de te responder que a Reflex está longe de ser a única solução.

A frase é muito batida mas continua e continuará a ser verdade no futuro: "a melhor máquina é a que tens contigo".

Claro que, como todas as ferramentas, não existe uma máquina ou, melhor, um conjunto máquina/objectiva ideal para todos os fins e o bom material custa dinheiro, mas não posso deixar de contestar a afirmação do Acruz, quando diz que "As verdadeiras DSRL destinam-se aos profissionais e amadores avançados de fotografia, que é uma arte!".

Porquê? Hoje há "verdadeiras DSLR" bastante baratas e que as marcas colocam no mercado tendo como alvo o segmento do grande consumo, razão porque dispõem de todos os automatismos que se encontram nas compactas mais baratas, as chamadas "point&shot".

A questão não reside na máquina mas, sim, no fotógrafo e há alguns com bastante nome no mercado da Arte Fotográfia que fazem uso de compactas que muitos principiantes olhariam com desprezo.

Aprender fotografia e saber o que se quer e como se faz é muito mais importante do que pensar que a máquina A é melhor do que a B e com a A se será melhor fotógrafo pois, ao fim e ao cabo, trabalhar com uma ou outra é apenas uma questão de familiarização com a ferramenta e, muito importante, não é no manual de utilizador da máquina nem no aprender a mexer nos menus que está a "chave para a criatividade".

Boas  :photo: :photo:

Nota: Quero esclarecer que não tenho nada contra as DSLR e até tenho muito boas relações com as que tenho cá em casa.


Partilhar Post #8 ss marks

ss marks

  • Membro
  • Registo: 03/11/2009
  • Posts: 490
  • Idade: 45
    • Local: ALCOCHETE

Publicado 03 Março 2013 - 00:31

Actualmente não é dificil ver uma reflex na mão de pessoas que não têm noção do que é a fotografia. Considero isso normal pois é mais fácil comprar agora este equipamento do que há 10 anos atrás por exemplo, e é certo que basta colocar a máquina no quadrado verde para melhorar significativamente as fotos que se tira.
Creio que cada vez mais se vai ver isto, agora ver como unica opção ou não é relativo.Depende na minha opinião do nivel de conhecimento, do nivel de exigência e da conjugação de factores tipo portabilidade de cada um. Qualquer máquina pode ser a opção certa, depende é de qual o fim a que se destina. Nem penso sequer em deixar de usar a minha compacta e já data de 2006.
Boas fotos


IT Partilhar Post #9 cocococo

cocococo

  • Membro
  • Registo: 15/02/2013
  • Posts: 414
  • Idade: 14

Publicado 03 Março 2013 - 03:38

Estou a gostar das opiniões da malta. Não conheço muitas das máquinas que colocaram anteriormente, mas vou colocar a pergunta: Conseguem resultados superiores às DSLR?

Se ainda não o fizeram, eram capaz de trocar para uma máquina dessas?

De qualquer forma é bom ver o mercado a evoluir, e ver que há outras opções para além dos sistemas corpo mais lente característicos e "tradicionais".


IT Partilhar Post #10 cocococo

cocococo

  • Membro
  • Registo: 15/02/2013
  • Posts: 414
  • Idade: 14

Publicado 03 Março 2013 - 12:50

Superior/inferior em termos de que: Eras capaz de substituir uma DSLR por uma outra máquina diferente, seja no ambito amador ou no ambito profissional?


Partilhar Post #11 _jn_

_jn_

  • Membro
  • Registo: 12/02/2010
  • Posts: 2967
    • Local: Estoril

Publicado 03 Março 2013 - 13:48

Só falo pela minha experiencia; Tenho uma 5DII e uma G1x. Ando sempre com a G1x mas quando se trata de ir fotografar um evento, qualquer que seja, não êxito, levo a 5DII.

Apesar de ter excelentes fotos com a mirrorless a reflex é a única máquina que me dá confiança e segurança para fazer um bom trabalho de responsabilidade, devido ao shutterlag e lentidão de autofocus e os irritantes zooms motorizados da maior parte se não todas as compactas.


Partilhar Post #12 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 03 Março 2013 - 13:56

(...) Não conheço muitas das máquinas que colocaram anteriormente, mas vou colocar a pergunta: Conseguem resultados superiores às DSLR?
(...)


Olá, boas

Quem consegue resultados é o fotógrafo e não a máquina se bem que, como em todos os "ofícios", os melhores resultados são os obtidos pelos bons fotógrafos com as ferramentas apropriadas às tarefas específicas que tem de levar a cabo em qualquer momento.

E, tal como não passaria pela cabeça de um metalúrgico usar lixa de madeira para polir uma peça de aço, seria difícil a um fotógrafo de desporto cobrir um jogo de futebol com uma objectiva ultra grande angular montada no melhor corpo de uma DSLR profissional ou fazer uma imagem de fotografia macro de um pequeno insecto com uma teleobjectiva com uma distância de focagem mínima de 2,5 metros e que não vá para além de uma relação de 1:4 entre o tamanho real do motivo e a sua imagem fotográfica original.

Mas, como a fotografia digital acaba por ser obtida por um conjunto formado pela objectiva e a máquina, e nesta jogam papeis determinantes o sensor, os circuitos e o software do fabricante (firmware), o sistema de focagem é apenas uma variável importante mas não decisiva para a maioria dos resultados e, em certos casos, não só o sistema reflex pode até nem ser o melhor como algumas DSLR usam espelhos e vez de prismas, tornando os visores mais escuros, e os sistemas de AF acabam por limitar, por exemplo, a verificação da profundidade de campo com lentes mais rápidas ( aberturas abaixo de F:2.8 ).

Por outro lado, como a maior parte das máquinas fotográficas digitais é descendente e adaptação dos últimos modelos das de filme ao digital, dadas as limitações da tecnologia, as DSLR apareceram como a solução para ultrapassar algumas dificuldades da fotografia digital, nomeadamente o atraso entre o momento em que o fotógrafo prime o botão disparador e aquele em que a imagem é registrada (o que os ingleses designam de shutter lag), para além de que o marketing viu nisso a possibilidade de explorar o ego do consumidor possuir uma "máquina profissional" (por oposição às compactas dominantes) que prometia a uns dominar as variáveis da fotografia e a outros os automatismos que os libertava dessas tarefas e lhes permitia concentrar-se no acto criativo, para além de garantir a outros imagens para mais tarde recordar( como era o slogan dum produtor de películas) sem problemas nem complicações.

Entretanto, e como as compactas começaram a ser vistas com algum desdém em certos círculos, as marcas resolveram criar algo entre estas e as DSLR e, aí, apareceram as "bridge", que já podem oferecer possibilidades de controlo parecidas com as reflex (como o controlo do zoom por anel na objectiva) mas, com excepção de um ou outro modelo, continuavam com sensores quase ou tão pequenos como os das compactas (é curioso que a Sony chegou a ter um sensor APS-C e retirou-o pouco depois), focagem apenas por contraste, mais lenta do que a por fase das reflex, e vistas com algum desdém pelos fanáticos das DSLR , por não serem "the real thing".

Mas, a tecnologia evolui e a situação tem-se alterado muito, nomeadamente com os telemóveis, que neste momento já devem ser os aparelhos responsáveis pela maioria das fotografias registradas e estão a fazer com que as compactas mais básicas estejam a desaparecer e a ser vendidas ao preço da chuva ou oferecidas como brindes. Paralelamente, as máquinas sem espelho estão a atingir níveis que ameaçam o segmento das DSLR, nomeadamente com a introdução de sensores que permitem a focagem por fase e se tornam tão rápidas como elas, as mesmo tempo que, por exemplo, a Sony começou a vender máquinas com uma tecnologia de espelhos semi-transparentes que se fasta da forma de funcionamento tradicional das reflex mas são vendidas como tal.

O futuro das tecnologias e formas das máquinas fotográficas ainda nos pode reservar muitas surpresas mas, olhando para o presente, não tenho dúvidas em dizer que, dentro das finalidades para que foram concebidas, há máquinas que permitem obter melhores resultados do que uma DSLR, não só em qualidade de imagem como de utilização e, o que é muito importante, com muito menos problemas e possibilidades de trazer chatices, pois uma DSLR chama muito mais as atenções, tanto dos amigos do alheio como dos que te podem querer impedir de fotografar em determinados locais (para isto as bridge podem produzir o mesmo efeito), para além de que o barulho do disparo te impede realmente de tentar disparar onde o silêncio é essencial.

E, não te esqueças de que ainda há máquinas muito diferentes das que aqui foram apresentadas, que usam filme ou sistemas digitais que custam um balúrdio e não são reflex como, por exemplo, esta ou esta, que até pode funcionar como máquina fotográfica digital, e não é caso único.

Quanto a lentes, para já não falar das objectivas dos kits (que a maior parte dos compradores de DSLR quer logo ou gostaria de substituir), não achas que deve haver alguma diferença de qualidade entre esta objectiva, com focagem automática e que até faz macro, e esta que tem foco manual, para já não falar
desta?

Posto isto, penso que, com a actual tecnologia e ofertas de mercado, tanto no campo das DSLR como fora dele, existem máquinas para preencher as necessidades da maioria das pessoas a preços cada vez mais baixos e muitas vezes se gasta muito à procura de encontrar o que o material que se tem poderia ainda proporcionar, se as suas possibilidades fossem exploradas até ao limite.

Mas, por outro lado, havendo o dinheiro, cada um é livre de o gastar como lhe der gosto (desde que não o faça inconscientemente) e não se justificam os moralismos dos que, por vezes sofrendo do mesmo "mal", procuram fazer passar a mensagem de que tal ou tal máquina é "de mais" para quem a pretende comprar e só é aconselhável para quem já esteja muito acima na escala da "evolução fotográfica" ou seja "profissional" (seja lá o que for que isso significa).

Boas  :photo: :photo:




Partilhar Post #13 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 03 Março 2013 - 14:14

(...)
Por exemplo, um zoom tão longo como 30x é quase impossível de conseguir numa Reflex, sem que tal coisa não envolva um orçamento largo e bastante força de braços para aguentar com o combo de lentes.
(...)
Qual é a vossa opinião? Trocavam o vosso kit Reflex + lentes por uma Bridge, ou por uma compacta topo de gama? (...)

Se tiver dito alguma coisa de errado corrijam-me, não sou o mais entendido na matéria e criei o debate mesmo com o intuito de ler as opiniões da comunidade em relação ao universo do equipamento fotográfico.
(...)


Olá, de novo

Prometo que desta vez vou ser mais breve  :D

1. Creio que estás a fazer uma confusão pois qualquer objectiva tem de obedecer a compromissos e estes, por vezes, sacrificam a qualidade em favor da "facilidade de uso". Nas DSLR, os zooms de mais qualidade raramente têm uma distância focal máxima muito acima de duas vezes o da mais curta, e mesmo 3x já por vezes é considerado muito;

2. - Uma coisa é a escolha e a compra e outra bem diferente é "substituir". Eu, por exemplo, não trocava por uma "bridge" ou por uma compacta. Mas, outra coisa bem diferente é ter também uma compacta de qualidade, como disse o _jn_.
Há dois anos levei a Fuji X100 para umas férias e não me arrependi nem foi por isso que vim a culpar-me de não ter levado uma DSLR.

3. - Outra coisa bem diferente é uma pessoa só ter uma compacta por opção, seja de lente fixa ou zoom, e precisar de uma DSLR só porque julga que teria melhores resultados. E, aqui seria de se perguntar a si mesmo quais as limitações da sua máquina actual que o estão a impedir de fazer isto ou aquilo e, a partir daí, avaliar até onde as suas necessidades o deveriam levar ou os seus desejos o querem conduzir.

4. - Não tem mal nem deves hesitar em perguntar mas, a propósito, porque razão estás em dúvida relativamente ao teu equipamento e pensas ter de gastar muito dinheiro só porque é uma DSLR?

Goza a tua máquina.

Boas  :photo: :photo:


Partilhar Post #14 Acruz

Acruz

  • Membro
  • Registo: 25/03/2012
  • Posts: 559
    • Local: Expo e Santarém

Publicado 03 Março 2013 - 15:12

Como hoje o tempo está de chuva, fico aqui por casa no campo!

Em relação ao tópico, acho que seria um assunto para nunca mais acabar as opiniões e sobre o futuro das câmeras fotográficas.

Eu venho de uma reflex Canon 500N (meu inicio)na altura perdi horas, dias e noites a fazer revelações em filme, depois uma 350D ainda em uso (interregno em muito tempo por motivos profissionais e falta de tempo)há mais de um ano, volto em força, o dia a dia a fotografar com reflex e hoje actualmente quem se já riu de mim, pede-me para fotografar...

Eu tenho uma Canon PowerShot S50 (na altura foi cara) que anda há mais de 10 anos na minha pasta nos carros. Há uns tempos a esta parte usava-a em casos pontuais e raros, quando necessitava dela tinha as baterias (1 + 1 suplente) descarregadas, embora esteja nova no seu estojo original, mas usada talvez um milhar de fotos?

Quando apareceram no mercado os telemoveis e depois os smartphones, sempre tive os mesmos equipados com boas carl zeiss, caso dos SE K750 e W850, depois sai os NK N80, N95, E7, N8, o HTC HD2 (este muito bom em câmera) e depois os iPhones como 4 e em 2011 o 4S que é o melhor smartphone do mercado para efeitos de fotografia ou filme, estes usados por mim todos os dias em serviço. Qualquer caso que necessite ser enviado para alguém, disparo e de imediato via e-mail segue o seu destino, mas com uma qualidade de imagem que só quem os usa sabe que é uma realidade.

Mas lá continua a PowerShot S50 na pasta...

Há mais de um ano que me habituei a usar a mochila com a (as) DSRL, lentes e flash. Mas todos os dias andam comigo, mudo de carro, mudo a pasta, o portatil e a "mochila", ou seja, não consigo andar sem as Reflex e em viagem de trabalho páro muita vez e lá vai a disparar em casos de acidentes viação, intervensões policiais (á distância) mas muitas imagens de rua e pontuais (adoro este tipo de foto e sou viciado). No final do dia ou por vezes da semana lá vou descarregar nas pastas dos PCs.

Por isso, digo que as Reflex são usadas por profissionais e lá vem os amadores com o seu hoby e viciados na fotografia no dia a dia, porque fotografar com uma Reflex não é uma opção mas sim uma necessidadde aliada ao prazer de pretender-mos ser um artista e exibir os nossos trabalhos em sites! Só que para lá chegarmos necessitamos de ler muito, não decorar mas sim ficarmos a perceber os factores técnicos para essa criatividade, além de disparar muitos milhares de tiros com diversas lentes e luzes e muitas vezes pedir conselhos a outros colegas e amigos o que está mal e enviar para a reciclagem 90% das fotos tiradas!

Cada um aqui tem a sua maneira de comentar e saber "qual é qual e o porquê"!



Partilhar Post #15 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 03 Março 2013 - 15:54

(...)
Por isso, digo que as Reflex são usadas por profissionais e lá vem os amadores com o seu hoby e viciados na fotografia no dia a dia, porque fotografar com uma Reflex não é uma opção mas sim uma necessidadde aliada ao prazer de pretender-mos ser um artista e exibir os nossos trabalhos em sites! Só que para lá chegarmos necessitamos de ler muito, não decorar mas sim ficarmos a perceber os factores técnicos para essa criatividade, além de disparar muitos milhares de tiros com diversas lentes e luzes e muitas vezes pedir conselhos a outros colegas e amigos o que está mal e enviar para a reciclagem 90% das fotos tiradas!

Cada um aqui tem a sua maneira de comentar e saber "qual é qual e o porquê"!


Olá, boas

@Acruz

Tens toda a razão sobre a liberdade e o modo de documentar mas gostaria de deixar claro, se por acaso for essa a questão, que, não obstante ter anteriormente feito referência a uma afirmação tua, o último parágrafo da minha penúltima intervenção não te era dirigido devido a isso mas, sim, a algo que é muito usual quando alguém, por aqui e não só, faz perguntas sobre se comprar determinada máquina (realmente a maioria dos caos prende-se com DSLRs) ou fazer "upgrade" para modelos tido como "profissionais".

Mas, em todo o caso, continuo a não concordar contigo pois a oferta de DSLRs para o segmento de grande consumo é uma realidade e, caso contrário, as marcas não apostariam tão fortemente nas chamadas "gamas de entrada" que, com todos os automatismos, podem ser usadas quase como uma "point&shot", e acabam por o ser muitas vezes. Aliás, o que não faltam são exemplos de pessoas que as compram e pensam que basta ler o manual de instruções para saber Fotografia, coisa que se espelha em muitas intervenções neste e noutros fora.

E, vendo o tipo de fotografia que dizes gostar de fazer, continuo a pensar que nem sempre a reflex é uma necessidade como o atesta os casos, por exemplo, de Henri Cartier-Bresson ou de Robert Capa, que eram utilizadores da Leica, enquanto outros começaram a utilizar as reflex e tornaram a Nikon F num icon dos correspondentes de guerra dos anos 60 do século passado, nomeadamente no Vietnam onde Capa morreu ao pisar uma mina. Por isso, não posso deixar de dizer que a compra de uma máquina, seja ela reflex ou não, é sempre uma opção.

Boas  :photo: :photo:




Partilhar Post #16 Acruz

Acruz

  • Membro
  • Registo: 25/03/2012
  • Posts: 559
    • Local: Expo e Santarém

Publicado 03 Março 2013 - 16:52

Nunca coloquei nem vou colocar em causa essa opinião de opções!

Eu comecei por falar no geral e acabei por falar em relação á minha pessoa e o uso que faço com as Reflex, além do seu investimento constante. Actualmente para mim a fotografia é um hoby e criei mais um vicio, só que este tem sido mais complexo no seu estudo (superior quando me formei que 80% da matéria bastava decorar), aqui neste caso não foi nem vai ser assim, já fiz 3 Workshops (1 foi uma prenda e 2 a pagar e chegar a casa ás 01H00 da manhã) adquiri livros no estrangeiro, tenho-os devorados na cama á noite (e quantas vezes me levanto e vou ao meu mini estúdio (caseiro) fazer testes!!!).

Tenho fotografias maravilhosas e a maioria são daquelas do "leva a máquina ao olho e dispara".

Andei e ando ás voltas com o lightroom e o photoshop o dia a dia!

Além disso, gosto também e muito de trabalho de estúdio, mas tenho a sorte de ter duas noras (bonitas) que muita vez lá fazem o favor de perder 30/60 minutos comigo e depois tenho os meus modelos á disposição que são 4 netas, essas gostam de se fazer á "câmera" e depois querem e gostam de ver as suas fotos no monitor do PC.

Actualmente meti-me numa "alhada" que não desisto, que nos colégios das minhas netas quando alguma criança faz anos, tem a sua "festinha" ao fim de semana, as minhas netas encarregaram-se de me meter ao barulho "o meu avô vem cá fotografar" e isso tem acontecido quase todos os fins de semana, depois são as dores nas costas e o braço direito a doer (camera/grip 2 bat/objectiva/flash) pesa muito durante 4 a 5 horas da tal festinha semanal em Lisboa, sem falar que só tiro em RAW e depois a edição até ás 02/03H da manhã.

Mas apesar de todo este sacrificio eu gosto de fotagrafar, quer no exterior, quer no interior do evento e são sempre cerca de 10 a 15 crianças e os pais atentos.

Não faço disto profissão ou qualquer interesse monetário, mas sim é o meu "hoby"e tem que sair perfeito (só as dores nas costas e no braço ao final é que...)!

Se eu não usasse "Reflex`s" jamais eu fazia ou gostava destas brincadeiras!




IT Partilhar Post #17 cocococo

cocococo

  • Membro
  • Registo: 15/02/2013
  • Posts: 414
  • Idade: 14

Publicado 03 Março 2013 - 17:36


4. - Não tem mal nem deves hesitar em perguntar mas, a propósito, porque razão estás em dúvida relativamente ao teu equipamento e pensas ter de gastar muito dinheiro só porque é uma DSLR?

Goza a tua máquina.

Boas  :photo: :photo:


Nada disso, criei este tópico porque tinha curiosidade em saber o que o pessoal achava dos vários tipos de sistemas, só isso.

Não estou minimamente arrependido ou em dúvida em relação ao meu equipamento, estou bastante satisfeito e tenho mesmo muito para aprender pela frente!  :th_up:


Partilhar Post #18 Acruz

Acruz

  • Membro
  • Registo: 25/03/2012
  • Posts: 559
    • Local: Expo e Santarém

Publicado 03 Março 2013 - 18:17

Se usasse antes, por exemplo, uma Fuji X-E1 com uma ou duas primes (ou mesmo a zoom), um flash de sapata, e ir indo trocando a bateria quando fosse altura, não diria isso ;) e não se queixava tanto da dor de braços...

Usar uma compacta, bridges ou mirrorless para fotografia?

Doi as costas? coloca-se uma cinta (tenho ainda uma da moto...) Doi o braço? usa-se a 6D sem punho!

Os caçadores e pescadores (hoby) também chegam a casa molhados e cansados mas voltam no dia a seguinte para o mesmo local! (e muitos nem trazem caça ou peixe)


Partilhar Post #19 recycle bin

recycle bin

  • Membro
  • Registo: 20/09/2011
  • Posts: 1045

Publicado 03 Março 2013 - 19:11

Dou 5 anos para as CSC (evil, mirroless ou como lhes queiram chamar) serem melhores em TUDO relativamente a uma SLR.



Partilhar Post #20 scottx

scottx

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 40
  • Idade: 38
    • Local: Portimão

Publicado 04 Março 2013 - 16:51

Dou 5 anos para as CSC (evil, mirroless ou como lhes queiram chamar) serem melhores em TUDO relativamente a uma SLR.


Não li o resto do tópico mas esta afirmação não será um pouco o mesmo que dizer que dentro de 5 anos as SLR vão ser melhores em tudo que as médio formato?