Ir para conteúdo

  • Facebook

  • Este site usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o site está a aceitar o uso de cookies. SABER MAIS ENTENDI

Anúncios (remover)

Foto

Direito à privacidade


  • Por favor inicie sessão para responder
89 respostas a este tópico

IT Partilhar Post #1 Jorge Folha

Jorge Folha

  • Administrador
  • Registo: 06/03/2013
  • Posts: 14094
  • Idade: 40
    • Local: Ponte de Lima

Publicado 22 Janeiro 2008 - 22:24

Texto enviado pelo fotografo: "AsK Melo"


Depois de várias buscas em vários sites e blog’s de fotografia deparei com a “terrível” falta de informação, por parte da comunidade fotografia ligada aos fóruns e blog’s, sobre o direito à privacidade.



À pergunta: Posso fotografar em locais públicos?

Resposta: Não é possível determinar sem serem relatados os factos. Estão sempre envolvidos dois cidadãos de pleno direito, o fotografo e o fotografado.

CRP - Princípios Fundamentais

Artigo 13.º· (Princípio da igualdade)
1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.
2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.

Sempre que se fala em privacidade remete-se ao direito à privacidade consagrado no artigo 26.º da CRP Princípios Fundamentais e com razão pois este diz:


CRP - Princípios fundamentais

Artigo 26.o
(Outros direitos pessoais)
1. A todos são reconhecidos os direitos à identidade pessoal, ao desenvolvimento da personalidade, à capacidade
civil, à cidadania, ao bom nome e reputação, à imagem, à palavra, à reserva da intimidade da vida privada e familiar e à protecção legal contra quaisquer formas de discriminação.
2. A lei estabelecerá garantias efectivas contra a obtenção e utilização abusivas, ou contrárias à dignidade humana, de informações relativas às pessoas e famílias.
3. A lei garantirá a dignidade pessoal e a identidade genética do ser humano, nomeadamente na criação, desenvolvimento e utilização das tecnologias e na experimentação científica.
4. A privação da cidadania e as restrições à capacidade civil só podem efectuar-se nos casos e termos previstos
na lei, não podendo ter como fundamento motivos políticos.


Mas ao fotógrafo também assistem os direitos de cidadão português e o artigo 37.º da CGR Princípios fundamentais diz:

Artigo 37.o
(Liberdade de expressão e informação)
1. Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.
2. O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.
3. As infracções cometidas no exercício destes direitos ficam submetidas aos princípios gerais de direito criminal
ou do ilícito de mera ordenação social, sendo a sua apreciação respectivamente da competência dos tribunais judiciais ou de entidade administrativa independente, nos termos da lei.
4. A todas as pessoas, singulares ou colectivas, é assegurado, em condições de igualdade e eficácia, o direito de resposta e de rectificação, bem como o direito a indemnização pelos danos sofridos.


É crime impedir alguém de se expressar livremente pela fotografia.

Enquadramento legal

Còdigo Civil
ARTIGO 80º
(Direito à reserva sobre a intimidade da vida privada)
1. Todos devem guardar reserva quanto à intimidade da vida privada de outrem.
2. A extensão da reserva é definida conforme a natureza do caso e a condição das pessoas.
O número dois deste artigo subentende excepções a esta lei. No artigo 79.º do mesmo código determina-se a extensão da reserva

Artigo 79.º
(Direito à imagem)
1- O retrato de uma pessoa não pode ser exposto, reproduzido ou lançado no comércio sem o consentimento dela; depois da morte da pessoa retratada, a autorização compete às pessoas designadas no n.º2 do artigo 71.º, segundo a ordem nele indicada.
2- Não é necessário o consentimento da pessoa retratada quando assim o justifiquem a sua notoriedade, o cargo que desempenhe, exigências de polícia ou de justiça, finalidades científicas, didácticas ou culturais, ou quando a reprodução da imagem vier enquadrada na de lugares públicos, ou na de factos de interesse público ou que hajam decorrido publicamente.

3- O retrato não pode, porém, ser reproduzido, exposto ou lançado no comércio, se do facto resultar prejuízo para a honra, reputação ou simples decoro da pessoa retratada.


“Os direitos, liberdades e garantias só podem ser restringidos nos casos expressamente admitidos pela Constituição, sendo que qualquer intervenção restritiva nesse domínio, mesmo que constitucionalmente autorizada, apenas será legítima se justificada pela salvaguarda de outro direito fundamental ou de outro interesse constitucionalmente protegido, devendo respeitar as exigências do princípio da proporcionalidade e não podendo afectar o conteúdo essencial dos direitos.” In Parecer do Concelho Consultivo da PGR  Nº Convencional  PGRP00002317

(baseado em pareceres da Procuradoria Geral da Republica e pareceres jurídicos publicados, relativos a casos de violação da privacidade)


Esta é uma análise simplista da lei e não substitui a leitura integral da mesma. Existem leis de “reserva de imagem” relativas a menores que devem ser atendidas.

Cada fotógrafo deve criar o seu próprio código de conduta ou “código deontológico” baseado nos direitos fundamentais e aspectos culturais do local onde está a captar as imagens.

Note-se que existem três princípios fundamentais para analisar um caso de suposta violação de privacidade.

    * Fotografo (verificação da qualidade profissional).
    * Fotografado (notoriedade).
    * Contexto e lugar.

Este contacto não é crítico mas uma sugestão para informar todos os fotógrafos amadores dos direitos que os assistem. Fica ao vosso critério criar uma página de consulta com alguns destes artigos ou reabrir um “post” com os mesmos artigos.


Anúncios

Partilhar Post #2 KOMANDANTE

KOMANDANTE

  • Membro
  • Registo: 30/09/2009
  • Posts: 133
  • Idade: 56
    • Local: AZEITÃO

Publicado 03 Outubro 2009 - 12:24

Excelente Tópico, apesar de tudo o que tenha a ver com a Lei, ser sempre uma questão de interpretação e permitindo...é melhor ficar por aqui.


Partilhar Post #3 peter42y

peter42y

  • Novo Membro
  • Registo: 14/02/2010
  • Posts: 19

Publicado 01 Outubro 2010 - 06:42

Excelente tópico.
Hoje aconteceu-me isto .

Chego ao jardim.
Sento-me.
Ao longe, a uns 40 metros , uma construção de parque infantil onde as crianças brincam.
Aponto a máquina para lá.
Ouço gritar :
" Não pode tirar fotos de crianças ".
de facto , nessa construção, a 40 metros de mim , duas crianças  brincavam junto com duas adultas.

" Não pode tirar fotos de crianças " - Berra de novo a mulher.

" Vai tirar fotos de crianças ? " - Berra ela.
Eu continuo sentado.
Não respondo.

Daí a 2 minutos elas abandonam o jardim.
Eu julgava o episódio terminado.
Daí a cerca de 15 minutos..,saio do jardim e regresso a casa.
Vou eu no passeio.., pára um carro junto a mim.
" Não pode tirar fotos de crianças " - Berra uma mulher de dentro de um carro.
Eu olho surpreendido : São elas !!! - Penso.
Continuo o meu caminho.
O carro avança mais uns passos.., sai de lá uma mulher.., e diz que eu tenho de apagar as fotos da máquina .
" Apagar as fotos da máquina !!???" .
" Sim " - Diz ela.
" Ou então chamo a policia " - Diz.
" Vamos sim " - Digo.
" Entre no carro " - Diz ela.
" Não entro " - respondo .
" Não tenho de falar consigo " - Digo.
E continuo o meu caminho.
Metros  à frente estava parado um carro da policia e 3 agentes esperavam por mim.
" estava a tirar fotos a crianças ? " - Perguntam.
Entretanto a  ofendida sai do carro e começa a falar.
" Volte para o carro , faz favor " - Diz o policia.
Eu fico a falar com os policias.
Eles pedem-me a máquina.
Eu dou-lhes.
Começam a ver as minhas fotos.
Não tinha nem uma foto de criança.
Tinha fotos da minha mãe.., fotos de garrafas iluminadas..., fotos de casa de banho..., mas nada de foto de criança ou de adulto  em poses menores.
" Vai lá dizer que não hà nada " - Diz o policia para a colega.
Enquanto eu fico com um policia este diz-me que é proibido fotografar pessoas em espaços publicos ou privados em portugal sem o consentimento destas.
Só jornalistas o podem fazer .
A mulher arranca no carro.
À despedida o policia mais novo diz : " Boas fotografias ".
A policia mulher porém avisa : " Mas  nada de fotos a crianças !!".

...........

Concluindo : Parece-me a mim que não posso fotografar pessoas em público.
Por esta lógica fotógrafos como Henri Bresson é impossivel.
Ele fotografava o quotidiano nas ruas.

http://pt.wikipedia....Cartier-Bresson


Proibido.
Porque cada um dos fotografados tem direito a controlar a sua imagem.
Um absurdo.

Esta foto , uma das  fotos mais conhecidas da guerra do vietname..., esta.., se fosse um  soldado a tirá-la.., hoje seria condenado às gales.

Pedofilia !!!
http://static.open.s...r1249331376.jpg


Começa-se a viver num clima que não se pode retratar nada!!!
Se se fotografa criança  é-se pedófilo.
Se fôr idoso.., o idoso tem direito à imagem.
Se fôr mulher jovem.., vem logo carro da policia.

Hà aqui algo doentio.
Em locais publicos , deveria ser livre fotografar.



Partilhar Post #4 peter42y

peter42y

  • Novo Membro
  • Registo: 14/02/2010
  • Posts: 19

Publicado 01 Outubro 2010 - 08:13

Este artigo da lei é o que me faz mais confusão :

1- O retrato de uma pessoa não pode ser exposto, reproduzido ou lançado no comércio sem o consentimento dela; depois da morte da pessoa retratada, a autorização compete às pessoas designadas no n.º2 do artigo 71.º, segundo a ordem nele indicada.

Vejamos a seguinte situação.
4 amigos estão numa praça.
Vêm passar alguém.
Depois..,em um jornal ou blog , descrevem ao pormenor a forma como essa pessoa passa na praça à  hora determinada. Descrevem a roupa..,a forma da pessoa se mover..;

Isso é crime..,ou não ?
Creio que não o é.
Mas estou a fazer retrato do outro. Só que é retrato escrito.

Se um retrato escrito de outro em local publico não  é crime..,porque é o mesmo retrato pictorico é já crime...?

(Creio que retratar outro em local público, por escrito,não é crime. Digo creio porque  com tanta lei sem sentido nem sei se posso escrever que a vizinha vai à janela todos os dias !!! Afinal ela tem direito à imagem e pode não gostar que esse pormenor crucial da sua vida privada seja conhecido de todo o mundo.
Eu ando na net..,mas posso ter o direito de processar quem o diga porque afinal tenho direito à imagem ).

:D

-Ainda por cima acedo à net em espaço privado.., portanto tenho o direito que ninguém o possa dizer, segundo a logica do direito à imagem.






Partilhar Post #5 Capa Negra

Capa Negra

  • Membro
  • Registo: 11/08/2010
  • Posts: 41
    • Local: Agualva-Cacém

Publicado 01 Outubro 2010 - 09:55

...
(Creio que retratar outro em local público, por escrito,não é crime...
:D


Como já tive oportunidade de o afirmar, as coisas não são tão lineares assim como parecem. Não é crime fotografar crianças ! Não é crime fotografar pessoas !
Para ser crime, tem de estar tipificado como tal, ora não podemos é confundir com direitos fundamentais, nomeadamente o direito à imagem, ao bom nome, etc e tal...

Lamentavelmente poderemos ser confrontados com um "espectaculo degradante" como o descrito sobre o jardim (e para vos mostrar como as coisas podem tomar outras direcções, as senhoras que berravam e denunciaram o caso à PSP ao ponto desta interpelar o sujeito, se as coisas dessem para o torto e o fotografo se sentisse ofendido na sua honra, injuriado, etc...poderia apresentar ele mesmo queixa contra as ditas sehoras por um dos crimes contra a honra)pois a sociedade está doente, as pessoas vêm maldade em tudo e socorrem-se dos seus pseudo-direitos e proibições (para os outros!).

Convém ter especial atenção para evitar problemas, e ter sempre presente dois direitos em confronto, o do fotografo (mesmo amador) e do do fotografado. Ponderar, pedir autorização...ou então fotografar à distância (teleobjectiva) de forma a ninguém chatear no momento (claro está que se depois for publicada sem autorização, incorremos no risco de nos virem pedir contas!).

Mas que fique claro...fotografar crianças ou pessoas não é crime !
Não confundir com outras questões !

Cumps


Partilhar Post #6 peter42y

peter42y

  • Novo Membro
  • Registo: 14/02/2010
  • Posts: 19

Publicado 01 Outubro 2010 - 10:27

Obrigado pela resposta.
Noutra ocasião fui abordado dentro do Centro Comercial Colombo.
Essa situação percebo melhor..,já que o colombo é um espaço privado.
Tirava eu uma foto  a um bonito mosaico à entrada..,sou abordado por um segurança.
" Não se podem tirar fotos " - Diz ele.

Eu que na altura ignorava totalmente as leis.., digo muito bem.., e guardo a máquina.
A história ainda não havia terminado.
Quando me dirigo para a saída..,sou interceptado por outro  segurança.
" Um momento " - Diz ele.
" O meu chefe quer falar com o Sr ".
Espero.
Passa um minuto se tanto.
Montado num segway.., (aqueles carros de duas rodas ) , chega o chefe.
" Boa Tarde " - Diz ele.
" Boa tarde " - Respondo.
" O Sr estava a tirar fotos porquê ? "
" Sabe..." - Respondo.
" Tenho uma página na internet.., gosto de lá publicar umas fotos...".
O Chefe da segurança não se mostra sensibilizado.
" Não pode tirar fotos " - Diz.
" Vou chamar o Gerente " - Conclue.
Daí a um minuto..,  chega o Gerente , um cavalheiro dos seus trinta e tal anos.., um ar pouco amigável.
" O Sr tem de apagar as fotos da sua máquina !!" - Diz.
" Ou então eu chamo a polícia " - Afirma .
"As fotos todas ? ! " -Respondo.

" Não. Só as que tirou aqui dentro deste espaço " - Responde o Gerente.

" Muito bem " - Digo.
Lá lhe vou mostrando as fotos que tirei dentro do Colombo. Vou-as apagando.
Não eram fotos de pessoas. Eram só fotografias do edificio..,um edificio com uma linda arquitectura.
Assim termina mais uma expedição fotográfica minha.

:unsure:




Partilhar Post #7 fabricovisual

fabricovisual

  • Membro
  • Registo: 12/05/2010
  • Posts: 1433
  • Idade: 43
    • Local: Fernão Ferro

Publicado 01 Outubro 2010 - 10:40

Também ontem à noite fui abordado por um segurança quando tirava fotografias à porta do Centro comercial de Almada - na rua. Avisou-me que não podia tirar fotografias. Expliquei-lhe que era para o fórum de fotografia e perguntou-me desconfiado se era alguma revista. Disse-lhe que não era espião nem trabalhava para a concorrência. Não percebo muito bem esta paranóia. Será para não incomodar os clientes?  :humm:


Partilhar Post #8 eu

eu

  • Novo Membro
  • Registo: 31/07/2007
  • Posts: 0

Publicado 01 Outubro 2010 - 10:42

isso do Colombo e do Forum Almada foi do lado de fora dos edificios ou já no seu interior ?


Partilhar Post #9 fabricovisual

fabricovisual

  • Membro
  • Registo: 12/05/2010
  • Posts: 1433
  • Idade: 43
    • Local: Fernão Ferro

Publicado 01 Outubro 2010 - 10:45

isso do Colombo e do Forum Almada foi do lado de fora dos edificios ou já no seu interior ?


Na rua.


Partilhar Post #10 eu

eu

  • Novo Membro
  • Registo: 31/07/2007
  • Posts: 0

Publicado 01 Outubro 2010 - 10:48

baseado na lei em vigor, que direito terá um segurança privado de um estabelecimento de impedir uma fotografia dessas ? ao exterior do edificio ?!
extrapolando, posso então impedir e exigir a alguem que apague as fotos que tiram ao edificio onde moro ?


Partilhar Post #11 fabricovisual

fabricovisual

  • Membro
  • Registo: 12/05/2010
  • Posts: 1433
  • Idade: 43
    • Local: Fernão Ferro

Publicado 01 Outubro 2010 - 11:00

Não me pediu que apagasse as fotos. Já estava preparado para armar barulho se me pedisse isso. Infelizmente não se aproveitou uma única  :(


Partilhar Post #12 avf

avf

  • Membro
  • Registo: 16/11/2006
  • Posts: 4442
    • Local: Maia

Publicado 01 Outubro 2010 - 11:01

So por curiosidade...tenho uma miuda pequena...e obviamente tiro-lhe MONTES de fotos...e o curioso é que:

Ja tirei fotos (com reflex e compacta) em parque infantis...obviamente apanhei muitas outras crianças nas fotos
NUNCA ninguem me disse nada...inclusive, em varios casos era OBVIO que estava a fotografar várias crianças...
Ate aconteceu o contrario...um avô (deduzo) que ficou todo contente pelo facto do neto estar a ficar em algumas fotos
Claro que era perceptivel que uma das miudas estava comigo...mas será esta diferença legalmente relevante? Por outro lado...se não estivesse eu ja nao tiraria as fotos...ando geralmente de barba por fazer e a maquina intimida...SEI o que poderia ser interpretado.

E quanto a centros comerciais...com compactas e telemoveis ja tirei montes de fotos...MAS também com a criança no enquadramento...NUNCA me chatearam, e algumas das vezes os seguranças viram bem e nem disseram nada. MAS não usaria a reflex...mais uma vez, a legalidade e a mesma...mas a imagem/ideia que transmite é diferente.

Há a lei e há o bom senso...e raramente são a mesma coisa...
Não sei se ha uma lei contra fotografar crianças...mas de certeza que não há uma que diga
"Só pode fotografar crianças SE for pai duma delas..."
OU
"Pode fotografar em shoppings desde que só use um telemovel ou compacta discreta"
Mas as atitudes dos outros pais e/ou seguranças é afectada por estes factores


Partilhar Post #13 salprata

salprata

  • Membro
  • Registo: 18/07/2010
  • Posts: 364
    • Local: Lisboa

Publicado 01 Outubro 2010 - 12:50


Normalmente eu tenho algum cuidado que as minhas fotos nunca envolvam rosto, não identifico a pessoa, quando é impossível de isso não acontecer, pergunto se posso fotografar. (acho que as pessoas tem o direito de não gostar de aparecer)
Noutro dia quis fotografar umas bolas com creme na montra de um quiosque, fui perguntar, NAO, fiquei queimada, mais valia tirar sem avisar, discretamente com um zoom.

Engraçado, como uso muito a rua como cenário,  algumas pessoas reparam que estou a fotografar e param, não passam à frente da câmara, esperam.

E tenho montes de fotos do meu filhote com  ele na praia com outras crianças, os outros pais ás vezes olham um bocadinho de lado... mas são fotos que eu não publico em lado nenhum)
Com as crianças é preciso ter um cuidado redobrado...

Agora na expo, por exemplo, à entrada de um hotel, não estava ninguém, apareceu o segurança: "não podia fotografar nem filmar"!!! um exagero. se quiser no goolgle earth tenho acesso aquele canto/pátio exterior(que não era nada de especial),ou com uma tele objectiva fotografo não sei de onde...






Partilhar Post #14 fabricovisual

fabricovisual

  • Membro
  • Registo: 12/05/2010
  • Posts: 1433
  • Idade: 43
    • Local: Fernão Ferro

Publicado 01 Outubro 2010 - 13:24

Eu já optei por fotografar sem perguntar. É mais fácil. Claro que não me ponho a tirar fotos de crianças num parque, com uns óculos escuros, uma gabardina e barba de 3 dias.

Como diz no livro "4 horas por semana":

"Não peça permissão, peça perdão."






Partilhar Post #15 Capa Negra

Capa Negra

  • Membro
  • Registo: 11/08/2010
  • Posts: 41
    • Local: Agualva-Cacém

Publicado 01 Outubro 2010 - 13:28

...quis fotografar umas bolas com creme na montra de um quiosque, fui perguntar, NAO, fiquei queimada, mais valia tirar sem avisar, discretamente com um zoom...

...apareceu o segurança: "não podia fotografar nem filmar"!!! um exagero. ...




E uma vez mais... claro que é um exagero.
Temos de compreender que a grande maioria dos seguranças não tem a minima ideia da legislação em vigor sobre as várias temáticas, e as situações mais evidentes são aquelas em que eles intimidam, querem revistar, querem identificar, etc, como de órgão de policial criminal se tratassem.
Contudo, as pessoas têm de respeitar as suas indicações quando se encontram dentro de locais privados de acesso publico, é o caso dos centros comerciais. Mais vale não fotografar descaradamente e evitar o confronto com esses senhores (alguns muito incorrectos).
Mas é calro que se pode fotografar as tais bolas de berlim que estão expostas na montra, isto porque se trata de um expositor de acesso publico. Outra coisa será fotografar as bolinhas, com o nome da firma comercial e depois publicitar ou comercializar essas fotos !

Sobre Almada, fotografem à vontade desde que seja do exterior e fora do parque privado de estacionamento pois é propriedade privada !

Em caso de grande dúvida sobre a legalidade do que vos é pedido pelo segurança...peçam a presença da autoridade policial, nao recusando a indicação deles, mas solicitando a autoridade !

Sobre os pais fotografarem as suas crianças...era só o que faltava termos de fotografar a criança sempre sozinha ! Contudo, assiste sempre o direito ao papá ou mamã da outra criancinha de não querer a sua cria na máquina de desconhecidos...mas tem de informar o fotografo disso mesmo !


Cumps


Partilhar Post #16 avf

avf

  • Membro
  • Registo: 16/11/2006
  • Posts: 4442
    • Local: Maia

Publicado 01 Outubro 2010 - 13:45

Sobre os pais fotografarem as suas crianças...era só o que faltava termos de fotografar a criança sempre sozinha ! Contudo, assiste sempre o direito ao papá ou mamã da outra criancinha de não querer a sua cria na máquina de desconhecidos...mas tem de informar o fotografo disso mesmo !

Pois... a eterna duvida é sempre se é assim...OU ao contrario...o fotografo ser obrigado a pedir autorização primeiro.

E já vi interpretações da lei para os dois lados...a ainda complica mais com coisas como a publicação, locais publicos ou privados, pessoas famosas, eventos...etc...


Partilhar Post #17 Capa Negra

Capa Negra

  • Membro
  • Registo: 11/08/2010
  • Posts: 41
    • Local: Agualva-Cacém

Publicado 01 Outubro 2010 - 15:17

Pois... a eterna duvida é sempre se é assim...OU ao contrario...o fotografo ser obrigado a pedir autorização primeiro.

E já vi interpretações da lei para os dois lados...a ainda complica mais com coisas como a publicação, locais publicos ou privados, pessoas famosas, eventos...etc...


Atenção, não confundir nem baralhar !
Se o meu amigo estiver a tirar fotografias ao seu filho no parque infantil, onde estão outras crianças, nao tem de pedir autorização aos pais delas caso elas fiquem retratadas junto do seu filho na sua foto !

Outra coisa, será estar a tirar fotografias a outras crianças noutro contexto.
Cada caso é um caso e necessita de ser contextualizado.

Como já disse oportunamente, esta é uma matéria muito vasta e acabamos por dizer todos a mesma coisa. Seria razoável serem colocados caso concretos para discussão, não conjecturar pura e simplesmente.




Partilhar Post #18 peter42y

peter42y

  • Novo Membro
  • Registo: 14/02/2010
  • Posts: 19

Publicado 01 Outubro 2010 - 16:24

Ja tirei fotos (com reflex e compacta) em parque infantis...obviamente apanhei muitas outras crianças nas fotos
NUNCA ninguem me disse nada...inclusive, em varios casos era OBVIO que estava a fotografar várias crianças...
Ate aconteceu o contrario...um avô (deduzo) que ficou todo contente pelo facto do neto estar a ficar em algumas fotos
Claro que era perceptivel que uma das miudas estava comigo..


Este exemplo de AVF é muito curioso.
O facto de AVF ter uma criança com ele transmite a imagem de que ele é pai ..,e portanto não um perigoso potencial violador de crianças inocentes.

:shock:

Daqui se conclue o que eu sabia já : A fobia que a fotografia provoca em muita gente não é racional.
Porque é perigoso uma criança ser retratada ?
Racionalmente isso não representa qualquer perigo.
Não hà registo de  crianças serem raptadas todos os meses por perigosas organizações com ficheiros fotográficos de inocentes crianças.
Quanto à foto ser utilizada para motivos menos inocentes..,  não hà montanhas de anúncios com fotos de crianças ?
Os catalogos  de La Redoute não têm  fotos de crianças ?
O que hà mais são fotos de crianças online portanto pedofilo não precisa de andar a tirar fotos para ter fotografia de criança.

Esse medo da criança ser fotografada é irracional.
Donde vem o medo ,pois ?

Eu creio que o medo vem do inicio do tempo.
Como predadores que somos tememos ser presas. Tememos ser observados ,por outros.
Tememos estar no papel de presa.
Atribuímos a quem nos observa ( ou fotografa ) ,as piores intenções.

PS : No Colombo eu estava  dentro do edificio.
A regra de se impedir fotografia dentro de centros comerciais é controversa..,mas os seguranças não agiram de forma incorrecta.
Eu estava em espaço privado , de facto .



Partilhar Post #19 peter42y

peter42y

  • Novo Membro
  • Registo: 14/02/2010
  • Posts: 19

Publicado 02 Outubro 2010 - 15:16

Nos Estados Unidos a lei faz mais sentido.
Quem se encontra em público pode ser fotografado.
Como se refere num site sobre a matéria:

" A fotografia nos estados unidos tem uma história  comprovada de ter contribuído  para o estabelecimento dos direitos civis , diminuição do trabalho infantil  . A fotografia proporcionou também informações valiosas a investigadores policiais ".


http://www.krages.com/phoright.htm

A lei da imagem , de um ponto de vista histórico e documental, é ridicula.

Esta é uma foto muito conhecida do Guetho de varsovia.
Na segunda guerra mundial os alemães invadem a polónia , ocupam varsóvia e metem todos os judeus em meia duzia de quarteirões fechados . Depois  tentam matar essa população à fome.

Eis uma imagem do guetho

http://www.ghettosnh...m/img/pic10.jpg

A foto é chocante. Tem 4 crianças . 4.
Nenhuma delas deu o seu consentimento.
Mas a foto vista 70 anos depois..,é imagem  da realidade que se vivia.
A fotografia é isso mesmo :
É capturar um momento  no tempo.

Outro exemplo : Trabalhadora emigrante  nos estados unidos ( indocumentada) durante a grande depressão economica dos anos 30.


http://en.wikipedia....antMother02.jpg


A mulher  assinou algo  autorizando  que lhe tirassem foto ?

Duvido.
As colegas até escondem a cara ,repare-se .
Para a posteridade a foto é uma imagem preciosa.
Para o próprio  não.

O direito à imagem é o direito do " Eu aqui e agora ".
Que se lixe a história.
Que se lixe o gosto pela fotografia.


O fotógrafo acorda os medos  e quiça fantasias escondidas no inconsciente  de cada um .
" O que é que aquele desconhecido vai fazer com aquela ( ou com a minha ) imagem ?

Uns vêm no outro o pedófilo.
Aqui não se pode fotografar crianças.
Em Portugal o grande terror são os pedófilos.
Uma senhora de 84 anos minha conhecido diz que já não faz festas a crianças desconhecidas com  medo das consequências.
Ontem eu passava no jardim..., uma criança diz-me olá.., e eu viro a cara,ao contrário do que fazia.., não vá nenhuma mãe saltar-me dos arbustos e começar-me a chamar nomes.
Nos estados unidos é o medo das fotografias às pontes e monumentos. ( O fotógrafo é o terrorista que prepara mais um 11 de Setembro ).

No fotógrafo ( naquele que tem o poder de capturar a nossa imagem ) são projectados os medos da sociedade.


Partilhar Post #20 peter42y

peter42y

  • Novo Membro
  • Registo: 14/02/2010
  • Posts: 19

Publicado 02 Outubro 2010 - 16:49


O que (também ) está em causa é  o gosto pela arte.

Algumas pessoas só vêem nas intenções do fotógrafo, sexo e crime.

Mas o fotógrafo  , a maior das vezes, tem outros motivos.

Como refere  o autor do blog abaixo  " descobri a  alegria e paixão da fotografia de rua que inclui retratos expontâneos de pessoas..,o capturar momentos , capturar a alegria  e a hostilidade...".

http://severinkoller.at/blog/