Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Foto

Que ferramenta vos fez avançar mais ?


  • Por favor inicie sessão para responder
100 respostas a este tópico

Partilhar Post #21 nam

nam

  • Membro
  • Registo: 25/09/2010
  • Posts: 2559
  • Idade: 40
    • Local: Cascais

Publicado 09 Fevereiro 2012 - 23:16

Boas,

No meu caso não foi uma aquisição, muito pelo contrário foi uma perda.
Sempre gostei de fotografia desde o tempo que usava uma kodak com film 110, no entanto não segui, esteve adormecida até ao momento em que perdi a minha compacta lumix depois de uns copos num casamento :P
Esta falta fez-me um clic e levou-me a procurar algo para aprender um pouco mais. Comprei uma bridge e 5 meses depois a minha Dslr.

Outros aspectos não menos importantes são, este fórum por toda a informação, discussão, partilha e promoção de encontros. E mais tecnicamente a aquisição dos filtros que passei a usar bastante. Bem como revistas, livros (esse do Michael Freeman é excelente), 1001 sites, blogs, etc na net.

Até já :th_up:



Anúncios

Partilhar Post #22 MVR

MVR

  • Membro
  • Registo: 28/12/2010
  • Posts: 229
  • Idade: 31

Publicado 09 Fevereiro 2012 - 23:44

começar a usar primes em vez de zooms


Partilhar Post #23 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 00:53

Olá, boas

Ora aqui está uma pergunta complicada pois, à partida, implica terem havido avanços e que um deles foi maior do que os outros.  :photo:

No princípio foi a curiosidade sobre algo que se prestava e tinha potencial para ser usado como meio de expressão ou, muito simplesmente, de satisfação pessoal.
Depois, veio a felicidade de privar com quem fazia disso profissão e, entre outros assuntos de interesse comum, lá ia dando umas dicas e passando o know-how.

E, também a generosidade e uma marca de produtos achocolatados para pequeno-almoço, que me possibilitou obter uma Diana de plástico, que utilizava filme 120 e fazia negativos de 4 por 4 (ou seria 4.5 por 4.5?) com a sua lente de plástico.

Vendo bem, talvez fosse este o grande passo, pois sem ele não teria havido mais nenhum...e, quanto aos que vieram depois, qual a medida para os avaliar, sobretudo se tivermos em conta que nenhum deles me tornou num Fotógrafo nem me levou além de alguém que tem gosto em fazer uns disparos, uns que lhe dão algum gozo e outros que lhe provocam um travo amargo de não ter conseguido fazer melhor e lhe deixam a esperança de que talvez isso aconteça da próxima vez.

Claro que para trás tem ficado um percurso de procura de conhecimentos, convívio com quem se interessa pelas mesmas coisas, leituras sobre Fotografia (e não só sobre técnicas), visitas a exposições e visualização de fotografias de famosos e menos famosos, prática de laboratório e seu abandono por falta de disponibilidade e volta possibilitada pelo digital, que veio devolver, aos que não se contentavam em apenas disparar a máquina, a capacidade de desenvolver o processo da captura de imagem até ao formato final.

Mas, tal como ouvir música e ler poesia sem que me tenha tornado músico ou poeta, receio bem que continue a não passar de um disparador de máquinas fotográficas que, quem sabe, ainda um dia venha a ter um avanço digno de alguma nota.

Entretanto, vou procurando fazer a coisa pelo gozo de percorrer o caminho e não pela ânsia de chegar ao destino mas, para os que esperam da Fotografia mais do que eu, aconselho a que considerem os dois aspectos favorecidos e escolhidos pelo Picacuca no seu comentário e, com o atrevimento do meu amadorismo, talvez me permita acrescentar mais dois ou três: objectivos definidos, trabalho e persistência, muita persistência pois o caminho está longe de ser fácil.

Boa sorte e boas  :photo: :photo:

Em tempo: Muito a propósito, uma imagem encontrada no Flickr, mesmo que seja apenas a fotografia de uma frase.
                  http://www.flickr.co...83/in/contacts/


Partilhar Post #24 jo4o

jo4o

  • Membro
  • Registo: 13/07/2011
  • Posts: 765

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 13:09

PS: que me perdoem os fãs do analógico (eu também sou), mas não se pode negar ao sistema digital, a vantagem que ele tem, em nos dar mais liberdade para fotografar. Fotografar simplesmente, seja o que for. Não que não pudéssemos fazer isso também com analógico, mas tínhamos era que ser mais ricos. :D

A "vantagem" do sistema digital é também o seu grande inconveniente: a ligeireza, a falta de cuidado, a quantidade em vez da qualidade.

O que me fez realmente evoluir foi o filme. Não sendo rico, cada foto tinha que contar, porque o preço do filme mais o preço da revelação pesavam em cada click. Antes de disparar, a composição e todos os factores da exposição tinham de estar correctos. Com o tempo, a experiência aligeirou muito o processo, mas no início foi assim, aprendi imenso e era muito divertido.
Mas não posso esquecer o livro de fotografia mais importante que alguma vez li:

Imagem Colocada



Partilhar Post #25 Picacuca

Picacuca

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 4056
  • Idade: 56
    • Local: Torres Vedras
    • Novo projeto: "Walking Camera Project". Já anda na estrada (e na auto-estrada virtual).

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 13:12


E, também a generosidade e uma marca de produtos achocolatados para pequeno-almoço, que me possibilitou obter uma Diana de plástico, que utilizava filme 120 e fazia negativos de 4 por 4 (ou seria 4.5 por 4.5?) com a sua lente de plástico.

Vendo bem, talvez fosse este o grande passo, pois sem ele não teria havido mais nenhum...


Bem me queria parecer que tinhas aprendido a fotografar na farinha Pensal! :lol:

Claro que para trás tem ficado um percurso de procura de conhecimentos, convívio com quem se interessa pelas mesmas coisas, leituras sobre Fotografia (e não só sobre técnicas), visitas a exposições e visualização de fotografias de famosos e menos famosos, prática de laboratório e seu abandono por falta de disponibilidade e volta possibilitada pelo digital, que veio devolver, aos que não se contentavam em apenas disparar a máquina, a capacidade de desenvolver o processo da captura de imagem até ao formato final.


Bom, mas vá lá, sempre serviu para alguma coisa, porque a seguir lá te emendaste. :lol:

Mas, tal como ouvir música e ler poesia sem que me tenha tornado músico ou poeta, receio bem que continue a não passar de um disparador de máquinas fotográficas que, quem sabe, ainda um dia venha a ter um avanço digno de alguma nota.


Isso já são desabafos para um tópico aqui ao lado.  :D

Entretanto, vou procurando fazer a coisa pelo gozo de percorrer o caminho e não pela ânsia de chegar ao destino mas, para os que esperam da Fotografia mais do que eu, aconselho a que considerem os dois aspectos favorecidos e escolhidos pelo Picacuca no seu comentário e, com o atrevimento do meu amadorismo, talvez me permita acrescentar mais dois ou três: objectivos definidos, trabalho e persistência, muita persistência pois o caminho está longe de ser fácil.


Obrigado pela referência. E pelos bons conselhos. :sim:

Em tempo: Muito a propósito, uma imagem encontrada no Flickr, mesmo que seja apenas a fotografia de uma frase.
                  http://www.flickr.co...83/in/contacts/


Boa frase! Diz-se que uma imagem vale mil palavras, eu não acredito nisso, simplesmente porque estamos a falar de coisas que, se podem ser comparadas ao nível da linguagem, nunca a mesma coisa. Mas neste caso, pode-se dizer que essa frase vale mil fotografias. :sim:

E pronto, desculpa-me ter-me metido contigo, é não resisti: uma câmara fotográfica numa caixa de cereais? Essa merecia mesmo um comentário! :lol:


Picacuca


Partilhar Post #26 Picacuca

Picacuca

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 4056
  • Idade: 56
    • Local: Torres Vedras
    • Novo projeto: "Walking Camera Project". Já anda na estrada (e na auto-estrada virtual).

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 13:15

A "vantagem" do sistema digital é também o seu grande inconveniente: a ligeireza, a falta de cuidado, a quantidade em vez da qualidade.


Totalmente de acordo, mas isso é como tudo aquilo que o Homem inventa: tanto pode ser usado para o bem como para o mal... O problema não está no digital, está na cabeça de quem o usa. ;)


Picacuca




Partilhar Post #27 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 13:35

(...)
E pronto, desculpa-me ter-me metido contigo, é não resisti: uma câmara fotográfica numa caixa de cereais? Essa merecia mesmo um comentário! :lol:
(...)


Olá, boas

Não tens de pedir desculpa pois estás desculpado à partida. E, a propósito, não era Pensal nem a máquina vinha dentro da caixa, pois exigia uma certa fidelização e só mandavam a máquina com um certo número de provas de compra e mais uns escuditos.

Quanto à máquina, até se tornou num objecto de culto, precursora da Holga, e a Lomo até fabrica ainda uma réplica.
Ao tempo, era barata e, como não tinha automatismos e só permitia regulações muito básicas, até exigia algum conhecimento dos factores que influenciam a obtenção de fotografias...a não ser que fosse utilizada apenas "às três pancadas" como qualquer caixote...e, mesmo esses tiravam fotografias.  :D

Mas, para lá das papinhas do pequeno almoço, aqui vai um link para a história da "coisa":

http://en.wikipedia....ki/Diana_camera

Boas  :photo: :photo:


Partilhar Post #28 jo4o

jo4o

  • Membro
  • Registo: 13/07/2011
  • Posts: 765

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 13:57

Totalmente de acordo, mas isso é como tudo aquilo que o Homem inventa: tanto pode ser usado para o bem como para o mal... O problema não está no digital, está na cabeça de quem o usa.


Eu nem lhe chamaria problema. Inegavelmente, o digital veio democratizar a fotografia e juntamente com a internet, institucionalizou firmemente o género kitsch, que em quantidade de fotografias, é um dos mais importantes da actualidade.


Partilhar Post #29 Nickilford

Nickilford

  • Membro
  • Registo: 16/09/2008
  • Posts: 653
  • Idade: 44
    • Local: Lisboa

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 14:03

A "vantagem" do sistema digital é também o seu grande inconveniente: a ligeireza, a falta de cuidado, a quantidade em vez da qualidade.


Boas!

Ouço isto com demasiada frequencia e acho errado generalizar, que de certa maneira torna este "canone" falso. Embora não haja a mesma "despesa" com cada disparo no digital será este factor que me leva a disparar à maluca e me impede de pensar no enquadramento, exposição etc etc? Disparar menos, significa que vou fazer melhores fotos? Quantas fotos da treta foram tiradas com o filme, sem preocupação alguma com enquadramentos, exposição etc? Isto depende de quem está a fotografar, tanto no filme como no digital. Em alguns casos, este fenomeno talvez ocorra, agora estigmatizar o digital com esta tal falta de cuidado, olho ou seja o que for, parece-me uma treta.
Do meu ponto de vista, o digital, que nos permite sem dúvida disparar mais sem o custo imediato associado a cada click, é uma vantagem e não uma desvantagem. Posso ter feedback imediato via LCD e posso fazer ajustes de acordo com o que vejo. Disparar mais, permite-me experimentar mais e melhorar mais rapidamente. IMO, hoje o mundo da fotografia está mais rico devido ao digital.



Partilhar Post #30 al-Farrob

al-Farrob

  • Membro
  • Registo: 11/04/2008
  • Posts: 7457
  • Idade: 66

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 14:10

Boas!

Ouço isto com demasiada frequencia e acho errado generalizar, que de certa maneira torna este "canone" falso. Embora não haja a mesma "despesa" com cada disparo no digital será este factor que me leva a disparar à maluca e me impede de pensar no enquadramento, exposição etc etc? Disparar menos, significa que vou fazer melhores fotos? Quantas fotos da treta foram tiradas com o filme, sem preocupação alguma com enquadramentos, exposição etc? Isto depende de quem está a fotografar, tanto no filme como no digital. Em alguns casos, este fenomeno talvez ocorra, agora estigmatizar o digital com esta tal falta de cuidado, olho ou seja o que for, parece-me uma treta.
Do meu ponto de vista, o digital, que nos permite sem dúvida disparar mais sem o custo imediato associado a cada click, é uma vantagem e não uma desvantagem. Posso ter feedback imediato via LCD e posso fazer ajustes de acordo com o que vejo. Disparar mais, permite-me experimentar mais e melhorar mais rapidamente. IMO, hoje o mundo da fotografia está mais rico devido ao digital.



Nem mais!

Além de os meios facilitarem o aperfeiçoamento de quem o quer fazer ainda há o factor de o acesso de muito mais gente ao métier possibilitar um aumento enorme de massa crítica. A baixa de qualidade é apenas aparente. Em termos absolutos existe aumemto, porque quem fotografava bem ninguém o obriga a passar a fotografar mal e no meio dos recém-chegados haverá alguns bons com certeza.


Partilhar Post #31 Nickilford

Nickilford

  • Membro
  • Registo: 16/09/2008
  • Posts: 653
  • Idade: 44
    • Local: Lisboa

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 14:11

... O problema não está no digital, está na cabeça de quem o usa. ;)



Exactamente!  :th_up:


Partilhar Post #32 Picacuca

Picacuca

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 4056
  • Idade: 56
    • Local: Torres Vedras
    • Novo projeto: "Walking Camera Project". Já anda na estrada (e na auto-estrada virtual).

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 14:11

Olá, boas

Não tens de pedir desculpa pois estás desculpado à partida. E, a propósito, não era Pensal nem a máquina vinha dentro da caixa, pois exigia uma certa fidelização e só mandavam a máquina com um certo número de provas de compra e mais uns escuditos.


A marca da farinha pouco importa, falei em farinha Pensal porque essa marca costumava dar muitos brindes, tendo-se eternizado até pela famosa frase: "saíu-te a carta de condução na farinha Pensal!". Daí a minha referência.  :D Ainda bem que não levaste a mal.

E obrigado pela história da Diana. Já tive o prazer de a conhecer, mas não sabia quando nem onde tinha nascido, pensei que fosse coisa da RDA (ex Alemanha de Leste), tipo Trabant dos fotógrafos. :D


Picacuca




Partilhar Post #33 al-Farrob

al-Farrob

  • Membro
  • Registo: 11/04/2008
  • Posts: 7457
  • Idade: 66

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 14:21

(...)

Viva o Kitsh! :lol: :lol:




Mas ninguém é obrigado a seguir o género kitsch. Tem sempre a hipótese de fazer diferente e afirmar-se. Ou então fotografar como fotografava antes. É um bocado estranho haver tanta gente que fotografava bem e com tão bom gosto no tempo do filme, que aprendeu tanto quando eram poucos e bons e afinal não apresenta nada.

Já havia aquele alentejano que perguntava:
- Ó Maria, atão porque é que pintas os bêços?
- Ó Manêli, nã vês que é pra ficar más bonita.
- Atão e porque é que nã ficas?!

Passe o lugar comum  :D


Partilhar Post #34 agomes

agomes

  • Membro
  • Registo: 21/08/2007
  • Posts: 3582

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 15:07

A marca da farinha pouco importa, falei em farinha Pensal porque essa marca costumava dar muitos brindes, tendo-se eternizado até pela famosa frase: "saíu-te a carta de condução na farinha Pensal!". Daí a minha referência.  :
(...)


Olá, de novo

Essa deve ser a versão moderna, porque a original é "Saiu-lhe a carta na farinha Amparo".
A Farinha Amparo era a grande rival da Farinha 33, mas este "brinde" já é posterior e era dado pela Milo, a qual já era a representante da multinacional Nestlé para combater os produtos locais...modernices, portanto.

Mas, o importante é que o brinde me possibilitou ter a primeira máquina...e logo de filme de formato médio como os profissionais!!!  :lol: :lol:

Mas, a insistência num aparente off-topic é apenas para vincar que, por vezes, o arranque pode ser realmente o avanço maior, uma vez que o resto se pode(ou não) ir conquistando com pequenos passos e para esse impulso inicial se pode usar algo aparentemente sem nada de especial e que, até talvez por isso, já exija alguma consciência do que se está a fazer para o usar, algo diferente de quem pensa que com algo sofisticado e o respectivo livro de instruções seja o caminho ou condição necessária para chegar seja aonde for.

Boas  :photo: :photo:


Partilhar Post #35 diogon

diogon

  • Membro
  • Registo: 09/10/2008
  • Posts: 3920
  • Idade: 46

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 16:27

O problema não está no digital, está na cabeça de quem o usa. ;)


Picacuca



Mas a carne, às vezes, é fraca... :)

Transpondo para o tópico, não tenho dúvidas que foi o analógico que alicerçou a minha "praxis" fotográfica, pelo (necessário) critério, pela assimilação e enraização de processos, pela constante estimulação, pelo desafio.

A andar ao lado, de forma intuitiva e aparentemente invisível:  

http://www.flickr.co...83/in/contacts/

, como sempre aqui defendi.

Por fim, e decisivo, o (ainda) prazer "em estado natural"...




Partilhar Post #36 Picacuca

Picacuca

  • Membro
  • Registo: 27/01/2008
  • Posts: 4056
  • Idade: 56
    • Local: Torres Vedras
    • Novo projeto: "Walking Camera Project". Já anda na estrada (e na auto-estrada virtual).

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 16:40

Essa deve ser a versão moderna, porque a original é "Saiu-lhe a carta na farinha Amparo".


Ou isso, tens razão, enganei-me na marca da farinha. Isto deve ser do calor que tenho passado. :lol:

Mas ninguém é obrigado a seguir o género kitsch. Tem sempre a hipótese de fazer diferente e afirmar-se. Ou então fotografar como fotografava antes. É um bocado estranho haver tanta gente que fotografava bem e com tão bom gosto no tempo do filme, que aprendeu tanto quando eram poucos e bons e afinal não apresenta nada.


A questão do Kitsh e a sua associação à fotografia, é muito simples de explicar: e é muito parecida com a questão da proliferação de pavilhões desportivos, ou seja: tal como acontece no futebol não é por haver mais praticantes que ele passa a ser melhor. Há é apenas mais hipóteses de aparecer alguém bom, mas se formos ver os campeonatos regionais e de quintal, a desgraça continua a mesma.
Ora, com a fotografia passa-se o mesmo. Só que, neste caso, os "campeonatos de quintal" podem-se ver na net. Qualquer um que comece a fotografar o cão e o gato, já se considera digno de ter uma página do flickr, no facebook, ou até em sites mais dirigidos para a imagem fotográfica. E depois há os que devoraram todos os tutoriais do Youtube e afins, além de terem a habilidade de "pirateadores" para sacar todas as "actions" que se encontram disponíveis como pluguins de photoshop, e depois fazem um brilharete com efeitos espectaculares em cima de imagens banais.
Mas enfim, isso é um bocado como um jogador de quintal, mau, (como eu por exemplo), a jogar com uma camisola do Cristiano Ronaldo. Não serei melhor jogador por causa disso, apenas, possivelmente, proporcionaria melhores imagens a quem me fotografasse. :D   

Picacuca





Partilhar Post #37 jo4o

jo4o

  • Membro
  • Registo: 13/07/2011
  • Posts: 765

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 16:53

Mas ninguém é obrigado a seguir o género kitsch.


Claro que não. Aliás, exceptuando os mentores das correntes Pop, Neo-pop e relacionadas, ninguém admite "seguir o género".
É mais como pisar uma pastilha elástica - só se torna um problema depois de nos apercebermos dela.


Partilhar Post #38 al-Farrob

al-Farrob

  • Membro
  • Registo: 11/04/2008
  • Posts: 7457
  • Idade: 66

Publicado 10 Fevereiro 2012 - 21:55

Claro que não. Aliás, exceptuando os mentores das correntes Pop, Neo-pop e relacionadas, ninguém admite "seguir o género".
É mais como pisar uma pastilha elástica - só se torna um problema depois de nos apercebermos dela.



:ph34r: :ph34r:

Esperemos então que haja quem tenha a bondade e bom gosto de nos avisar em tempo útil  :humm:


Partilhar Post #39 ruiol59

ruiol59

  • Novo Membro
  • Registo: 04/06/2009
  • Posts: 5

Publicado 04 Junho 2012 - 15:57

No meu caso foi simplesmente voltar a fotografar em analógico, revelar e ampliar em camara escura! Tão simplesmente isso. Um tripé + uma 6x6 ou 6x4.5 + um fotometro. E agora perguntam: é preciso voltar á idade média para evoluir ou aprender? E eu digo : Sim. Deste modo pensa-se, observa-se, interioriza-se e evolui-se calmamente mas solidamente. Pelo menos é o que eu penso e comigo tem resultado. Bani o digital? não por acaso até tenho duas.
Abraços á malta
rol


Partilhar Post #40 kk13

kk13

  • Membro
  • Registo: 04/02/2011
  • Posts: 2508
    • Local: Portalegre / Lisboa

Publicado 05 Junho 2012 - 13:00

A inspiração que o planeta me oferece  :)