Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Anúncios (remover)

Foto

Já alguém comprou alguma câmara fotográfica em 2ª mão via ebay Japão?


  • Por favor inicie sessão para responder
3 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 rviferreira

rviferreira

  • Novo Membro
  • Registo: 29/08/2018
  • Posts: 1
    • Local: Torres Vedras

Publicado 29 Agosto 2018 - 20:34

Procuro uma câmara 35mm Rangefinder (Canon 7s ou Canon F1).

 

Curiosamente estas câmaras custam quase 3 vezes mais quando compradas na Europa...

 

Visto os preços serem mais baixos, estou a considerar encomendar/importar uma do Japão via ebay, mas tenho algum receio pois não sei muito bem como funciona na alfândega.

 

Já alguém importou algum material fotográfico em segunda mão do Japão (ou fora da UE) via ebay? Como funciona o processo de desalfandegamento?

 

Produtos em segunda mão sem fatura (venda privada) estão também sujeitos a IVA?

 

Alguém tem alguma informação que possa partilhar? Obrigado.

 

Rui




Anúncios

Partilhar Post #2 Flipclick

Flipclick

  • Membro
  • Registo: 19/07/2013
  • Posts: 78
    • Local: Alhos Vedros

Publicado 30 Agosto 2018 - 16:30

Viva,

 

Pois... ao mandares vir de fora da Europa, arriscas-te ao desalfandegamento. e se for o caso, prepara-te para desembolsar cerca de 30% a mais sobre o valor a que o compraste (23% + direitos aduaneiros).

 

Todos os produtos (até em 2ª mão) podem parar na alfandega. Exceto artigos de valor menor a 22 euros.

 

Normalmente não compensa muito... eu sei :/

 

Compensa claro, se for um artigo mais raro por estas bandas.

 

Nota: já mandei vir diversos artigos do Ebay e outros sites (valor superior a 22 euros) e nem todos passaram pela alfandega. Mas cerco cada vez está mais apertado... segundo dizem.

 

 

Cumprimentos


Editado por Flipclick, 30 Agosto 2018 - 16:33 .



Partilhar Post #3 Camara Lenta

Camara Lenta

  • Membro
  • Registo: 28/09/2014
  • Posts: 3851

Publicado 30 Agosto 2018 - 17:00

 

Todos os produtos (até em 2ª mão) podem parar na alfandega. Exceto artigos de valor menor a 22 euros.

 

 

 

Cumprimentos

 

 

essa ideia instalou-se ... mas não é correta. Instalou-se porque geralmente essas coisas miúdas não param se vierem pelos correios...

 

O que é verdade é que as coisas com custo final (valor + transporte) inferior a 22 euros não pagam IVA .. taxa de desalfandegamento e IVA são coisas diferentes.

Um anel adapatador de 2 euros vindo da China pode ficar-te por 14 ou 15 se parar e tiveres de pagar os 12 euros do desalfandegamento.... o que raramente acontece.

 

Tudo o que vier por trasportadora para e paga.. porque esses lucram com isso ... vão-te cobrar o serviço de desalfandegamento.. levam cerca de 50 euros mais IVA, mas tiram-te as coisa de lá numa semana. É um bom dinheiro extra que te cobram (para além do transporte que já pagas-te) e que não vão deixar fugir.

 

Vindo pelos correio internacional pode parar ou não, só te cobram 12 euros pelo desalfandegamento mas sujeitas-te a esperar um mês ou dois pelo processamento (parece que o desalfandegador é só um)  a não ser que vás l'a pessoalmente perder uma manha....


Editado por Camara Lenta, 30 Agosto 2018 - 17:32 .



Partilhar Post #4 Camara Lenta

Camara Lenta

  • Membro
  • Registo: 28/09/2014
  • Posts: 3851

Publicado 30 Agosto 2018 - 17:16

ainda recentemente eu adquiri um rail automático na para macro na china... 

paguei cerca de 200 euros  pelo rail e 55 pelo transporte (mais euro menos euros) 

 

e depois paguei cerca de 115 euros quando chegou cá.. uns 60 de IVA + uns 55 pelo deslfandegamento que a TNT "fez por mim". O obejecto custava uns 200 erous e no fim custou-me 370...

 

 

pelo desalfandegamento feito pela TNT ..cobram-se bem e é um "serviço" bem pago..mas é a vida... 

 

Há que ponderar as coisas:

Se o comprasse na europa não conseguia esse aparelho por menos de 700 euros.

Se eu fosse a Lisboa gastava mais do que os 50 euros que "dei" à transportadora e recebi-o numa semana. 

Se tivesse pedido ao vendedor que não usasse a transportadora e o mandasse pelo correio internacional, poupava os 50 do "serviço de desafandegamento" da transportadora mas arriscava-me a que parasse e andasse um par de meses à espera pelo desalfandegamento.


Editado por Camara Lenta, 30 Agosto 2018 - 17:17 .